quinta-feira, 1 de julho de 2021

NO INÍCIO DESTA NOVA FASE

 NO INÍCIO DESTA NOVA FASE… UM POEMA

Agora que a Nanda foi “pregar pra outra freguesia”… antes que eu lhe siga o exemplo vou passar a fazer umas postagens mais “leves”, que não obriguem a grandes reflexões, das que se lêem em dois minutos 😊.

Vou começar esta nova fase com um poema - provavelmente outros se lhe seguirão, entremeados com um ou outro conto.

Para já, partilho convosco um poema, com o qual, no ano passado, recebi a Medalha de Ouro num concurso internacional, atribuída pela “WSTC – THE WORLD SENIOR TOURISM CONGRESS” , de parceria com a “UNIVERSITÉ TOULOUSE CAPITOLE”.

Começo pelo Certificado: BEST Poem of Scenery Description Awards – Gold Awards

E agora o poema:

 QUIMERA

Recostada na sua cadeira, a velha senhora

Olhando em frente… viu-a!

Começou a desenhar-se na linha do horizonte:

Era branca, diáfana, qual bola de algodão.

Arrastada pelo vento levou para longe sonhos e esperanças.

Em seu lugar ficou apenas o azul forte do céu,

Como rio sem margens e sem cobranças,

E no ar o doce aroma de alfazema trazido pela aragem,

Misturado com o cheiro acre de terra molhada.

O sol, incidindo no rosto da velha senhora,

Levou-a a sentir uma doce sonolência…

E deixou suas sementes enquanto ela dormia.

A visão que foi plantada em sua mente

Ainda permanece entre o som do silêncio,

Em sonhos agitados.

O “espanta espíritos” lança no ar o seu eterno lamento…

Os elefantes, em espiral, tocam-se,

E lembram a sua terra natal, longínqua.

O céu continua dum azul vazio, imperturbável.

Uma visão se aproximou suavemente

E tocou a luz de vozes murmuradas.

Silenciosas gotas de chuva caíram,

Ecoaram no poço sem ruído,

E sussurraram o som de água candente.

- Foi apenas uma nuvem que passou:

Murmurou a velha senhora.


Maria Caiano Azevedo

Junho 2020  

46 comentários:

José Carlos Sant Anna disse...

Faz tempo que não entro na sua casa.
Permita-me dizer nesta "quimera" há um belo tragalho de linguagem, uma estética que seduz o leitor.
Um abraço, Mariazita

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida amiga Mariazita!
Se o céu permanece azul, nada nos perturba de fato.
Poema merecedor do prêmio. Parabéns!
Vou acompanhando com prazer suas novas aventuras por aqui.
Tenha dias abençoados!
Beijinhos carinhosos e fraternos de paz e bem

Pedro Coimbra disse...

A nova fase começa em grande!
Beijinhos

Porventura escrevo disse...

Uma nova fase muito produtiva
:-)
Gostei, e acho que é para continuar

chica disse...

Que linda poesia,Mariazita! Que beleza de prêmio! Parabéns e essa nova fase será muito legal,na certa! beijos, chica

Daniel Costa disse...

querida amiga Mariazita foi bem aplicada a medalha de ouro, porquanto o poema, diria prosa poética, é especular.Talvez a melhor peça escrita que conheço produzida por ti. Se bem que há outros, poemas bem conseguido. Parabéns pelo alto prémio!!!
Beijo de amizade.

Emília Pinto disse...

Em primeiro lugar quero dar-te os parabéns pelo belo prémio recebido e, bem merecido. Este poema é lindo e nele vejo um recordar de tempos passados e felizes, a lembrança de outras terras, outros cheiros, murmúrios variados trazidos pelo vento; quando a idade avança o pensamento tem tendência a ir ao passado e visitar os lugares onde fomos felizes e que fizeram de nós o que hoje somos. Está lindo e emocionante, este poema, querida Amiga! Muito obrigada e cá estarei sempre, na esperança de que não nos deixes. Um bom fim de semana, com SAÚDE para todos. Beijinhos, Amiga!
Emilia

Larissa Pereira dos Santos disse...

Linda sua nova fase Mariazita
Estava com saudades de ti!
Lindo poema, amei
Bom fds, abraços!

Ana Tapadas disse...

Lindo e merecido prémio!
Beijinho

Alécio Souza disse...

Querida Mariazita,
Que lindo poema, as nuvens e a imensidão do céu sempre serão inspiração para os poetas! Aproveito para te dar parabéns pelo prêmio no concurso de poesias!
Beijos!

Tais Luso de Carvalho disse...

Olá, querida amiga!
Mas a nova etapa está em grande estilo, lindo e premiado merecidamente! Parabéns!!
Fico feliz quando vejo as amigas com um poema, um conto, uma crônica premiados, dá um gostinho diferente!
E agora, querida Mariazita, o que vais nos oferecer?
Aguardarei, e muito contente estarei aqui.
Beijinhos.

Dalva Rodrigues disse...

Mariazita, o poema é lindo, merecidíssma premiação!
Passam tantas histórias e paisagens em nossa janelas quando a idade vai chegando, na verdade as nuvens sempre passam, mas na juventude não damos tanta atenção.
Adorei, parabéns e um abraço!

Lúcia disse...

Nova fase e já com uma excelente amostra!
Parabéns pelo prêmio, muito bem merecido, o poema é belíssimo.
Aguardo o que vais trazer na postagem vindoura. Fico na expectativa, torcendo sempre pelo teu sucesso, Mariazitamiga!
Beijo!

Jaime Portela disse...

Gostei muito do poema, é excelente.
A minha espectativa era grande, mas foi excedida com o teu talento poético.
Parabéns pelo prémio e pela tua criatividade.
Bom fim de semana, amiga Mariazita.
Beijo.

" R y k @ r d o " disse...

Poema lindíssimo que me fascinou ler. Sublime talento e criatividade poética que aplaudo e elogio
.
Feliz fim de semana … cumprimentos
.
Pensamentos e Devaneios Poéticos
.

A Paixão da Isa disse...

muito bonito desejo um feliz fim de semana bjs saude

Ana Freire disse...

Um poema maravilhoso!!! Foi mais forte do que eu... mas à medida que fui lendo o poema, imagens do filme África Minha, foram-se-me ocorrendo, com Merryl Streep dando voz às suas memórias, e com a sua imbatível banda sonora, como fundo... imagino como tais cenários, sons e aromas , únicos do continente africano, nunca abandonem quem por lá passou...
Tudo passa rápido... mas as memórias... acompanham-nos toda uma vida!
Um formidável e inspirador início, nesta nova fase, Mariazita! Adorei cada palavra!
Estimo que se encontre bem... e que possa em breve, vacinar-se... devem estar a passar 6 meses, desde que o Covid a importunou, pelo que estará quase a poder fazê-lo... agora ainda não estou certa... mas acho que em breve haverá novas directrizes, pois mesmo quem tenha sido contagiado, irá apanhar em breve as duas doses de vacina, como se não o tivesse sido... em vez de apenas uma, como agora está a ser praticado... é uma questão de estar atenta, ou procurar informar-se nesta fase de transição... que pode ou não estar contemplada, ainda neste mês de Julho...
Um beijinho grande, com tudo a correr pelo melhor! E agora, vou espreitar o final dos "Segredos", que neste último mês andei bastante ausente da Net... às voltas com as consultas possíveis e exames possíveis, à minha mãe, por entre os demais afazeres... e com a minha própria vacinação... tendo eu apanhado as duas doses, em Junho... pois a Pfizer exige um período mais curto entre as tomas...
Feliz domingo!
Ana

Graça Pires disse...

Um poema narrativo muito belo. Onde a memória se fez sonho e o sonho se fez nuvem.
Muita saúde.
Um beijo.

Fá menor disse...

Por vezes há assim nuvens que passam por nós. Belo!
Meus parabéns!

Beijinhos e boa semana!

Regina Magnabosco disse...

Olá, Mariazita!
Que bom momento este de ler um poema com o poder de tirar-me o peso das horas, com o poder de me fazer respirar do ar que mais gosto: o das palavras que brincam e que nelas nos transportam.
Um abraço apertado! :))
Regina

Olinda Melo disse...


Querida Mariazita

Lindo o teu Poema!
Um prémio bem merecido, dou-te os meus
parabéns.
Gostei muito de saber que nos brindarás com
mais poesia, minha talentosa amiga.
Poesia que virei ler e apreciar.
Desejo-te saúde junto aos teus.
Beijinhos
Olinda

Elvira Carvalho disse...

Um belo poema.
Bem merecedor do prémio. Parabéns.
Ia jurar que já lhe tinha dado os parabéns e comentado, mas ou o comentário não entrou ou foi no FB.
Abraço e saúde

Maria Rodrigues disse...

Minha Amiga, um prémio bem merecido, que poema tocante, sensível e belo, um poema sublime.
Beijinhos

Carla Ceres disse...

Que lindo, Mariazita! Foi além do visual, incluiu outros sentidos, descrição plurissensorial! Só podia ser premiado. Espanta espíritos deve ser algum tipo de ave, uma coruja, talvez? Só sei que adorei o nome, cria uma aura misteriosa. Gostei também da referência musical. Lindo, lindo! <3 Parabéns!

Mary - Strawberrycandy disse...

Passei para desejar uma semana feliz!
Beijinhos,
Espero por ti em:
strawberrycandymoreira.blogspot.pt
http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
https://www.instagram.com/marysolianimoreira

A.S. disse...

Olá Mariazita!
Quero felicitá-la pelo prémio. Parabéns!
O poema é poeticamente bem construído, entre memórias que ficam para sempre!
Gostei muito!

Um abraço!

Jaime Portela disse...

Gostei de reler o teu excelente poema.
Bom fim de semana, querida amiga Mariazita.
Beijo.

Maria Rodrigues disse...

Querida amiga passei para desejar um bom Domingo e uma excelente semana.
Beijinhos

Rajani Rehana disse...

Fabulous blog

O Árabe disse...

Fantástico, amiga! Sem qualquer dúvida, a tua medalha de ouro foi mais do que merecida! Sinto um pouco de falta da Nanda, mas já estou mais consolado, ao lê-lo! Meu abraço, boa semana.

Alécio Souza disse...

Querida Mariazita,
Estou visitando o blog dos amigos pra ver as atualizações e deixar os meus comentários. Tem postagem nova no blog, quando puder a sua visita é sempre uma grande alegria!
Beijos e cuide-se!

Ana Freire disse...

Passando a deixar um beijinho e votos de um bom fim de semana, estimando que tudo esteja bem, aí desse lado, Mariazita!
Ana

Jaime Portela disse...

Passei para lhe desejar um bom fim de semana, querida amiga Mariazita.
Beijo.

Rajani Rehana disse...

Your blog is amazing

sulis disse...

makasih atas artikelnya,


visit our website href="https://ittelkom-jkt.ac.id/"

O Árabe disse...

Meu abraço, amiga; aguardo o próximo post!

Jaime Portela disse...

Bom fim de semana, querida amiga Mariazita.
Beijo.

O Árabe disse...

Mais uma vez, amiga, te trago o meu abraço... e aguardo o novo post! :) Boa semana.

Jyoti disse...

Nice post! Have a great day :)

Rampdiary
Fineartandyou

Isa Sá disse...

Bonito poema.


Isabel Sá
Brilhos da Moda

Inês disse...

É realmente muito bonito, percebo o porquê de ter sido premiado! :) Beijinhos e parabéns.
--
O diário da Inês | Facebook | Instagram

Ana Freire disse...

Passando a deixar um beijinho, estimando que se encontre bem assim como todos os seus, e fazendo votos de que já tenha conseguido, apanhar a sua primeira vacina...
Apesar de ainda não resolverem a pandemia, as vacinas, são a nossa melhor defesa, perante as novas variantes, apesar da sua menor eficácia, perante as mesmas... voltei aos cuidados máximos de Janeiro, aqui por casa... tudo o que chega do exterior é lavado ou desinfectado com um spray de álcool...
Votos de tudo a correr pelo melhor, e saúde, para si e todos os seus!
Ana

Ruthia disse...

Que coisa linda, doce e delicada.
Votos de um lindo Verão. Por cá, já com as duas doses da vacina, estamos a preparar uma nova e muito grande aventura.
Beijinhos

Jaime Portela disse...

Passei para te desejar um bom fim de semana, amiga Mariazita 🌼
Beijo.

Toninho disse...

Merecidamente a premiação amiga.
Foi de uma inspiração maravilhosa com poesia em cada frase,
em cada descrição de sentimentos, que nos leva ao imaginário.
Uma pintura de poesia.
Meus aplausos e vamos poetizando com certeza.
Beijo e paz amiga Mariazita.

manuela barroso disse...

Bem_vinda a esta nova fase inicuada de uma forma que nao podia ser
mais bela.
A primeira de uma nostalgia descrita de uma forma serena, tocante.
A segunda, os meus alplausos pelo premio merecido
Começou da melhor forma , Mariazita
Parabéns