quarta-feira, 22 de março de 2017

GOSTO…


GOSTO de aves, altaneiras e velozes como o vento, das suas penas coloridas, das suas plumas…


 GOSTO de chapéus, chapéus com plumas


que oscilam quando o vento lhes bate de mansinho


GOSTO do vento manso que, por vezes, acaricia suavemente as folhas das árvores, os ramos executando movimentos sensuais…



outras vezes arrastando as folhas rudemente pelo chão, fazendo-as rodopiar em danças frenéticas, com loucas coreografias a esmo, rodando, rodando sem fim, até que, sem forças, repousam na berma da estrada…
GOSTO do vento furioso, forçando as frinchas das janelas, assobiando sinfonias por si mesmo compostas…



GOSTO de relógios


 O Homem quis dominar o tempo... e inventou o relógio.
Mas o tempo riu-se, e continuou a caminhar. Sabia que nem o mais refinado relógio conseguiria aprisioná-lo.
O Tempo! Esse senhor que ao longo dos anos vai acumulando lembranças, boas e más, que marca os rostos com os sulcos da vida, que tece belos casulos de luar para guardar segredos, que leva os sonhos para o mundo do faz de conta…
Esse mesmo Tempo que passa ligeiro, e um dia, nas trevas do desencontro, nos mostra um relógio que apenas tem corda para mais alguns segundos…
Importante é aproveitá-lo... antes que ele desapareça ...

GOSTO do sol indiscreto entrando pelas janelas, assenhoreando-se do quarto onde durmo, derramando-se na cama onde acabo de acordar.



GOSTO da imensidão do mar que em tempos longínquos levou os portugueses até terras da Ásia e da América…

(A emigração funcionava ali até 1930. Hoje é um Museu, onde se encontram os registos dos emigrantes que aportaram a New York, por mar.)

GOSTO de cavalos, esses nobres animais de porte altivo, pertencentes à família dos equídeos, por vezes, com sucesso, usados em equoterapia (recuperação da coordenação motora de certos deficientes físicos), adaptados a trabalhos agrícolas e transporte, desportos e jogos, como pólo, provas de equitação e corrida,


onde podem atingir a incrível velocidade de 60 Km/hora.
São inúmeras as histórias de comportamento admirável de cavalos em campos de batalha, já que, até meados do século XX, foram usados de forma intensa nas diversas guerras que grassaram durante esses longos anos.
Ainda hoje existem as unidades de cavalaria, embora, felizmente, os cavalos já não estejam expostos aos perigos das guerras antigas

GOSTO…
GOSTO de ti quando chove, dos teus cabelos molhados,
GOSTO de ti ao nascer do sol, com o raiar dum novo dia, o rosto irradiando felicidade,
GOSTO de ti quando choras, as lágrimas sulcando-te o rosto, pérolas brilhando quais diamantes…

 GOSTO DE TI!

56 comentários:

  1. Pois eu gostei demais dessa sua postagem tão delicada, tão criativa, e com tanta poesia!
    Maravilhosa, Mariazita!
    Um beijo, um restinho de feliz semana.

    ResponderEliminar
  2. Olá Mariazita.
    Uma belíssima postagem, com belas aves, tuas belas fotos, quando jovem, e muito mais.
    Abraços.
    Pedro

    ResponderEliminar
  3. E eu também gostei desta bela e interessante postagem!
    Partilhamos muitos "gostos", destaco: o das árvores e seu bailado, o dos relógios e o (seu/nosso) tempo (quantos poemas já escrevi...).
    E gostei de toda a poética com que envolveste este "Gosto..."
    Bjinho, amiga :)

    ResponderEliminar
  4. MUCHAS GRACIAS POR ÉSTE RECORRIDO. GRACIAS POR COMPARTIR.
    ABRAZOS

    ResponderEliminar
  5. Com as aves é que tenho uma relação muito complicada...
    Beijos

    ResponderEliminar
  6. Mucho sabor en estos pensamiento que nos dejas llenos de bonitas sensaciones.
    Encantadora prosa que me ha gustado mucho leer Mariazita.
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  7. Uma página bem criativa!
    Também gosto e gostei!!!bj

    ResponderEliminar
  8. Também gosto de muitas dessas coisas que te agradam. Mas tenho preferência pela brisa suave, com predileção pela maresia, e dos lirios... e correr mundo!
    Abraços de vida, querida amiga.

    ResponderEliminar
  9. Eu gosto de tudo isso também.Mistura de natureza com a vida real...Lindo post! Gostei de ver do que gostas e te faz bem! bjs, chica

    ResponderEliminar
  10. Un poema muy interesante bien ilustrado con fotografías realizadas por tí misma. Su lectura ha sido un placer y hay que felicitarte por el acierto. Compaginas perfectamente sus imágenes con el placer que te proporcionan y nos has enseñado la amplia gama de posibilidades que ofrecen a tu gusto. Trabajo exquisito.

    Un abrazo. Franziska

    ResponderEliminar
  11. E eu gostei demais da poesia tão cativante em toda essa sua bela prosa Mariazita tão bem alicerçada nas palavras e concatenadas com belíssimas fotografias.
    Enfim eu gostei imenso de te ler minha querida
    Beijos e feliz dia

    ResponderEliminar
  12. Interesante las relaciones que haces.
    Hoy aquí es día de viento, sinceramente no soy muy amante de él.
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  13. Voltei para falar de outro gosto: o dos chapéus. Sempre gostei e, desde há uns anos, que os uso com alguma frequência.
    BJINHO

    ResponderEliminar
  14. Querida Mariazita
    A lembrança de equacionar, descrevendo facetas do gostar, só por si, é de aplaudir. Dois encontra-se mais um outro, gostar de ler, centrando-me no tempo e no relógio, cujos ponteiros domina, para termos sempre presente, que nada terá mais poder que o Senhor tempo. Bem se diz: "o tempo o dirá".

    Leia e, favor comente: Brasil – Sorriso de Deus
    Vitória do Espirito Santo
    http://amornaguerra.blogspot.pt/
    Beijos de amizade

    ResponderEliminar
  15. E eu gosto de postagens assim, Mariazita, poéticas, bonitas e carinhosas. Vou pesquisar sobre o comportamento dos cavalos nos campos de batalha. A única coisa que sei sobre isso é que, graças a Deus, esses pobres animais quase não são mais usados em combate. Beijinhos!

    ResponderEliminar
  16. Gustos que nos has sabido dejar plasmados en bellas imagenes y letras hermosas
    Cariños

    ResponderEliminar

  17. muito bom Mariazita!
    gostar é viver, é ver, é sentir as coisas e adivinhar a alma do movimento !
    abracinhos
    Angela

    ResponderEliminar
  18. Ter muitos gostos, ter bom gosto, é aproveitar do que há na natureza e nas coisas belas produzidas pelo homem! Expor o que gosta, em palavras e imagens, é um privilégio de poucos.
    Interessante, criativa postagem: gostei imensamente, Mariazita! Meu abraço, amiga"

    ResponderEliminar
  19. OMARIAZITA
    la querida amiga gosto de muitos desses seus gostos, só não gosto de chapéus. Mas, gosto de gostar, de amar, e assim amei ler sua postagem, e as fotos condizentes com cada gosto, ficaram ótimas. Obrigada pela partilha.
    beijinhos, Léah

    ResponderEliminar
  20. Quando se " gosto de ti " há uma maior disponibilidade para gostar de tudo que faz parte da vida .
    O coração ainda que preenchido , encontra - se mais aberto .


    Temos um gosto em comum , e bem acentuado . Adoro o vento .


    abraço forte , Mariazita ,
    Maria

    ResponderEliminar
  21. Olá Mariazita!
    Gostei muito da postagem, além de te conhecer melhor, a leitura é um momento de beleza e poesia. Uma deliciosa nutrição para alma, como sempre acontece por aqui.
    A foto com a casa branca ao fundo e o raios de sol, ao amanhecer, entrando pela janela, foi um show a parte, tanta beleza e delicadeza. E ainda, a foto conta com a pureza das crianças. Tu "não és fraca", Mariazita, como dizem os brasileiros. És fortíssima e grandísisma!
    Gosto, igualmente, do vento, das aves elegantes, dos relógios cuco, ora... mais identificações, além da peônia! O mar eu também gosto, mas as montanhas me fazem transcender. E sabe do eu gosto do tamanho do mundo? De árvores e se for um pinheiro, eu me rendo!
    Amiguita, já estava com saudades de ti. Uma beijoquita em cada bochecha e um forte abraço.

    ResponderEliminar
  22. E que bom gosto!! Também gosto de muitas coisas de que a Mariazita gosta...

    Gostei da série fotográfica, especialmente daquela em que está na praia em frente de uma casa anos 70...

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  23. Olá Mariazita!
    Gosto muito das suas belíssimas fotografias, gosto de ler as mais belas frases poéticas que escreve com criatividade e delicadeza.
    Esta postagem está o máximo!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  24. Gosto de esperar suas postagens...
    Gosto da sua maneira envolvente de escrever.
    Gostos das fotos que sempre postas mostrando fases do passado.
    Gosto de muitas das coisas que gotas, menos dos chapéus e dos ventos fortes.
    Gosto muito da Casa da Mariazita.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  25. Gostei deste post, com uma escrita tão poética. Gostei principalmente do texto sobre o tempo quando o seu gosto vai para os relógios...
    Um bom fim de semana.
    Beijos

    ResponderEliminar
  26. Também gosto de tudo o que disseste que gostavas.
    E até gosto de ti, vê lá... eheheh...
    Magnífico post, minha amiga, com belíssimos textos.
    Mariazita, tem um bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  27. Olá, como tem passado?
    Eu, do vento, gosto menos...
    É Primavera! Veja que vai gostar! E pode comentar, que mais não seja pela música! https://vieiracaladolivrosvideo.blogspot.pt/2017/03/elegia-primavera_21.html Saudações primaveris!

    ResponderEliminar
  28. Gosto ... de todos esses seus Gostos.
    Maravilhoso post
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  29. Que lindo minha amiga!
    Ter tantos gostos e principalmente gostei, desse seu gostar em último lugar que decerto é o primeiro.

    Parabéns pelas fotos e pelas palavras positivas e belas que aqui deixou.

    Um beijinho

    O Toque do coração

    ResponderEliminar
  30. Oi Mariazita querida! É muito bom gostar né! Vi que vocês gosta de muitas coisas e eu tbm gosto! é muito bom gostar!
    Com carinho,
    Beijos no ♥
    Um bom domingo e bom início de semana para você e toda a sua família!
    ♥ Blog Hilda's Bordados ♥

    ResponderEliminar
  31. GOSTO,... e é tão bom gostar!

    Felicidades
    MANUEL

    ResponderEliminar
  32. Te gustan tantas cosas, amiga mía, que yo diría que amas con todo tu corazón la vida, que disfrutas del sol, de cada amanecer y de cada nuevo día que tienes la suerte de contemplar.
    Uno de los relojes, el de la izquierda de tu fotografía, es muy parecido a uno que tengo en casa, lo guardo como una joya, seguramente ya tendrá algo más de un siglo, aún anda y marca ese tiempo que no para nunca y que nos ha dejado, tanto a ti como a mí, muchos recuerdos en su incansable caminar.
    Te dejo cariños en un fuerte abrazo.
    kasioles

    ResponderEliminar

  33. Que linda postagem, Mariazita, plena de beleza, leveza e poesia!
    Você tem bom gosto para as lindezas da vida.
    Admiro o porte altivo e elegante dos cavalos. É um belo animal!
    Contudo, não gosto do vento bravio, pois o considero assustador.
    Está linda de chapéu! Um charme!
    O tempo é voraz, já o dizia William Shakespeare, em seu Soneto 19.
    Então, conforme palavras suas, "vamos aproveitá-lo... antes que ele desapareça."

    Feliz semana!

    Beijo.

    ResponderEliminar
  34. Amiga, passo a dar resposta ao teu comentario no meu blog...
    Estamos fazendo uma homenagem a São José. Também se chamam festas Josefinas. Qual a profissão de São José? Como todos sabemos carpinteiro.
    Aqui o fim do Inverno é um pouco antes, pelo clima, o que levava aos carpinteiros a fazer fogueiras para queimar os restos de madeira e de birutas que armazenavam durante o solstício. Isto na noite de São José.
    O grémio dos carpinteiros foi dando impulso a esse gesto que chegou ao que são hoje as Fallas, uma das festas mais importantes do muno e patrimonio da Humanidade.
    Existe um Museu, o Museo Fallero, onde se expõe todos os "ninots indultats", os bonecos que pela sua arte e expressões, e que são elegidos por votação popular, são salvados da fogueira.
    Ante alguna dúvida pregunta que tentarei, com muito gosto, informar.
    Abraços de vida, querida amiga.

    ResponderEliminar
  35. GRACIAS POR TUS LETRAS, YA SABES QUE SIEMPRE ME ALEGRO CADA VEZ QUE TE LEO EN MI ESPACIO.
    POR LO QUE ME CUENTAS, LAS DOS TENEMOS UNA JOYA CON ESOS RELOJES, EL MÍO TAMBIÉN HA PERTENECIDO A MIS ABUELOS PATERNOS.
    TE DESEO QUE PASES UN BUEN FIN DE SEMANA AHORA QUE LA PRIMAVERA EMPIEZA CON CALOR Y SOL.
    ABRAZOS Y CARIÑOS.
    KASIOLES

    ResponderEliminar
  36. Passei para ver as novidades.
    Aproveito para te desejar um bom fim de semana, amiga Mariazita.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  37. Mariazita passei por aqui no meu passeio pelos blogues amigos !
    deixaste uma linda coleção de situações de vida que o tempo traz e leva de mansinho, assim como nos leva este fim de semana quase finalizado,
    amanhã a faina do trabalho repete as suas tarefas, e o tempo não perdoa, dá-nos momentos mas dá e tira ao mesmo tempo !
    abraços para ti
    votos de boa semana que se avizinha
    Angela

    ResponderEliminar
  38. Gostar das coisas simples e complexas, dos quereres e sentires, da natureza, da vida... Gostar da poesia do viver.

    Um abraço e uma boa semana.

    ResponderEliminar
  39. Gostas de tudo que nos chama a vida, coisas simples mas tão importantes em nossas vidas, o tempo implacável corre e às vezes leva de nós estes momentos, adorei bjos

    ResponderEliminar
  40. Olá Mariazita, boa tarde,
    vejo que você tem bom gosto =)

    e o bom é que todas são coisas simples e sem custos

    Belas fotos!


    (Hoje, blogger me deixou escrever)

    Desejo-lhe uma bela semana
    um beijo e um abraço
    bênçãos

    ResponderEliminar
  41. Belíssima postagem! Prova inconteste do teu bom gosto com as coisas boas e importantes da vida e para a vida. Parabéns!

    Beijos e uma ótima semana para ti e para os teus.

    Furtado

    ResponderEliminar
  42. Belo, Mariazita! Gostei de ler essa bela homenagem, às coisas e pessoas de que gostas! Boa semana, amiga.

    ResponderEliminar
  43. OI MARIAZITA!
    DIVIDISTE CONOSCO MUITO DO QUE " GOSTAS" E NESTE TEU PASSEIO, CONHECEMOS UM POUQUINHO MAIS DE TI.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  44. Querida Mariazinha

    Chego e encontro um post lindíssimo, com temas que nos mostram como a vida é bela. E é bom, muito bom mesmo que alguém, sensível como só tu sabes ser, nos chame a atenção para isso e tomarmos consciência de como somos uns privilegiados. Vivemos rodeados de coisas destinadas a fazerem-nos felizes. Todos os dias nasce um novo dia, e a cada instante tudo se apresenta sob uma nova luz, com novos cambiantes.

    Pois gosto e gosto muitíssimo de tudo o que aqui nos trazes. "Reconheci-te", e aos teus meninos, ali naquela fotografia banhada de luz.Lindos!!!

    Muito obrigada.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
  45. Gosto de tudo que você gosta k.
    Será que temos bom gosto? k.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  46. Bom fim de semana, amiga Mariazita.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  47. Gosto de ave altaneira
    Como tu, Mariazita
    É mais vistosa e bonita
    Por voar de outra maneira

    Tão elegante, que beira
    A perfeição, onde habita
    A dimensão infinita
    Da criação, pois, primeira

    Luz divinal da beleza
    Sempre clara e sempre acesa
    Como reflexo do amor

    Dado a toda a natureza
    Qual expressão, com certeza,
    Da luz do Ser Criador.

    Estando proximos à Pascoa, desejo a toodos Feliz Páscoa, cheia de Amor. Abraços fraternos. Laerte.

    ResponderEliminar
  48. Tudo o que povoa este planeta é imensamente belo . Um cântico a cada uma das suas maravilhas ! Linda postagem !
    Beijinho

    ResponderEliminar
  49. E eu gostei de passar por aqui... e constatar que temos muitos gostos em comum...
    Adorei esta belíssima partilha, tão especial... repleta de gostos, tão pessoais...
    Beijinhos, Mariazita! Bom domingo!
    Ana

    ResponderEliminar
  50. Boa semana, Mariazita; aguardo o próximo post.

    ResponderEliminar
  51. E gosto tanto de vir aqui, querida Mariazita, que já estava com saudades, portanto, aqui estou para te agradecer este belíssimo post e, principalmente para te desejar uma santa Páscoa, com muita saúde e alegria para todos aí em casa. Por cá está tudo a correr dentro da normalidade, felizmente. Como deves imaginar, a saudade dos que aí deixei já " aperta ", mas...são mais novos e não precisam tanto de mim.Amiga, tudo de bom e até breve! Beijinhos e a minha sincera amizade
    Emilia

    ResponderEliminar
  52. Repassado de sentimentalismo e poesia este "Gosto". Se a vida se funda em cabeças configuradas a plumas, cheias de vento, sol, chuva, praia, mar, cavalos (que nobreza flui das suas linhas animadas em voo pelos campos) há, ao fim ao cabo, um propósito, sobretudo, imprescindível, insubstituível: o "gosto de Ti".

    Boa Páscoa e bj.

    ResponderEliminar
  53. Querida Mariazita
    Coincidimos em alguns desses gostos.
    Que belo texto! Como sempre! Obrigada por nos brindar sempre com tão bonita forma de escrever, com a maneira como fala daquilo que nos rodeia!
    Parabéns.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar

A SI, QUE VEIO VISITAR-ME, UM GRANDE
BEM HAJA!

BEIJINHOS
MARIAZITA