sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

MOMENTO DE POESIA - Da Mulher


DIA INTERNACIONAL DA MULHER
 (Head of Woman-Pablo Picasso
Princeton University - New Jersey, USA)


DA MULHER


 Ó avô

- Será verdade o que da Mulher se diz?

- Que queres saber, meu petiz?

- Dizem que em era passada

A Mulher foi maltratada, desprezada,

Humilhada,

E até violentada…

- É verdade, sim, meu neto.

- Mas porquê? Isso não parece certo…

- És ainda muito novo, para entenderes o povo.

- Podes-me contar, avô, como tudo começou?

- Escuta com atenção. Vou tentar contar-te, então.

Defendem alguns, com grande convicção,

Que nos primórdios do mundo

A Mulher iniciou a Criação.

Nasceu um culto à Deusa Mãe, venerando Gaia,

A Mãe Terra.

Como da Mulher nasciam filhos,

 dela nascia vida, calor, água e pão.

- Isso é tão bonito, avô! Mas porque é que se alterou?

- Há várias opiniões. Dizem que houve invasões,

de homens indo-europeus, só ódio nos corações.

Altos, fortes, audazes, com armas

e dominando cavalos,

destroçaram pacíficas civilizações.

Impuseram seus deuses guerreiros, ferozes:

Deus da tempestade, com o raio e o trovão,

O deus solar, Deus Sol, com a adaga e a espada,

Transportando-se num carro, numa ou noutra ocasião.

A Deusa foi dominada, pelos deuses suplantada,

E a Mulher escravizada.

- Mas isso aconteceu há muito tempo, avô…

- Sim, há muitos milhares de anos.

Mas a história ainda não acabou.

- Ainda há mais, avô? Conta, conta, por favor…

- Ouve, então, com atenção, esta outra versão:

Reza história muito antiga

Que Eva, a Mulher primeira,

Veio ao mundo para gerar

no seu ventre,

e à luz dar, acarinhar, amar…

E após tanta canseira

por seu filho a vida dar.

- Mas tudo isso, avô, é mui digno de louvor.

Porquê, então, o rancor

Que o homem mostra sentir,

e o levou a infligir

tanta dor?

- Para isso, querido neto, o avô não tem resposta.

Uns dizem que foi castigo, só porque Eva pecou

 e o Adão arrastou.

Outros dizem que é sina, que à Mulher foi imposta.

Mas com o passar do tempo tudo se modificou.

- Hoje tudo está diferente, não é verdade, avô?

A Mulher tem liberdade, pode dispor de si mesma,

Sem ao homem consultar e sem dele depender…

- Nem tudo foi corrigido, ainda há muito a fazer.

Há mulheres escravizadas,

maltratadas, torturadas,

e isso tem que acabar.

Para o mundo melhorar, e a injustiça terminar,

O Homem tem que entender:

Com toda a tecnologia e avanço da ciência,

fertilizando ou clonando,

com a maior sapiência,

é da Mulher que o Homem

continuará a nascer.

 Deus, que é Deus, para humano se tornar

 e o mundo tentar salvar,

o corpo da Mulher teve que usar.


Mariazita



Fevereiro, 2014
 

125 comentários:

Nelma Ladeira disse...

Lindas palavras e ao mesmo tempo triste.
Sabemos que as mulheres ainda continua sendo maltratadas.
Parabéns muito bem escrito.
Beijinhos.

Duarte disse...

Pois então, muitas felicidades!!!
Gostei desta forma didáctica, até docente, de dar a conhecer a grande lavor duma mulher: sois imensas! Considero-me um grande admirador.
Um grande abraço e a minha admiração

Tatiana disse...

E viva nos mulheres...wohoo....somos o máximo,fortes, meigas, lutadoras,maternais....
Por essas e outras esses homens não vivem sem nos, amiga...rs!!!!
Ai já é sexta...kkk....tao engraçado isso!!
Bjks!!

Regina Magnabosco disse...

Muitos não conseguem aceitar a grandeza da mulher. Felizes as que encontram um homem grandioso e compreensivo sobre sua sensibilildade. Eu encontrei e sei que você também teve essa benção.
Bela homenagem ao Dia da Mulher, Mariazita! Cá estamos nesta mesma luta por um mundo melhor.

Luis disse...

Minha Boa Amiga,
No seu Dia lembrou o seu Eurico pondo-o a falar com o neto sobre a Mulher! Foi muito belo mas um pouco triste... Compreende-se a Saudade! Como sempre bem aproveitado o tema!
Gostei muito!
Beijinhos muito amigos.

Olinda Melo disse...


Querida Mariazinha

E infelizmente a história ainda não acabou... Apesar da liberdade tão propalada a Mulher continua a ser vítima de toda a espécie de violências.

Minha amiga, muito obrigada por este texto, por estas palavras entre o mito e a realidade.

Beijos

Olinda

Pedro Coimbra disse...

Muito bonita homenagem à Mulher.
Adivinhe qual o dia de aniversário da minha mulher?
Esse mesmo - 8 de Março.
BFDS!

Daniel Costa disse...

Amiga e querida Mariazita, maravilha de poema de homenagem à mulher. Está concebido em imagens singulares. Gerações distintas dialogam sobre o estatuto da mulher, criando uma imagem, extremamente imaginativa.
Parabéns!...
Beijos

Maria Rodrigues disse...

Minha amiga que homenagem maravilhosa e sentida, adorei.
As mulheres são isso tudo, nós conseguimos "mover montanhas" quando a isso nos propomos.
Está linda na fotografia.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

✿ chica disse...

Maravilhosa homenagem às mulheres e, mesmo triste, foi muito bem trazida e contada!Adorei! Felicidades pra ti! bjs, chica

✿MIUÍKA✿ disse...

Querida amiga,adorei o teu texto
que prova como nós mulheres somos umas guerreiras e com valor,só que os homens ainda não compreenderam isso e os que as maltratam é porque se sentem ameaçados na sua mediocridade e fazem-no pois só assim se sentem superiores e mais homens,o que revela a sua estupidez.
Beijinhos amiga.
Miuíka

M. disse...

O início deste diálogo faz lembrar o primeiro volume de "O Segundo Sexo" da Simone de Beauvoir, obra a ler e reler.
Beijinhos, boa sexta!

Gracita disse...

Olá Mariazita
A nossa luz interior e a nossa grandeza interior segue incomodando mas nesta vida conturbada vamos levando nossa missão. Um texto de grande sensibilidade. Um lirismo encantador para nos revelar todas humilhações que o gênero sofre e isso vem de longe. Reverter é muito difícil... uma luta diária!
Mas somos corajosas e não queremos guerrear muito menos sermos iguais. Queremos ser respeitadas em nossa condição de MULHER
Beijos no coração

Lídia disse...

http://dilailasilvex.blogspot.pt/search?q=apenas+m%C3%A3e

APENAS MÃE

Nem o mar sem barcos
Se pode achar vazio.
Como eu,
Com os minutos contados
Ou descontados,
Nas horas paradas
Acordadas,
De cada noite fria.

Com as palavras multiplicadas,
Usadas, cansadas ou evitadas,
Mas bem presentes,
No recordar de cada dia.
Por uma estrada estreita,
Por um percurso feito
Por vertentes estonteantes,
Á velocidade que arrepia.

Pela violência da dor,
Sentida, contida,
Pelo grito calado,
Fechado.
Pelas dores de um parto magoado
Ou por ser,

APENAS, MÃE.

1 beijinho Lídia

Bergilde disse...

Uma homenagem exemplar a nós Mulheres.Já partilhada!
Abraços Mariazita,

Beatriz Bragança disse...

Querida Mariazita
Uma bela homenagem a Mulher, que infelizmente, ainda e muito sacrificada em algumas partes do Planeta.
Muitos parabens.
Agora ja recebo as actualizaçoes do seu blog.
Muita saude.
Beijinhos
Beatriz

Malu Silva disse...

Gosto destas datas desvinculadas da comercialização, porém cheias de afetos e doces lembranças. Linda homenagem, Mariazita.

Carinho meu para si...

Lídia disse...

http://dilailasilvex.blogspot.pt/search?q=apenas+m%C3%A3e

NOSSA VIDA

O tudo da vida
Nada mais é
Que a própria vida!

O tudo da vida
É um óvulo!
O desenvolver, o crescer,
É o sentir o bater
De um outro coração,
Dentro do seu próprio corpo
Do seu próprio ser.

O tudo da vida
É sentir sair das entranhas!
Com a dor
Um misto de alegria
Por dar a vida com amor!

A certeza da vida
É saber que jamais!
Poderá,
Alguém ser pai!

Se não existir!

UMA MÃE!
POEMAS DO LIVRO AMOR ETERNO DE LÍDIA FRADE

1 beijinho Lídia

Anne Lieri disse...

Mariazita,que bela história,apesar de ser triste. Ainda bem que com o tempo a mulher conseguiu seu espaço! Parabéns por seu excelente texto! bjs,

Crocheteando...momentos! disse...

Belas palavras que homenageiam a MULHER e nos fazem sentirmos orgulhosas de o ser!!! Bj amigo

Carla Ceres disse...

Oi, Mariazita! Que beleza de poema! Eu não me surpreenderia nem um pouquinho se ele se tornasse um enorme sucesso na internet. Fique de olho porque, daqui a pouco, podem começar a plagiá-lo. Você acertou em tudo. Parabéns!

Dorli disse...

Mariazita,

Antes de ler e comentar sua postagem eu gostaria de saber o que significa aquele
Ps - .... que você colocou no comentário do meu blog, eu não entendi, sou burrinha em internet.
Beijos
Lua Singular

SOL da Esteva disse...

Magnífico e edificante Poema em forma de diálogo.
Consegues "celebrar a mulher" em toda a sua plenitude.
Grande MULHER!.
Parabéns, até pela atitude que faz lembrar aos homens a dignidade dum Ser tão especial.


Beijos


SOL

Cris Bo disse...

Excelente entrada Mariazita, todas tus letras llevan consigo una gran verdad y es que aún en los tiempos que corren muchas cosas no han cambiado con referencia a los valores y derechos de la mujer.
Es un placer pasar por u casa, te deseo un hermoso fin de semana!
Besos miles.

http://sombriabelleza.blogspot.com/

Emília Pinto disse...

A pergunta desse neto, poucos podem responder, Mariazita. De geração em geração a insanidade do ser humano parece que vai aumentando. Muito já se fez a favor da mulher, mas continua a ser escravizada, humilhada e agredida por aquele que mais valor lhe deveria dar. Não têm respeito, mesmo sendo ela a mãe dos seus filhos. E isso, nem nos animais irracionais de vê. Estás de parabéns pela maneira comovente que encontraste para homenagear as mulheres que devem ser respeitadas e lembradas todos os dias. Podem querer tirar-nos tudo, mas há uma coisa que não conseguirão, tirar-nos o que há de mais sagrado: DAR À LUZ os seres humanos do planeta. Haverá missão mais digna? Não há! Obrigada, querida amiga pela parte que me toca nesta bela mensagem e os meus parabéns por seres a mulher que és. Beijinhos e um bom fim de semana
Emília

ReltiH disse...

UN DIALOGO MUY SENSATO E INSTRUCTIVO. OJALA MÁS HOMBRES, COMO EL ABUELO DEL RELATO, SIGAN CONTANDO ÉSTO A SUS NIETOS Y NIETAS, PARA QUE HAYA CONSCIENCIA DE IGUALDAD.
UN ABRAZO

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Oi Mariazita,somos mulheres,esposas mães e avós e por esse motivo acho que somos guerreiras em qualquer situação.Nossos dias teriam que ser comemorados não somente em 8 de Março,mas cada minuto da nossa existência.
bjs e obrigada pela visita.
Carmen Lúcia.

Dorli disse...

Oi Mariazita
Pena que o netinho não podia entender nada.
Pelo que minha mãe falava há uns oitenta anos a mulher já começava a enfrentar os homens e às vezes até os matavam.
Linda a sua postagem: o que você escreveu na minha postagem foi:

PS - Desculpa o " copy Et paste"
Beijos
Lua Singular

MARIA MACHADO disse...

Boa tarde querida Mariazita!

Encontrei essa linda casa de portas abertas, e já fui entrando sem sua permissão, mais gostei muito, é tudo muito lindo, essa sua pela poesia me encantou. Parabéns querida pelo o blog é maravilhoso.

Um abraço na alma!

Maria Machado

YoSueño disse...

Me ha gustado mucho la conversación, el mundo avanza pero tan lento que parece que estamos parado. Un ABRAZO

Unknown disse...

Primeiramente, meus parabéns pelo DIA INTERNACIONAL DA MULHER, seja ela casada ou solteira, com filho ou sem filho. É a figura que nos prende e nos remete à nossa mãe. A minha vez ou outra, vem me visitar em sonhos, para matar a saudade e ver como está se comportando seu idoso filho. Nessas semanas que se seguem, os dias ficam mais radiosos, como que abençoados. Querida amiga descreves com firmeza as agruras da mulher que nem sempre são valorizadas e entendidas, e que mesmo assim se mantem firmes. Abraço fraterno, Mariazita.

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Mariazita!

Muita bonita, criativa e original esta tua maneira de prestar homenagem à mulher - neste mundo onde continua a ser discriminada: através deste saboroso e pedagógico diálogo entre a inocência perguntadora e curiosa, e o saber de vida feito - depois de lição bem preparada…

Apesar da reparação feita à mulher ao longo dos últimos anos, muito ainda terá este mundo que evoluir, económica e socialmente, até que justiça lhe seja feita…

Parabéns pelo magnífico texto.

Um bom fim de semana, e beijinhos amigos

Vitor

Antonio Machado disse...

viva a mulher!
Mãe, amiga, namorada, irmã e deusa!

Vera Lúcia disse...


Olá Mariazita,

Belo 'Momento de Poesia'. Ficou lindo seu poema em homenagem à mulher. Infelizmente, apesar dos avanços, a mulher ainda não conseguiu se livrar de alguns preconceitos e muitas delas ainda são desrespeitadas, tolhidas e maltratadas pela insensatez dos homens e de uma sociedade machista.
As mulheres trazem beleza e luz ao mundo e merecem ser sempre admiradas, respeitadas e amadas.

Beijo e ótimo feriadão carnavalesco.

Ana Cecilia Romeu disse...

Querida Mariazita!
Muito linda e terna esta tua publicação.
Ser mulher é um desafio imenso. Como diz numa música aqui do Brasil: "a dor e a delícia", - assim experimentamos em todas as etapas.

Penso que um grande diferencial da mulher é suportar as dores do mundo: as nossas próprias, a dos nossos filhos, dos companheiros, da família... temos essa capacidade de superação e acolhimento.

Grande beijo desejando ótimos dias para ti, minha querida!

Graça Pereira disse...

Minha querida Mariazita

Que bem está aqui contada a odisseia
da mulher que não vê fim aos seus tormentos... Porque o homem é mau? Porque o mundo é injusto? Ou será sina que há-de acompanhá-la toda a vida?
Na minha ausência pensei muito em ti...na saudade que nos faz irmãs!!
Mas sinto que és uma mulher com força para ultrapassar o que a vida nos ofereceu...
A foto do perfil é tua? Eras linda...tal como hoje!
Que Deus te abençoe na tua caminhada.
Um abraço muito terno.
Graça

M D Roque disse...

Fantástica explicação , tanto do criacionismo como do evolucionismo , do cálice da gestação á subserviência e quase escravidão. Simples e lindo. Adorei.
Beijo grande grande.
BFS e bom Carnaval .
D

Rosemildo Sales Furtado Furtado disse...

Olá Mariazita! Belíssima homenagem esta que fazes à mulher. Parabéns!

Abaixo, deixo uma baboseira que fiz em homenagem à mulher.

MULHER

Quando Deus criou o mundo,
Fez a Terra e também o Mar.
Fez o Céu azul e infindo,
E a Estrela para brilhar.

Fez o Homem para o trabalho,
E a Mulher só para amar,
Para o Homem viver do seu malho,
E a Mulher, à Terra embelezar.

A escolha entre o bem e o mal
Deixou livre, pra quem quiser.
Tanto para o Homem, animal,
Quanto para o animal, Mulher.

Mulher criação divina,
Mulher bonita e garbosa.
Mulher que já foi menina,
Mulher que hoje é formosa.

Beijos e um ótimo final de semana para ti e para os teus.

Furtado.

Jardineiro do Rei disse...

Um bela homenagem minha querida Amiga e a ela eu me associo. Sou um amante da noite, por isso aproveito a hora tardia para, em silencio, render homenagem à Mulher que tu és! Mulher-Coragem, Mulher-Mãe. Mulher de corpo inteiro.
Obrigado por seres minha Amiga

João

Laura Santos disse...

Mariazita, um diálogo feito poema desde os confins da História. A Mulher, esse ser tão maltratado pela sociedade ao mesmo tempo que é cantado por poetas e músicos.
Muita coisa mudou no mundo ocidental em relação aos direitos das mulheres, mas ainda há tanto para mudar ao nível das mentalidades... mas, o caminho faz-se caminhando.
Sobre as atrocidades cometidas sobre as mulheres noutros locais do mundo nem vale a pena falar agora.
Parabéns Mariazita! Uma homenagem muito bonita a todas as mulheres.
xx

Rose Sousa disse...

Que prosa poética mais magnifica! Gostei demais, demais mesmo! que perfeição! Um abraço querida, estou aqui nesse espaço que esbanja cultura e sabedoria. Lindo fim de semana!

MARILENE disse...

Desenvolveu um belo diálogo para enaltecer o valor da mulher. Costumo pensar que as próprias mulheres, na educação de seus filhos homens, haveriam que incutir neles, desde cedo, o respeito a ser dedicado a elas, contrariando as brincadeiras machistas dos maridos, que os fazem pensar serem eles a elas superiores e delas poderem dispor a seu bel prazer. Ainda há muito a se conquistar nesse campo e nem tudo depende de leis. Grande beijo!

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Simples e de uma beleza extraordinária. Porquê? Perguntamos todos nós.
Há tantos anos e ainda se cultiva o ódio e a escravidão...
Hoje escravizam-se homens e mulheres e não é apenas pelo poder das religiões mas pela sede de prazer, poder que domina as mentes humanas.
Escravidão porque cada ser humano se coloca acima de outro ser humano e faz dele propriedade.

helia disse...

Excelente Texto ! Uma conversa entre Avô e Neto , que é uma linda prosa poética !
Felizmente que a mulher tem vindo a libertar-se da opressão e a impôr-se no mercado do trabalho !

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Momento sublime, oportuno, mais que inspirador, nessa belíssima ode à MULHER! Parabéns!( Grande mulher, essa amiga portuguesa, que nos brinda com Maravilhas, em A Casa da Mariquinhas...:
Momento;
Mulher;
Mariazita;
Mariquinhas;
Maravilhas...tudo com M maiúsculo!)
Forte abraço, Mariazita,
da Lúcia

manuela barroso disse...

Minha querida amiga Mariazita!
O meu aplauso para este hino à mulher em forma também de narrativa poética.
Não por ser mulher mas porque é a mulher o ser cálice de vida e ao mesmo tempo de dor. Dor ao dar vida, dor por tantos fazerem dela o recetáculo de sofrimento. Muito já foi feito. Muitos companheirOS de jornada lutam ao lado da mulher-esposa-filha-mãe-amante-amiga. Mas muito está por fazer. Tu contribuiste para mais um salto nesta escadaria. Lindo conteúdo, musical e bela poesia.
Gostei MESMO!
Beijinho meu

Nita Oliveira disse...

Parabéns! Belíssima homenagem! Vou partilhar.
Beijo.
Nita.

Tatiana disse...

Mariazita queriiiiida!!
Só respondendo a sua visita, com certeza não gosto daquela nevasca não...kkk cruz credo, marido foi lá semana passada e passou sufoco!
Eu quero o que a maioria quer , o equilíbrio... Sol, frio, calor, um pouco de tudo um pouco....hahah...mais alguma coisa?
Bjks!

Graça Sampaio disse...

Bela história, Mariazita!
Mas, olha, eu tenho outra versão: o homem acorrentou a mulher porque viu que em tudo lhe era superior e isso ele não era capaz de suportar!

Beijinhos.

Sotnas disse...

Olá prezada Mariazita, e que tudo esteja bem contigo!


Bela e intensa homenagem, expressão deveras de um ser iluminado que honra e preserva os direitos conquistados. Ainda que existam muitas mulheres que sequer fazem por merecer carregarem o dom de dar continuidade à raça humana, não podemos deixar jamais de reconhecer que a vida não seria a mesma sem este iluminado ser tão suave e no mesmo instante deveras resistente que conhecemos como mulher!
Parabéns a todas e a você pela homenagem, e que o criador a guie nesta sua caminhada para que suporte esta tua enorme saudade aqui expressada nesta homenagem, que o teu viver seja sempre intenso e feliz, eu agradeço por tuas gentis visitas e comentários, e por compartilhar teus sentimentos também, um grande abraço e, até mais!

SANTA CRUZ disse...

Mariazita. Ó que lindo mas lindo a valer, apesar de ser um pouco triste porque todos os seres humanos tem a mesma dignidade. as mulheres nem com um ramo de flores se deve bater, mas sim oferecer.
Beijos
Santa Cruz

Nati Caetano disse...

Boa Noite Mariazita!
Amiga querida, adorei ler seus escritos.

Homenagem digna de parabéns.

Não somente as mulheres tiveram a grandeza de ser mãe, cuidar dos filhos etc.. no decorrer dos anos a mulher fez várias conquistas no âmbito profissional, mas ainda falta muita coisa no Direito e Dever do cidadão, não somente das mulheres, mas de uma toda sociedade que ainda vive com muita desigualdade social. Haja visto, que a discriminação tb é um fator que ainda impera em nossa sociedade.
Bom amiga, se for escrever tudo aqui, ficaria horas. Tem muita coisa a ser feita pelos governantes e a sociedade tem que cobrar, pois pagamos altos impostos, o mesmo deve ser revertidos em benefício da população. Não adianta promessas, as mulheres e homens tem que fazer valer os seus direitos.E a escravidão continua num mundo desigual.

Adorei estar aqui. Parabéns mais uma vez.

Tenha um bom final de semana.

ET Não vim antes, devido problema de saúde na família.

Beijos
Nati

Miguel disse...

Nina minha querida
Tu és uma MULHER, não só com M maiúsculo, mas com todas as letras maiúsculas!
Conheces-me suficientemente bem para saberes que, ao longo de mais de meio século de existência, me cruzei com muitas mulheres, antes e depois (MAS NÃO DURANTE!).
Na sua maior parte contribuíram para que aumentasse a admiração que sinto por esse ser extraordinário a que chamamos “Mulher”.
Algumas eram excepcionais; mas, como tu, conheci poucas, para não dizer “nenhuma”.
Não digo isto influenciado pelos sentimentos que nutro por ti; penso que qualquer pessoa que te conheça bem dirá o mesmo.
Da tua postagem direi apenas:
- Não sei se por se tratar de uma conversa entre avô e neto, e apesar de eu não ter netos - não tenho filhos… logo não poderia ter netos - a verdade é que este poema comoveu-me de forma muito particular.
A juventude (o neto) procurando absorver a sabedoria e conhecimento do idoso (avô) leva-me a sonhar que o mundo ainda pode ser um lugar aprazível.
Se dissesse tudo o que penso e senti ao ler-te estaria um dia inteiro a escrever.
Por isso digo-te apenas: Boa noite!
Beijo-te, com carinho.
Miguel

PS - Desculpa... mas não posso deixar de fazer referência às fotos.
A primeira, representativa da Mulher, nessa fabulosa escultura de Picasso:
A segunda, de uma ternura enorme, (que para ti tem, com certeza, um significado especial)é bem o retrato da aprendizagem e do ensinamento.
Não podias escolher fotos mais adequadas.
Mais um beijo.

Zilani Célia disse...

OI MARIAZITA!
COM MUITA PROFUNDIDADE ABORDASTE UM TEMA FORTE, USANDO UMA CONVERSA ENTRE NETO E AVÔ, O QUE DA O CONTRAPONTO PARA TUA ABORDAGEM.
MUITO BOM TEU TEXTO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

La Gata Coqueta disse...



No hay que tener miedo de hacer lo imposible,
aún cuando los demás no piensen
que lo podremos lograr.

Recordemos que la historia está repleta
de logros increíbles alcanzados
por aquellos que fueron lo suficiente decididos,
para creer en sí mismos.

Un abrazo de sencillas flores
Para finalizar la semana
Con aromas de primavera…

Atte.
María Del Carmen


Silenciosamente ouvindo... disse...

Não consigo compreender amiga
porque ao longo dos séculos a
mulher sempre foi mal tratada.
Não consigo compreender que o homem
sendo gerado dentro da mulher depois
não a considere e respeite.
Muito já as mulheres lutaram...
Muito terão que continuar a lutar...
Agora até na Europa, é através das
crises económicas(para uns quantos
ficarem mais milionários) que a
mulher mais uma vez tem que lutar
para gerir o seu orçamento familiar.
Tinha que ter outros direitos,
infelizmente terá sempre que lutar
contra qualquer coisa.
Desejo-lhe um bom domingo.
Bj.
Irene Alves

Existe Sempre Um Lugar disse...

Bom dia,
Não sou religioso o que me faz ser realista,nos países que se dizem evoluídos onde dizem que os direitos entre um homem e uma mulher são iguais, é uma mentira.
Pergunta-se qual é o acesso das mulheres aos cargos mais responsáveis do poder em Portugal? quantas vitimas existem de violência domestica e violações variadas? quantas queixas existem perante as autoridades sem resultados? Etc. etc. nós criticamos os Árabes pelo mau tratamento ás mulheres, quando nós de uma maneira mais soft fazemos a mesma coisa.
Abraço
ag

Lilazdavioleta disse...

Bela forma de abordar este tema .

A mulher é um ser magnífico quando quer . Fico muito triste quando isso não se verifica .
È importante que tente ombrear com o homem , para que de vez , a humanidade , em ambos , impere .

Um beijo , Mariazita ,
Maria

Duarte disse...

Mariazita, isso está bem... É que mereces a minha admiração! Sentida.

Não me digas! pois é aquilo que sinto.
Eu já levo quatro, é questão de dedicação, e tudo chega. Que queres fazer? Que estilo propões? Edição de autor o por editora?
Bom, já me contarás.

Um bom Domingo… pleno de afectos...
Besos

Zé do Cão disse...

É dos poemas mais lindos que tenho lido.
Se tivesse de classificar de 1 a 10, decerto daria 20.
Parabens, Mariazita.

Mil beijos, pelo sucesso

Fê blue bird disse...

Parabéns por este post tão íntimo e original sobre a mulher.
Há tanto ainda por fazer.

beijinho

Nilson Barcelli disse...

A mulher tem sido muito maltratada ao longo da História, na verdade.
Mas melhores dias virão, por certo.
Adorei o diálogo poético avô/neto. O resultado final é óptimo.
Mariazita, tem um bom domingo e uma boa semana. E um bom Carnaval.
Beijos.

Cândida Ribeiro disse...

Querida Manita,
Que momento doce de poesia...e que lindo avô e neto. Parabéns minha querida por tão belo poema.
A mulher pela sua coragem, força e amor um dia será venerada e amada por todo o ser humano.Nós mulheres devemos acreditar nisso e continuar a lutar.
Aproveito para agradecer as palavras que deixaste na minha modesta casinha e dizer que tem poema novo.
Um abraço com muito carinho da manita saudosa
canduxa

Labirinto de Emoções disse...

OLá minha querida
Um poema lindo de homenagem a todas as mulheres, que continuam a ser "um saco de pancada" onde se descarregam todas as frustrações...:((
Muito há ainda por fazer, para que todo o tipo de escravatura a que a Mulher é obrigada termine.
Um Beijinho grande
Teresa

avoluisa disse...

Olá Mariazita
Estou encantada neste "mundo novo" que é o vosso espaço. Dou-vos os parabéns !
Vou passar por aqui com prazer, e fazer desta "casa"uma passagem obrigatória .
Beijinhos

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Belíssimo texto este!
Eu já escolhi a minha mulher do ano, mas só revelo no dia 8 :-)

Lilá(s) disse...

É triste que as mulheres ainda continuem sendo maltratadas.
Muito bem aproveitado o tema, senti uma dupla homenagem!
Beijinhos

Evanir disse...

Estou aos poucos voltando a esse mundo encantado
onde nossas amizades se eternizam com o passar
do tempo somos vidas que se une através de sonhos ,
e sonhos dos mais lindos ,
é esta amizade que atravessa mares ficando sem fronteiras ,
sem barreiras .
A semente boa e plantada em solo forte será
nossa colheita farta de amizades eterna,
que seguiram nossas vidas com nossos
mais absolutos sonhos em que sonhar é possível..
Deus esteja contigo e comigo.
Beijos carinhos na alma.
Evanir..
Mariazita .nunca esqueço de si amiga me perdoe o esquecimento do dia das mulheres.
logo poderei estar mais presente na vida de minhas amizades que tanto preso.

Dorli disse...

Oi Mariazita.
Hoje não existe mais a Amélia, composição de Mário Lago e como diz meu marido: logo as mulheres irão tomar conta do mundo.
Uma boa terça-feira
Beijos
Lua Singular

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida Mariazita

Infelizmente a mulher ainda não conseguiu o independência por que tanto lutou.
Um texto maravilhoso como sempre.


Um beijinho com carinho
Sonhadora

Maria Alice Cerqueira disse...

Querida amiga
Venho lhe desejar um bom carnaval.
Tudo do melhor para voce
Abraço amigo
Maria Alice

LUZ disse...

Olá, querida Mariazita!

Está disposta a "dar à língua"? Então, vamo-nos sentar e pôr tudo em "pratos limpos" (eu sei, porque me disse, que a sua caixa de e-mails, "rebentou pelas costuras", mas olhe, que não foi por ter recebido nenhum e-mail meu). Nós falamos, por aqui, bem à luz e às claras.

Ah, mas primeiro, e como manda a boa educação, quero saber de si. Tem passado bem? Na foto, que tem abaixo desta sua publicação, parece-me triste e de olhar longínquo, mas pode ser só, impressão minha.

Então, e quanto ao "senhor" tempo, não consegue apanhá-lo, dominá-lo e reduzi-lo à base zero (ai, eu a meter nas e com as matemáticas)!

Aceito, pois, ser SUA SECRETÁRIA, mas, olhe, que sou muito pormenorizada, miudinha, muito atenta, e profissionalmente, secretario, sempre, duas ou mais turmas, e as atas que elaboro, são extensíssimas (acho que até escrevo, o som do suspiro de alguém). Mesmo assim, continua interessada? Se sim, devo dizer-lhe que não pode ser entrada imediata, porque tenho emprego e trabalho, mas daqui a uns tempinhos, aceitarei, de muito bom grado, o trabalho, que, gentilmente, me ofereceu.

ADORO ARRUMAR, CATALOGAR, RASGAR, ALINHAR, LIMPAR, EXCLUIR, ESQUECER, ENFIM PÕR TUDO CAPAZ "DE SE LAMBER COM A LÍNGUA". Esta é uma expressão alentejana, e mostra bem, quanto somos profundas e meticulosas.

No que se refere ao seu blogue, pois, havia muito que fazer, com a sua permissão e apoio, porque, eu só quero no meu blogue, gente, que vá aparecendo e comentando.
Colocam foto, e nem um olá escrevem, então, o prazo de tolerância é de 15 dias, findos os quais, a fotografia é bloqueada.
Os blogues, que estão já desativados, têm naturalmente, o mesmo destino.

Se reparar nos painéis de seguidores dos meus dois blogues, têm poucos seguidores, ou melhor, correspondem à realidade: só lá está quem os segue e comenta. Diga-se, em abono da verdade, que há lá uma meia dúzia de seguidores, que raramente comenta, ou que está muito tempo sem comentar, mas a meio da "jornada" enviam-me um e-mail, explicando o motivo da sua ausência. Muito bem, vão continuar na "roda".

Em relação ao ombro, que me oferece para eu pôr a minha cabecinha (encosta a tua cabecinha no meu ombro e chora), tinha de ser o direito, porque eu sou uma mulher "às direitas", sou, politicamente, de direita, e gostaria muito de estar sentada à direita, de Deus Pai.

A minha mais recente publicação no blogue, "Luzes e Luares" deveu-se a um acontecimento REAL, e as palavras saíram da minha mente, diretamente para as minhas mãos, e logicamente, depois, para o teclado.

Tudo o que tenho escrito, desde há dois anos e alguns meses a esta parte, é fruto, atrever-me-ia a dizer, a 100% da minha imaginação, mas esta última, correspondeu à verdade, nua, dura e crua, relacionada com um facto verídico.

E com tudo isto, não comentei, a sua publicação, mas eu sabia que isto iria acontecer.

VOLTAREI, EM BREVE, SE DEUS QUISER!

Um dia maravilhoso, para essas bandas, porque, nestas, está sol.

Beijinhos com estima e consideração.

LUZ disse...

Mariazita,

Pretendo retificar: PÔR.
Não suporto erros, de qualquer espécie.

Beijinhos.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Sobre um texto
tão belamente escrito,
apenas acrescento
a minha alegria
em poder lê-lo...

Que o amor nos vista a vida,
com as suas mais preciosas cores...

O Árabe disse...

Bela e merecida homenagem, Mariazita! Não apenas por sua graça e sensibilidade, mas também pela força e determinação, as mulheres merecem todo o nosso respeito! Boa semana, amiga.

Fátima Oliveira disse...

Oi Mariazita!
Uma bela homenagem! Gostei muito da forma que foi feita, um dialogo entre avô e neto, peguntas curiosas e respostas simples tentando explicar o que ao ver do avô não tem muita explicação, como uma mulher, pode carregar tantas provações de vida e porque? Adorei, achei muito criativa, e interessante sua homenagem. E você é uma mulher que merece uma homenagem à parte, parabéns!!
Beijos!!!!

Rosemildo Sales Furtado Furtado disse...

Oi amiga! Oi Mariazita! Passando para agradecer e tua visita e tão amável comentário, assim como dizer que fiquei feliz por teres gostado do que escrevi.

Beijos e muita paz para ti e família.

Furtado.

Vieira Calado disse...

Olá, como está?
Nós andamos a comemorar muita coisa, pondo poemas em montras.
Já assim foi pelo Natal, agora é no Dia da Árvore.
Talvez no próximo ano o Dia da Mulher!
Beijinhos!

Nina Filipe disse...

Já faz algum tempo que aqui não vinha pois confesso que poucas pessoas tenho visitado, talvez por falta de paciência, acho que é uma das coisas que a idade vai levando a algumas pessoas.
Mas adorei esta linda e verdadeira história, ou narrativa, pois mexeu muito com o meu coração revi 17 anos da minha vida muito lá para trás talvez desde que nasci até a essa idade, no seio do lar onde nasci teve grande parte dela.
Dizem que passado é museu mas para mim são apenas raízes que fazem parte do meu todo.
Tenha uma linda semana com beijinhos de luz e muita paz, um grande bem haja pela linda escritora que é.

Clara Lúcia disse...

Simplesmente lindo!
Digno de ler e reler muitas vezes. Muito ainda o que fazer e principalmente a mulher aprender a se respeitar... um dia chegamos lá.

Parabéns pela inspiração!!!

Uma linda semana
Beijos

Dorli disse...

Oi Mariazita,
Antes do meu marido meu filho fez uma previsão. Ele tinha dez anos, hoje com trinta e um já estamos vendo muitas mudanças. Quando tiver um tempinho leia o textinho que meu filho fez para as mulheres, tenho certeza que você vai amar: A ascensão e decadência da mulher- Lua Singular.
Só que a vidente aqui sou eu.kkkk
Beijos
Lua Singular

LUZ disse...

Olá, querida Mariazita!

Como está?

Ainda não é desta, que venho comentar a sua publicação, mas, se Deus quiser, fá-lo-ei, dentro em breve.

Obrigada pela sua conversação no meu blogue, e foi isso, que aqui me trouxe.

Evidente, e mais que certo, que vai conseguir pôr tudo em "ordem", em relação aos blogues que segue, e mais que fosse.

Na sua anterior publicação, a do aniversário do seu blogue, fiz lá seis "intervenções" escritas, e na quinta, friso, refiro-me à foto que colocou nos painéis dos blogues que segue, e que é a mesma que colocou no seu perfil.

Ora, por favor, leia, quando tiver tempo, o que eu disse/escrevi, quanto ao assunto.
Então, assim sendo, já duas pessoas reparam na sua foto, tirada em Moçambique.

Até breve.

Dias com sol, muito sol.

Beijinhos, com apreço e estima.

Tatiana disse...

Obrigaaaada Mariazita pelas tuas carinhosas palavras e com certeza nos conheceremos quando você vier,
Affffeee....83? Eu te ajudo nas visitas...kkkkk
Bjks

Dorli disse...

Oi Mariazita, estou respondendo do celular, estou indo ao médico numa outra cidade.
Digita no Google:

A ascensão e decadência da mulher - Lua Singular

Errei a idade dele, tinha 12 anos
Beijos
Lua Singular

Tatiana disse...

Kkkk....to chegando...e que o trajeto e longo...kkkk

Cristina Pavani disse...

Oi, Maria!
Belíssimo! Me fez lembrar a época da colonização brasileira, onde as mulheres indígenas foram tratadas pior que animais, a ponto de serem amarradas e divididas ao meio (quando engravidavam dum branco).
Aos poucos, iremos conquistando nosso espaço no seio da "Mãe Terra".

Beijos de além mar.

Jorge disse...

Sabes que mais lindona? Adoro a tua forma de escrever e só hoje, com mais calma, vi a tua foto de perfil...
Beijinho
:)))

Bell disse...

Adorei sua visita no meu cantinho, e vim aqui conhecer.
Já estou seguindo.
As mulheres ganharam força na sociedade porém ainda não tem o destaque que merecem.

bjokas =)

Dorli disse...

Bom dia Mariazita.
Fiquei feliz que tenha gostado dos escritos do meu filho, ele tem 2 blog, mas pouco escreve neles, pois trabalha e está sempre estudando.
Obrigada pelo carinho
Beijos
Lua Singular

Paulo Roberto disse...

Obrigadooo pela visita.
UM abraço.

La Gata Coqueta disse...



Si alguna vez tus sueños se derrumban,
busca un poco de luz en tu ventana…
Prométete a ti mism@ un arco iris,
y vuelve a comenzar, cada mañana...

El día de mañana (que debían de ser todos)
está dedicado a todas las mujeres,
que con su manto de amor, trabajo y comprensión
cubren el globo terráqueo de fértiles espigas,
salpicadas por el rocío de la noche
y besadas por el aterciopelado sol del ocaso…

¡¡Con delicada ternura
feliz día para todas las mujeres!!

Atte.
María del Carmen




Mirtes Stolze. disse...

Olá Mariazita.
Feliz dias das mulheres.
Um ótimo final de semana.
Beijos.

LUZ disse...

Olá, querida Mariazita!

Que dia tivemos, hoje! Já merecíamos, temos de ser justas.
Andamos há meses a ser fustigados/as pelo frio e pela chuva. Tudo acontece no tempo certo, e no seu devido tempo, e é bem verdade. Tarda, mas não falha.

Li e vi, hoje, com muito mais atenção, toda a sua publicação, incluindo as fotos, e vou trocar algumas impressões com o que vi, expondo-as, por escrito, e, indiretamente, com a Mariazita, também.

Começando pela cabeça de mulher de Pablo Picasso, confesso que, é capaz de dar alguma sombra, só vejo isso, mas para quem goste daquele tipo de arte, deve ser o máximo. Não apreciei, mas respeito os gostos de cada um/a.
É verdade, A ARTE, não é acessível a todos, nem a todas as preferências, dirão alguns, os entendidos, sobretudo. A Mariazita que viu o monumento, dirá, depois, de sua justiça, caso assim o entenda.

Depois, temos aquela fabulosa e terna fotografia, que lhe deve ser familiar, e que adorei, porque também tive um avô, aliás, tive dois, mas o avô João, do lado materno, foi o meu avô, a tempo inteiro, e no coração dele só havia espaço para mim.
Do outro, poucas recordações tenho.

Quanto à sua segunda incursão pela poesia, que, em minha opinião, não é poesia, é antes uma narrativa, com laivos poéticos, e sobretudo com muita doçura e linguagem, ao nível da criança, ou seja, é um aprazível e inteligente diálogo, mais que doce, "diabético", entre um neto e um avô.

As perguntas colocadas pelo neto ao avô, são ingénuas e despretensiosas, porque as crianças são puras, e a seguir a uma resposta, vem logo, outra pergunta.

E foi neste jogo, muito bem urdido, que a Mariazita "ganhou" muitos pontos, porque, quis "aproveitar" a celebração do dia internacional da mulher, para falar do tema, dando-lhe uma perspetiva histórica, bem abrangente e muito enquadrada.

Evidente que ambas sabemos, porque se celebra este dia, que só em 1977 a ONU, adotou e reconheceu como acontecimento de "destaque".
Este dia, já foi comemorado noutros dias do ano, como, por exemplo, no dia 19 de março, dia do pai.
Na Europa, só na década de 60, começou a ser lembrado, pontualmente, mas, há alguns anos, a esta parte está "in".

Compreendo o significado dele e a sua importância, mas não estou de acordo com a sua comemoração do mesmo, porque, afinal, estamos e estão-nos a discriminar.
Nós, mulheres, temos todos os dias do ano, tal como os homens.
Nós precisamos deles, e eles, precisam de nós, aliás, eles precisam muito mais de nós, sabendo TAMBÉM QUE HÁ MAIS VIÚVAS QUE VIÚVOS, E QUE A ESPERANÇA MÉDIA DE VIDA É MAIS ELEVADA PARA NÓS.

Não foram os homens russos, dirão ou pensarão alguns, que vieram para as ruas manifestarem-se contra as más condições de vida, nem contra a participação da Rússia czarista na primeira Guerra Mundial, FORAM AS MULHERES.
Bem, se virem o acontecimento, só por esse estreitíssimo prisma, muito bem, mas a amplitude e importância do mesmo é de 360º graus, historicamente, falando.

Quero dar-lhe os meus parabéns, por, em linguagem bem simples e acessível, nos ter dado, uma visão histórica TÃO VASTA deste acontecimento, em forma de diálogo avô/neto.

Então, dia 14, termos nova publicação, pela qual, fico a aguardar.

Bom fim de semana.

Beijinhos, com a amizade, que já conhece.

LUZ disse...

Mariazita, lindinha, e não lindona (não gosto do termo, que nem sequer existe na Língua Portuguesa, mas já pesquisei/vi e já entendi), fiquei com receio que o regulamento do Blogger me cortasse o "pio", mas vá lá, safei-me.

Gros bisous, ma chérie.

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Mariazita!

Parece que será desta que o Inverno vai embora de vez; pelo menos a julgar pelo dia soalheiro e quentinho que por aqui fez.A convidar a uma voltinha por terras da Costa de Caparica...

Um bom fim de semana!
Beijinhos amigos
Vitor

LUZ disse...

Mariazita,

Retificando: com a sua comemoração do mesmo. Ora, isto não tem sentido nenhum, então, por favor, leia-se: com a comemoração do mesmo ou com a sua comemoração (mesmo e sua, é que não podem coabitar, simultaneamente).

Beijinhos, querida!

LUZ disse...

Minha querida amiga, Mariazita!

A minha última observação saiu, em duplicado. Queira, por favor, eliminar uma.

Obrigada!

Cândida Ribeiro disse...

Manita Querida,

Como grande Mulher que és, não podia deixar de vir desejar-te um dia muito feliz.
Que todas as mulheres do Mundo despertem e descubram em si a sua força e poder.
Um abraço apertadinho
Canduxa

PS. há post novo!

Olinda Melo disse...


Querida Mariazita

Feliz Dia da Mulher!

Bom fim de semana.

Beijinhos

Olinda

Gracita disse...

Bom dia amiga Mariazita

Parabéns Mulher!
Por tua força com a qual enfrenta os problemas cotidianos sem perder a serenidade
Parabéns Mulher!
Por tua capacidade de ser doce mesmo enfrentando as duras lutas da tua caminhada
Parabéns Mulher!
Por tua disponibilidade em se doar ao próximo sem cobranças
Parabéns Mulher!
Por tua eficiência ao realizar com competência tua dupla jornada
Parabéns Mulher!
Pela sagacidade e perspicácia do teu olhar ao descobrir que os entes amados
não estão bem e oferecer o teu colo e o teu afago.
Parabéns Mulher!
Pela sua generosidade em entregar-se ao sentimentos de solidariedade e amor
Parabéns Mulher!
Por tua competência e profissionalismo
Parabéns Mulher!
Por cativares a todos que de ti se aproximam
Parabéns Mulher!
Por ser maravilhosamente MULHER.

Um "Feliz Dia da Mulher"

Gracita

Dorli disse...

Oi Mariazita,
Parabéns para o nosso dia
Tenho surpresa pra você hoje.kkk
Beijos
Lua Singular

Tétis disse...

Olá Mariazita,

Muito bela e original esta forma de homenagear a Mulher neste nosso dia.

Temos no Farol um miminho com que queremos presentear todas as mulheres da blogosfera.

Feliz Dia da Mulher!...

Beijinhos

Carlos Hamilton disse...

Parabéns Mariazita,dia das mulheres deveria ser todos os dias.
Vocês são merecedoras.

Abraços

São disse...

Neninha, que maravilha, querida, que maravilha de post !!

Um feliz Dia da Mulher , óptimo fim de semana e um abraço com todo o carinho.

Bem hajas, Amiga!

Brisa Petala disse...


OI QUERIDA
É com orgulho que parabenizo a você pelas conquistas, lutas, perseverança, trabalho e principalmente o que vocês representam para a humanidade, você sexo frágil mas de inteligência grande. FELIZ DIA DAS MULHER Com carinho

Evanir disse...

Bom Dia e Boa Tarde..
Hoje tão somente hoje quero deixar de alguma forma meu
carinho a todos que sempre dedicou um dia de carinho para mim .
Meu desejo seria retribuir de alguma forma tudo que aprendi na vida e nos últimos anos
como um grito de amor nesse dia Internacional da Mulher.
Rogo a Deus por todos as mulheres que ainda sofre em todo o Mundo.
Pela falta de compreensão , discriminação pela raça , pela cor , pela classe social
pela mutilação .
Que nesse Dia você possa olhar para dentro de si mesmo e dar
graças a Deus pela vida ter sido generosa ,
pois a mim você sempre deu carinho afeto e companheirismo .
Quando estava prestes a desistir, lembrei-me.
Tinha a maior riqueza do mundo sua (Amizade)
Hoje deixo essa mensagem independente de ser amiga ou amigo.
Eu preciso muito da sua amizade e capacidade
de aceitar - me como sou quero sim
sua amizade esse sim é o presente que peço nesse Dia Internacional Da Mulher .
Com todo carinho saberei recompensar sua amizade com o mais puro amor
que existe dentro do meu coração.
Deixo nesse dia beijos no coração e afagos na Alma.
Deixei na postagem um mimo encontre o que você gostar é minha gratidão
por tudo que representa na minha vida.
Carinhosamente.Evanir.

Toninho disse...

Belissima homenagem amiga, que faça acordar as mentes ainda adormecidas pelo mundo.
Meu mais especial abraço com o respeito,carinho e admiração.
Bom domingo.
Beijo.

Lourdinha Vilela disse...

A luta continua, mas que haja sempre um sorriso no rosto.
Gostei muito.
Parabéns Mariazita.

PINTA ROXA disse...

Que tenhas uma boa semana. Beijinhos Mariazinha.

O Árabe disse...

Boa semana, amiga. Aguardo o próximo post.

Fernando disse...

Olá
feliz dia internacional da Mulher
feliz seu dia que tem que ser todos os dias.
que continues assim nesta sua interminável força.
Grande abraço
Blog Fernu Fala II

La Gata Coqueta disse...


Gocemos de las pequeñas cosas que la vida nos ofrece;
para encontrar la verdadera felicidad
no necesitamos ser ricos o poseer grandes bienes,
sólo necesitamos tener riqueza en el corazón
y llenarlo con cosas positivas.

Bendiciones en abundancia para ti
y para toda tu familia en esta bella
y esplendida semana que hoy comienza.


Un abrazo de felicidad para ver el horizonte
con la consabida ilusión y apertura de ilusiones.


Atte.
María Del Carmen




Lu Nogfer disse...




Ola Querida!

PS: Desculpe ter deletado meu comentário mas estou recolocando com mais atenção pois o meu teclado esta o Deus nos acuda!E eu as vezes nem percebo as faltas das letras. rs

"A mulher ja foi muito oprimida! Ja era tempo de reconhecerem o seu valor. Mas ha muitos ainda que não reconhecem, nao é verdade? Importante é que somos guerreira e sempre seremos..."


Beijos




!

Berço do Mundo disse...

Ena, demorei uma eternidade até chegar ao formulário dos comentários... a sua singela homenagem à Mulher foi muito elogiada e com todo o direito. Porque ficou perfeita. As crianças enxergam o mundo melhor do que nós, às vezes são elas que nos ensinam (ou relembram) o certo e o errado.
Beijinho, querida Mariazita, e muito obrigada pela sua presença querida lá no meu cantinho.
Ruthia d'O Berço do Mundo

MARILENE DOMINGUES disse...

Olá Mariazita, cá estou para conhecer você e seu encanto de recanto. Parabéns pela linda homenagem ao dia das mulheres.Que a luta continue para amenizar as diferenças e dar mais direitos as mulheres que ainda sofrem com muita discriminação.Parabéns mais uma vez pela bela escrita.
Beijos com carinho
¸.◦*✿✿¸.◦*✿✿ Marilene

Ariel disse...

Hola Mariazita,
buenas tardes,

hermosas palabras, un texto maravilloso,
realmente encantador.

Felicitaciones por este bello escrito
un cálido abrazo

Nilson Barcelli disse...

Voltei e reli o teu maravilhoso diálogo.
Mariazita, tudo de bom para ti.
Um beijo.

Ronilda David Loubah Sofia disse...

Um dialogo enternecedor e de grande sabedoria.

Grata Mariazita por compartilhar.

Meu carinhoso abraço

Rita Freitas disse...

Obrigado pela partilha, muito bonito!

bjs

Vall Nunnes disse...

Olá Mariazita, que dialogo criativo e explicativo!
A história de sofrimento e de lutas da mulher existe desde sempre.
No meu entendimento a mulher é tão corajosa que somente ela poderia ser seduzida pelas palavras da serpente, pois não negou seu desejo de conhecer o bem e o mal. Enquanto o homem de uma tacada só, culpou ao Criador através da mulher. Só comeu do fruto porque a mulher que o Criador lhe deu, ofereceu o fruto para ele.Veja só!
Todos foram culpados, menos ele.
Parece que não mudou muita coisa em relação a isso, mesmo em pleno século 21.
Abraços minha querida e conto com sua presença nos próximos domingos, viu?!

Desnuda disse...

Querida amiga Mariazita,

Estava em Minas Gerais ( uaii) no dia deste post e depois ao regressar foi ficando...Mas aqui estou para não só parabenizá-la pelo Dia da Mulher, pela admiração mais que sabida que tenho por você (e não é de hoje), mas para ler este belo foco poético que abrange não só história, mas a mensagem didática neste lindo diálogo entre gerações . É maravilhosa e criativa a forma que você usou . Leva a sua marca este post! E traz sentimentos para o leitor, no que esclarece, transmite e expõe.

Beijos, muitos, minha amada!

Sarinha Freitas

Manuel Luis disse...

Continua a caminhar, não pares, és grande. Linda homenagem.
Bj

Evanir disse...

Muitas vezes só necessitamos de uma palavra de conforto, de ânimo,
de alguém que dedique um pouco do seu tempo para nós.
E são nessas muitas vezes que encontramos nossos amigos virtuais!
Hoje venho te abraçar pelo dia do amigo virtual.
Você é benção na minha vida.
Quero estar em sintonia contigo
por muitos anos .
Como muito carinho deixei um mimo na postagem,
simples mais de todo coração.
beijos te agradeço pela nossa amizade.
Evanir.

Silvana Haddad disse...

Mariazita:
Vim responder o comentário que tão gentilmente deixou no meu blog: Também sou apaixonada por animais e convivo com eles desde pequena.
Quanto aos seguidores, realmente a situação está um enigma, rsrsrssr.
Eu não vejo a hora da solução aparecer, porque essa incerteza do que irá acontecer, deixa muitas dúvidas e a maioria dos blogueiros perdidos.
Eu não consigo mais seguir nenhum blog.
Já tentei tudo o que era possível e não tem jeito de dar certo.
Infelizmente, só nos resta aguardar.
Agora sobre seu post, que texto magnífico.
Uma viagem no tempo, escrita com doçura e ternura, mas ao mesmo tempo retratando todas as dificuldades e mazelas enfrentadas pelas mulheres.
Uma verdadeira obra de arte.
PARABÉNS!!!
Boa semana.
Bjs.:
Sil
http://www.meusdevaneiosescritos.blogspot.com.br/

Cris Henriques disse...

Olá Mariazita!

Parabéns!
Adorei este poema que a história da Mulher na antiguidade, até à actualidade.

Beijos,

Cris Henriques

http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com