domingo, 18 de dezembro de 2011

NATAL CHINÊS

Image and video hosting by TinyPic


A senhora Tung chegava dois dias antes da consoada. Costumava vê-la logo de manhã, com a irmã jardineira, no pátio maior, a admirar as laranjeiras anãs nos vasos de loiça. Via-a, casualmente, a contemplar, embevecida, o presépio do convento.
Encontrava-a por fim à mesa.
A senhora Tung viajava todos os anos da Formosa para Macau, na época do Natal, a fim de festejar o nascimento de Cristo na companhia da sua primogénita, a irmã Chen-Mou.
Nesses dias, com as meninas em férias, o refeitório do colégio parecia maior e mais desconfortável: só eu e Miss Lu nos sentávamos à mesa comprida das professoras. Daí a presença da senhora Tung, que noutra ocasião passaria talvez despercebida (estirada a sala entre pátios de cimento e plantas verdes) , se tornar nessa altura notável.
Baixa, seca de carnes, de olhos atenciosos, pensativos, a senhora Tung sorria constantemente, falava inglês, gostava de comer, de fumar, de jogar ma-jong. As criadas cortejavam-na nos corredores, preparavam-lhe pratos especiais, levavam-lhe chá ao quarto. Além de ser mãe da subdirectora, tinha fama de rica e distribuía moedas de prata a todo o pessoal na noite de festa.
Nessa noite assistiam três freiras ao nosso jantar (a regra não lhes permitia comer connosco): a directora, a subdirectora e a mestra dos estudos. E muito empertigada, segurando com ambas as mãos um tabuleiro de laca coberto com um pano de seda, a senhora Tung recebia-as à porta do refeitório, entregando cerimoniosamente o presente à filha, que por sua vez o oferecia à directora. Eram bolos de farinha fina de arroz amassada com óleo de sésamo. Toda de vermelho, de sapatos bordados e ganchos de jade no cabelo, a senhora Tung, quando a superiora colocava o tabuleiro dos bolos na mesa, dobrava-se quase até ao chão. Rezava-se, depois. Para lá dos pátios, à porta da cozinha, as criadas espreitavam, curiosas.
Nem no primeiro, nem no segundo, nem no terceiro Natal que passei em Macau, a senhora Tung era cristã, mas todos os anos se nomeava catecúmena. A seguir ao jantar falava-se nisso. A directora, uma francesa de mãos engelhadas que noutros tempos frequentara a Universidade de Pequim, perguntava em chinês formal quando era o baptizado. Inclinando a cabeça para o peito, a senhora Tung balbuciava, indicando a irmã Chen-Mou. A filha... a filha sabia. Talvez se pudesse chamar cristã pelo espírito, mas o coração atraiçoava-a. O coração continuava apegado a antigas devoções... Todavia, vestira-se de gala para a festividade da meia-noite, tinha no quarto o Menino Jesus cercado de flores, e a alma transbordava-lhe de alegria como se cristã verdadeiramente fosse.
Com um sorriso meio complacente meio contrariado, a irmã Chen-Mou desconversava, passando a bandeja dos bolos à superiora, que separava uns tantos para o convento. Os restantes comê-los-iamos nós, ao fim da Missa do Galo, com chocolate quente.
O chocolate era a esperada surpresa da directora. A senhora Tung chamava-lhe, em ar de gracejo, «chá de Paris». No fim das três missas vinham outra vez as três freiras ao refeitório do colégio para trocarem connosco o beijo da paz e nos oferecerem a tigela fumegante do chocolate. Vinham e partiam logo (tarde de mais para se demorarem), e Miss Lu, fanática terceira-franciscana, sempre atenta aos passos das monjas, sorvia à pressa o líquido escaldante, como quem cumprisse um dever, e saía atrás delas.
Ficávamos, assim, a senhora Tung e eu, uma em frente da outra. À luz das velas olorosas do centro de mesa, os seus olhos eram dois riscos tremulantes. Sorríamos. Finalmente, o reposteiro ao fundo da sala apartava-se. Uma das criadas entrava, silenciosa. Servia-se vinho de arroz.
Creio que o vinho de arroz figurava entre as bebidas proibidas no colégio e que chegava ali por portas travessas. O certo, contudo, é que ambas o bebíamos, a acompanhar os bolos de sésamo, no grande e deserto refeitório, na noite de Natal.
O vinho de arroz queimava-me a garganta e fazia-me vir lágrimas aos olhos. Quanto à senhora Tung, saboreava-o devagar, molhando nele o bolo, e, como mal provara o «chá de Paris», bebia dois cálices.
Entretanto, Aldegundes, a criada macaense mais antiga do colégio, aparecia com as especialidades da terra: aluares, fartes e coscorões, dizendo que aluá era o colchão do Minino Jesus, farte almofada, coscorão lençol. E eu traduzia em inglês para a senhora Tung, que achava isto enternecedor e gratificava a velha generosamente.
Quando por fim atravessávamos a cerca a caminho de casa, sob uma lua branca, espantada, anunciadora do Inverno para a madrugada, a senhora Tung abria-se em confidências.
A menina sabia... ― a «menina» era a irmã Chen-Mou, a subdirectora do colégio ―, sabia que ela continuava a venerar a Deusa da Fecundidade. Tratava-se de uma pequena divindade, toda nua e toda de oiro. Fora ela quem lhe dera filhos. Estéril durante sete anos, a senhora Tung recorrera à sua intercessão divina quando o marido já se preparava para receber nova esposa. Não podia portanto deixar de a amar. Toda a felicidade lhe provinha daí, dessa afortunada hora em que a deusa a escutara.
Parava a meio do largo átrio enluarado, de olhar meditabundo, mãos cruzadas no colo. E as palavras saíam-lhe lentas e soltas, como se falasse sozinha.
... E aquele mistério da virgindade de Nossa Senhora! Virgem e mãe ao mesmo tempo... Não se lia no Génesis: «O homem deixará o pai e a mãe para se unir a sua mulher e os dois serão uma só carne?» Não era essa a lei do Senhor? Porquê então a Mãe de Cristo diferente das outras, num mundo de homens e de mulheres onde o Filho havia de vir pregar o amor? A Deusa da Fecundidade, patrona dos lares, operava milagres, sim, mas racionalmente, atraindo a vontade do homem à da sua companheira e exaltando essa atracção. Como o Céu alagando a Terra na estação própria.
Retomávamos a marcha em direcção aos nossos aposentos. Difícil para mim responder às dúvidas da senhora Tung, nem ela parecia esperar resposta. Mudava, rápida, de assunto, aludindo ao tempo, à viagem de regresso, às saborosas guloseimas da criada macaísta.
Já em casa, convidava-me a ir ver o seu presépio. O quarto cheirava fortemente a incenso. Em cima da cómoda, entre flores, lá estava o Menino Jesus, de cabaia de seda encarnada, sapatinhos de veludo preto, feições chinesas.
Depois, timidamente, a senhora Tung abria a gaveta... e surgia a deusa.
O Menino Jesus era de marfim. A Deusa da Fecundidade era de oiro. O Menino, de pé, de um palmo de altura, trajando ricamente. A deusa, sentada, pequenina, nua.
Os olhos da senhora Tung atentavam nos meus, como se à procura de compreensão, mas as suas palavras prontas (a deter as minhas?) eram de autocensura. Não, não devia fazer aquilo. A filha asseverara que o Menino Jesus entristecia, em cima da cómoda, por causa da deusa, na gaveta. E quem sabia mais do que a filha ?
Eu já sentia frio, apesar da aguardente de arroz. O Inverno, ali, chegava de repente. A senhora Tung, no entanto, tinha as mãos quentes e as faces afogueadas.
Despedíamo-nos. Eu sempre me apetecia dizer-lhe que estivesse sossegada, que de certeza o Menino Jesus não havia de se entristecer, em cima da cómoda, por causa da deusa, na gaveta. Mas nunca lho disse nos três anos que passei o Natal com ela. Palpitava-me que a senhora Tung se enervava com o assunto. E que, de qualquer jeito, não me acreditaria. 

Maria Ondina Braga, A China Fica ao Lado,
Lisboa, Panorama, 1968

Maria Ondina Braga


MARIA ONDINA BRAGA

Maria Ondina Braga nasceu em 1932, em Braga. Deixou esta cidade nos anos 50. Em Paris, cursou a Alliance Française e em Londres a Royal Society of Arts. Viajou, aprendeu e ensinou. Foi professora do ensino secundário em Luanda, Goa e Macau, desenvolvendo também actividade no domínio da tradução. De todas estas viagens resultaram páginas de escrita onde se combinam memória, conto, novela, romance e crónica, sem nunca esquecer as raízes minhotas.
É autora de vários contos, novelas e romances.



BOAS FESTAS,  FELIZ NATAL

82 comentários:

  1. Neninha , que linda estória nos ofereces! Tenho também a certeza de que o Menino Jesus gostava da companhia da DEusa, rrss

    MInha querida Amiga de coração te desejo e aos teus Festas alegres, Natam com paz e muito amor e um 2012 mais feliz do que 2011!

    Um apertado e longo abraço, linda!

    ResponderEliminar
  2. Ando distante, mas conservo no coração o carinho dos irmãos,
    peço desculpa por deixar uma mensagem pronta, mas correndo
    não daria tempo de visitar a todos, recebam meu carinho ...
    Antecipo-me e abraçar e desejar meu melhor carinho a todos.
    ♥FELIZ FESTIVIDADES DE FIM DE ANO!
    ‎|..|..|..|..|..|..|...★
    ..|..|..|..|..|..|.★¶¶★
    ..|..|..|..|..|..|.★¶¶★
    ..|..|..|..|..|..|★¶¶¶¶★
    ..|..|..|..|..|.★¶¶¶¶¶¶★
    ★¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶€¶€¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶★
    ..|★¶¶¶¶€€€€€€€€€€€€€€¶¶¶¶★
    ..|..|★¶¶¶¶€€€€€€€€€€¶¶¶¶★
    ..|..|..|.★¶¶¶¶€€€€€€¶¶¶¶★
    ..|..|.★¶¶¶¶€€€€€€€€€€¶¶¶¶★
    ..|.★¶¶¶¶€€€€€€€€€€€€€¶¶¶¶★
    ★¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶€¶€¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶★
    ..|..|..|..|..|.★¶¶¶¶¶¶★
    ..|..|..|..|..|..|★¶¶¶¶★
    ..|..|..|..|..|..|.★¶¶★
    ..|..|..|..|..|..|..|.★
    ..|..|..|..|..|..|..|..|
    ..|..|..|..|..|..|..|..|
    ..|..|..|..|..|..|..|..|
    ..|..|..|..|..|..|..|..|
    ..|..|..|..|..|..|..|..|
    ..|..|..|..|..|..|..|..|
    ..|..|..|..|..|..|..⋱⋮⋰
    ..|..|..|..|..|..|..⋯★⋯
    ..|..|..|..|..|..⋱⋮⋰
    ..|..|..|..|..|..⋯★⋯
    ..|..|..|..|..⋱⋮⋰
    ..|..|..|..|..⋯★⋯
    ..|..|..|..⋱⋮⋰
    ..|..|..|..⋯★⋯
    ..|..|..⋱⋮⋰
    ..|..|..⋯★⋯
    ..|..⋱⋮⋰
    .
    Estrela de Natal

    Ah, se eu pudesse,
    Tocar a estrela mais brilhante
    Ainda que fosse a mais distante,
    Que em todo o céu resplandece

    Se eu a tivesse em minhas mãos agora,
    Eu a colocaria no topo da árvore decorada
    Para que, alegre, cintilasse na madrugada,
    E despertasse satisfeita nos braços da aurora

    Se pudesse, sozinha, representar o Natal,
    Eu a rechearia de puro amor e eterna paixão,
    E se em seus ombros carregasse o perdão
    Faria do mundo um lugar especial

    Mas hoje eu descobri onde está esse lindo cometa
    Que não pode ser nem levemente tocado
    Que pelas mãos do Criador foi abençoado
    E que vive no mais belo dos planetas

    Esta estrela intensa de magia natalina,
    Encontra-se bem ao fundo do mais sensível coração
    E com o amor que une irmão a irmão
    É a mais bela prova de uma graça divina.
    Autoria: Helen Bampi

    ResponderEliminar
  3. Mariazitaaaaaaaaaaaa,

    Que conto maravilhoso! Olha que li, pausava para refletir e buscava na "pescaria" da imaginação o cenário. A amiga São disse muito bem e o menino Jesus devia gostar da companhia da deusa. Eu gostei de sabê-la perto.

    Querida amiga, Boas Festas para você e toda família e tudo de bom sempre!

    Beijos com carinho.

    ResponderEliminar
  4. Mais um lindo conto,Mariazita. Sempre encontras novas histórias para nos deliciar...
    um beijo e desde já, desejo que o teu Natal seja lindo, feliz e iluminado, cheio de PAZ!!! beijos,chica

    ResponderEliminar
  5. Olá!

    Passando para te desejar um natal com Cristo no coração e um ano renovador, que abra novos caminhos, inaugurando possibilidades reais para o bom e o melhor. Que o novo ano traga-nos o começo de tempos melhores feitos por pessoas melhores, dispostas a vivenciar o verbo Amar. Despertas para que: Mudanças não são frutos dos calendários, mas de corações e mentes, irmanados pelo desejo do bem de todos.

    Feliz natal e bom 2012!!!!

    ResponderEliminar
  6. Olá Mariazita, eu desejo que tudo permaneça bem contigo!
    E por cá na tua casa sempre belas histórias e lírios!
    Que belo retorno, com este belo texto, que como sempre uma bela escolha tua!
    Os nomes podem ser diferentes, alguns podem até ser chamados de Deuses, mas penso que a fé que cada ser carrega dentro de si é uma mesma em qualquer lugar do mundo.
    Agradeço por tuas gentis visitas sempre, e deixo meu desejo que você e os teus tenham um intenso e feliz viver, boas festas e até mais!

    ResponderEliminar
  7. Uma história diferente mas bastante agradável. Regiões diferentes e modos de celebrar o Natal diferente também.

    Se o Menino Jesus nascesse hoje quem escolra mãe...eheria pa para brincar

    ResponderEliminar
  8. Olá, Mariazita!

    Curiosa e muito bem escrita esta descrição dum olhar Chinês sobre o Natal Português que mora em Macau.
    É sempre interessante ver como pessoas diferentes de nós nos olham, vendo aquilo que nós por vezes não vemos.Bonita escolha!

    E agora,já que aqui estou, deixo-te os votos de Feliz Natal, para ti e os teus - e que o menino Jesus te possa dar a prenda que certamente lhe pediste.

    Beijinhos.
    Vitor

    ResponderEliminar
  9. a China esteve aqui presente e gostei tanto de ler

    desejo-lhe um Santo Natal, Mariazita!

    um beijo

    manuela

    ResponderEliminar
  10. Que o Natal seja um símbolo de Amor e Paz, no coração de todos vós.
    Feliz Natal cheio de Harmonia e Carinho.
    Beijo.
    isa.

    ResponderEliminar
  11. Que lindo conto! Conheço a autora. Como eu gosto da literatura portuguesa! Somos muito bons a escrever (e não só)

    Bom Natal, Mariazita, e tudo do melhor no Novo Ano que se aproxima a Passos largos....

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Muito bonito amiga esse conto. Obrigada pela leitura.
    Ótima semana pra ti!
    Ja deixo meu desejo de um Feliz Natal e um Ano recheado de sonhos e desejos realizados. Obrigada por ter caminhado comigo durante esse Ano, e que no próximo Ano estejamos juntos novamente... Beijos grande!

    ResponderEliminar
  13. O Natal sempre nos carrega de reflexões, as mais diversas! Belo conto. Tradições humano-divinas que alicerçam nossa existência!
    Feliz Natal! Bênçãos em seu 2012!
    Abraço da Célia.

    ResponderEliminar
  14. Minha Querida Mariazita:
    Obrigada por este registo de Natal.
    Desejo que estejas melhor e que as tuas memórias de África estejam a fluir de uma forma muito suavemente intensa, ou com uma suavidade muito intensa.
    Um grande abraço e um Santo e Feliz Natal.

    ResponderEliminar
  15. Mariazita,
    Amiga querida,grata pelo carinho conosco compartilhado durante todo esse tempo que acompanhamos os registros de sua 'casa'.Você é daquelas pessoas que trazem sempre novidades dentro de temas que possam parecer tradicionais e como digo sempre-aprendo muito por aqui.
    Abraço carinhoso com os melhores votos de um feliz natal e ano novo também!

    ResponderEliminar
  16. FELIZ NATAL…

    “E a cada raminho novo
    Que a tenra acácia deitava,
    Será loucura!..., mas era
    Uma alegria
    Na longa e negra apatia
    Daquela miséria extrema
    Em que vivia,
    E vivera,
    Como se fizera um poema,
    Ou se um filho me nascera.”
    (“Toada de Portalegre – José Régio”)

    João

    ResponderEliminar
  17. Minha Querida
    Adorei a história...aliás o oriente fascina-me ou não tivesse eu nascido na África Oriental!!
    Uma linda história de Natal!
    Virei menos vezes aos blogs estou a acabar o meu livro sobre as minhas vivências em m
    Moçambique...nasci lá e vivi 33 anos naquele paraíso e a pedido de muitos amigos que me dizem que só narrativas sobre Angola...atrevo-me!
    Feliz Natal para ti e todos os teus.
    Beijo.
    Graça

    ResponderEliminar
  18. oi. tudo blz? muito legal. apareça por la. abraços.

    ResponderEliminar
  19. Querida amiga Mariazita!

    Não te pensava em casa -) Vinha fazer uma "fascinita" rápida porque ando exausta com tantas actividades e fui apanhada com um conto lindo, dos que sabes que muito gosto.

    Quero aproveitar para te desejar um Feliz Natal, com Paz, Saúde, Amor e algum dinheiro que ajuda sempre ... e muito!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Lindo conto. Na fé, não há rivalidades. Ela está em nossos corações.
    Obrigada pelos votos. Que seu Natal seja uma união de amor e paz, iluminada, divinamente.

    Grande abraço

    ResponderEliminar
  21. Olá Mariazita, não há como deixar de gostar das histórias aqui postadas, afinal é certo que tem sempre algo a nos ensinar.

    Feliz Natal para você e sua família minha querida amiga, que Deus lhe conceda toda felicidade e saúde.

    Beijos

    ResponderEliminar
  22. Mariazita

    Conheci pessoamente, Maria Ondina Braga, via-a bastantes vezes. Morava em Benfica, o seu cabeleiro era, no meu prédio, aí estabeleceu amizade com a minha mulher a quem ofereceu um dos seu livro que li com gosto.
    O trexo é óptimo, com aquele sabor oriental, que ela lhe soube imprimir.
    Pena a escritora não estar a ser mais divulgada. Tu fizeste-e e por isso parabéns.
    Desejo-te dentro dos possíveis um bom Natal.
    Beijos

    ResponderEliminar
  23. Adorei este conto, Mariazita e também me pergunto tantas vezes o por quê de se fazer tanta questão de que Maria seja virgem se a mesma religião que o afirma só considera válido um casamento se for consumado e não admite também que se previna a gravidez por meios não naturais. Para se ter filhos não se pode ser virgem e a fecundidade é o motivo principal de um casamento católico. Bem...mas isso são outros problemas que não vem ao caso, Adorei o conto tão ternurento que me recordou o meu tempo de estudante em colégio de freira. Vim cá para te deixar os meus votos de um excelente Natal e que o ano novo permita que continuemos esta amizade que começou por acaso, mas que não é por acaso que permanece. Adorei a sua visita ao começar de novo e o lindo comentário que deixou. Ghandi é um lider que muito aprecio e a mensagem é fantástica. Fica bem, amiga e que os teus dias sejam plenos de paz, saúde e muita amizade, não só agora, mas sempre. Um beijinho muito especial
    Emília

    ResponderEliminar
  24. História linda, como nos vais habituando.
    Um ótimo Natal, e que os dias do Novo Ano sejam uma sequência de desejos realizados e repletos de paz e felicidade! Feliz ano 2012, 2013...
    Beijinho

    ResponderEliminar
  25. Não conseguiria escrever uma mensagem para cada um, mas querendo que receba meu carinho e gratidão por mais esse ano de amizade e convivência deixo aqui meus desejos


    Quisera
    neste Natal
    armar uma
    árvore dentro do
    meu coração e nela
    pendurar, em vez de
    presentes, os nomes de
    todos os meus
    amigos. Os amigos de longe e
    os de perto. Os antigos e os mais
    recentes. Os que vejo a cada dia e os
    que raramente encontro. Os sempre lembrados
    e os que as vezes
    ficam esquecidos. Os
    constantes e os intermitentes.
    Os das horas difíceis e os das horas
    alegres. Os que sem querer magoei ou,
    sem querer me magoaram. Aqueles a quem
    conheço profundamente e aqueles que me são
    conhecidos apenas pelas aparências. Os que pouco
    me devem e aqueles
    a quem muito devo. Meus
    amigos humildes e meus amigos
    importantes. Os nomes de todos os
    que já passaram pela minha vida. Uma
    árvore de raízes muito profundas, para que
    seus nomes nunca mais sejam arrancados do
    meu coração. De ramos muito extensos, para que
    novos nomes, vindos de todas as partes, venham juntar-se
    aos existentes. De sombra
    muito agradável, para que nossa
    amizade seja um momento de repouso,
    nas lutas da vida. Que o natal esteja vivo em cada dia
    do ano novo que se inicia, para que as luzes e cores da vida
    estejam presentes em toda a nossa existência e concretizem, com
    a ajuda de Deus, todos os nossos desejos. Feliz Natal!
    Feliz Natal!
    Feliz Natal!
    Feliz Natal! Feliz Natal!


    QUE A HARMONIA, O SENTIMENTO DE SOLIDARIEDADE E COMPAIXAO, O RESPEITO E AS ALEGRIAS DESSA ÉPOCA DO ANO SE SOLIDIFIQUEM NO MAIS PURO AMOR, ENCHENDO DE LUZ TODOS OS CORAÇOES...
    E QUE ESSA LUZ ALCANCE TUDO E TODOS... MUITA PAZ!
    Com amor
    Regina

    ResponderEliminar
  26. Amiga, desejo para si um NATAL e um ANO NOVO repletos de PAZ, AMOR e muita SAÚDE!!!
    Imenso abraço e meu carinho, sempre!!!

    ResponderEliminar
  27. Feliz NATAL

    e... deixo com um beijinho

    Hoje...
    Caminhei pela rua...

    Vi luzes...
    Vi fantasia...
    Vi muitos embrulhos...

    E pensei...

    É Natal...

    Segui e continuei...
    A ver luzes...
    A ver fantasia...
    A ver presentes...

    Mas...

    Não vi Natal...
    Não vi Jesus...
    Não vi Maria...
    Não vi José...

    Não vi o principal...
    Senti o esquecimento...

    Da união...
    Da família...
    Do Amor...

    E continuei a caminhar...

    E vi bolos...
    E vi iguarias...
    E vi beleza...

    E gostei de sentir...
    O cherinho de Natal...

    Mas...
    Continuei a caminhar...
    E a pensar...

    Natal,
    Será de todos?

    E vi logo que não...
    Milhares de crianças...
    Milhares de homens...

    Nesta vida...
    Nunca saberão...

    O que é ser Natal...


    LILI LARANJO

    ResponderEliminar
  28. Minha querida

    Como sempre histórias de encantar...adorei esta também.
    Deixo um beijinho com votos de um Natal cheio de amor e paz.

    Sonhadora

    ResponderEliminar
  29. Mariazita, que vc tenha um santo Natal e que o ano novo traga muita paz, muita alegria, a vc e a todos os seus.
    Com carinho
    da
    Fátima

    ResponderEliminar
  30. Mariazitaaaaaaaa!

    O verdadeiro espírito do Natal habita no seu coração, contudo há um dia nomeado e dedicado as nossas reflexões e que este dia de Natal em 2011 seja muito feliz para você e toda a sua família e que esta felicidade acompanhada de bênçãos seja sua constante companheira de todos os dias de 2012.

    Amo ocê pradaná!


    Beijos com carinho e grande abraço!


    Vou + volto! hahahhahaha

    ResponderEliminar
  31. Mariazita,
    Feliz Natal e excelente ano novo, para ti e tua família!
    Tudo de melhor na vida de vocês, muita paz, amor e saúde, é o que desejo, sinceramente!
    Muito obrigada pela visita.

    ResponderEliminar
  32. Mas que lindo conto! É realmente um conto de encantar! Obrigada pela visita ao meu blog e pelo seu comentário . Gostei principalmente desta frase de Gandhi:
    "E, quando tudo mais faltasse, um segredo:
    "O de buscar no interior de si mesmo a resposta e a força para encontrar a saída."

    Um feliz Natal com muita Paz e Amor.

    ResponderEliminar
  33. Estamos a poucos dias do Natal esse dia especial que vemos passar por nós
    incansavelmente ao longo de toda a vida.
    vamos abrir as portas dar ao Menino Deus as boas vindas ao aniversáriante.
    Um Feliz Natal ..Paz Amor E Luz De Jesus.
    Obrigada por estar presente na minha vida no decorrer desse ano que breve chegara ao final.
    Deus permita que nossa amizade seja iluminada pelo menino Jesus.
    Um dia lindo.
    Um Natal De Felicidade Para Você Familia E Amigos.
    Beijos ternos e carinhosos.
    Evanir.
    Tem um presente de Natal no blog se gostar esta a seu dispor.

    ResponderEliminar
  34. Uma bela estória, sem dúvidas!
    Desejo a você uma felicíssimo Natal e próspero Ano Novo, cheio de paz, harmonia e esperanças!
    Que no próximo ano possamos contar com sua angelical presença e seus textos maravilhosos que, nos fazem refletir sobre as coisas da vida!
    Boa Festas juntos aos seus e até o próximo ano cheio de amor e novidades!

    ResponderEliminar
  35. Querida Mariazita ,

    na verdade a china , por momentos , esteve aqui , tal a qualidade do conto .

    Entretanto , muito agradeço os seus votos de Bom Natal , desejando , com muito carinho , o mesmo .

    Beijos ,
    Maria

    ResponderEliminar
  36. Olá, Mariazita!

    De passagem, renovando os votos de BOAS FESTAS e FELIZ NATAL!

    E obrigado pela visita.
    Beijinhos!
    Vitor

    ResponderEliminar
  37. Olá Mariazita,
    Deliciei-me com o conto.

    Agradeço e retribuo os votos, desejando-lhe um Natal repleto de bençãos, com muita paz e amor.

    QUE O NATAL VENHA PARA NOS FAZER SORRIR, PROSPERAR, PARA FAZER-NOS SONHAR E VIVER NUMA NOVA SOCIEDADE COM JUSTIÇA, PAZ E FRATERNIDADE.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  38. Querida Mariazita

    Um conto maravilhoso de uma autora que não conhecia.Obrigada.

    Desejo-lhe um Bom e Santo Natal e votos de muito sucesso no Ano vindouro e pela vida fora, ao lado dos seus.

    Obrigada pela visita e pelas suas lindas palavras.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
  39. Mariazita
    venho desejar-lhe um feliz natal. estarei ausente da blogosferanos próximos tempos mas não quis deixar de vir dar-lhe um abraço.
    bjs
    Célia

    ResponderEliminar
  40. Bom dia minha linda e encantadora criatura que tive a honra de conhecer neste ano de 2011.Ano de grandes realizações no campo das amizades,e vc foi uma delas ,que está tatuada no meu coração...
    Tão fina e elegante que transborda nas visitas que fazes aos teus seguidores...amo seu jeitinho guando vais me visitar.Levas e deixas sempre teu carinho comigo.Hoje sou eu que vim deixar o meu carinho para que vc possa ter um Natal abençoado!
    Estou por aqui,sempre pertinho para um aconchego,kkkkkkkkkkk
    Deixo prá ti neste Natal meu melhor sorriso,rsrsrsrsrsrs
    Bjssssssssssssss

    ResponderEliminar
  41. Querida amiga,
    É Natal...
    Um momento doce e cheio de significado para toda a nossa vida...
    É tempo de repensar valores,de ponderar sobre a vida, e tudo que nos cerca.
    É o momento de deixar nascer essa criança pura, inocente e cheia de esperanças que mora dentro do nosso coração para termos um mundo com muito mais Amor e Paz!!!
    Desejo a você e toda a sua família um Natal abençoado e cheio de alegria.
    FELIZ NATAL!!!!!

    Beijocas de luz e paz...

    ResponderEliminar
  42. Amiga,
    Um Natal cheio de paz
    e que venha 2012 com dias melhores para todos.
    Beijinhos.
    Brasil

    …………()
    …………( )
    ………|░░░|
    ………|░░░|
    ………|░░░|
    ………|░░░|
    °º♫✿ ♪FELIZ
    °º✿ NATAL!!!
    º° ✿♥ ♫° ·.

    ResponderEliminar
  43. Olá, querida
    Um santo e abençoado Natal junto aos seus queridos!!!
    Que o Menino Deus esteja em seu coração plenificando-o de ternura!!!
    Bjm natalino

    ResponderEliminar
  44. Mariazita, um conto lindo! Eu não conhecia a autora. Agradeço a partilha.

    Querida amiga, desejo-lhe um Feliz Natal e um 2012 com muita saúde, muito amor e paz no coração.

    Começando a receber os parentes que vêm passar o Natal aqui em casa, e só voltarei à blogosfera a partir do segundo domingo de janeiro.

    Bjs, abraço apertado. Inté, querida!

    ResponderEliminar
  45. Passei para desejar um Santo Natal e um ano 2012, tão feliz quanto possível. Sobretudo com muita saúde e muito Amor, que ambos vão ser preciosos nos tempos que se avizinham. Tudo de bom para si.
    Muito obrigada pela partilha deste conto que não conhecia. E do qual muito gostei.
    Um abraço e FESTAS FELIZES

    ResponderEliminar
  46. MARAVILHOSO! Não tenho outro adjetivo. Você sabe selecionar o que há de melhor, ainda mais nessa época encantadora.

    Obrigada, amiga, por todas as trocas no decorrer desse ano que se finda.

    Desejo-lhe um Santo Natal, agora aqui, "pessoalmente". Que o Ano Novo seja pleno de realizações felizes.

    Beijinhos,
    da Lúcia

    ResponderEliminar
  47. Que os sonhos, hoje apenas sonhos, num breve futuro se transformem em realidade. Que o Manto Sagrado os cubra e os proteja, com saúde e felicidade. Feliz Natale Feliz Ano Novo para ti querida!!!
    Abraços carinhosos!!!

    ResponderEliminar
  48. Olá, Mariazita

    Hoje vim somente pra te agradecer!

    Obrigada por sua companhia nesse ano que passou. Sem sua presença eu não poderia ter alcançado ontem, a marca de 100.000 acessos no Amadeirado, em apenas 1 ano e meio de existência, possíveis graças a você que complementa e enriquece com seus preciosos comentários os posts que publico!

    Natal é a presença de Jesus em nossos corações, não só representa a fé, mas a vida, o nascimento do Filho de Deus. Que o espírito de Natal esteja sempre presente em nosso dia a dia.

    Focar no melhor! São os meus votos para este Novo Ano!

    Usarmos nossa sabedoria para escaparmos da arrogância do mundo, que diz como devemos ser; dos apelos para coisas, status e informações que nunca nos farão falta. Em silêncio descobrimos que já somos fortes o suficiente para sermos vitoriosos e que já temos a direção correta, dentro de nós para a saúde perfeita.E nada é necessário para encontrarmos Deus, porque Ele nunca esteve perdido... Ele mora dentro de nós.

    Um lindo 2012! Que cada minuto dele seja desfrutado como um milagre, como são todas as coisas simples!

    Do meu coração, com muito carinho!

    ResponderEliminar
  49. Mariazita, boa noite!
    Linda história com que nos brinda nesta quadra.

    Deixo um beijinho e o desejo de que a saúde já impere no seu lar.

    Feliz Natal!
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  50. Mariazita queriiiida!
    O Natal está bem próximo...
    "Papai Noel, neste Natal eu desejo que a "Paz e a Harmonia" encontre moradia em todos os corações.

    Que a Esperança seja um sentimento constante em cada ser que habita este planeta.

    Desejo que o Amor e a Amizade prevaleçam acima de todas as coisas materiais.

    Que as Tristezas ou Mágoas, sejam banidas dos corações,
    dando lugar apenas ao Carinho.

    Que a "Dor do Amor", encontre o remédio em outro Amor.

    Que a "Dor Física", seja amenizada e que Deus esteja ao lado de todos, dando muita força, fé e resignação.

    Que a Solidão seja extinta, e no seu lugar se instale
    a Amizade Verdadeira, e o Companheirismo.

    Que as pessoas procurem olhar mais a sua "volta", e não tanto para "si" mesmas.

    Que a Humildade e o Respeito residam na Alma e no Coração de todos. "Que saibamos Amar e Respeitar o Próximo como a nós mesmos".

    Desejo também que meu pedido se realize não só neste Natal,
    mas em todos os dias de nossas vidas!"
    (Desconheço a Autoria)

    Um lindo Natal para você!
    Feliz 2012!!!

    ResponderEliminar
  51. Um conto tão bem contado!
    Para si, e os seus, votos de Boas Festas e Feliz Natal!

    Bjs dos Alpes

    ResponderEliminar
  52. Como sempre minha amiga histórias lindas que tocam o nosso coração. Hoje venho especialmente desejar um Natal muito Feliz. O Natal é um tempo de amor e amizade, de perdão e benevolência, de generosidade e carinho, de alegria e união. Que a magia e luz do Natal, consigam prevalecer no coração dos homens ao longo de todos os dias do ano, para que seja sempre NATAL.
    Boas Festas e um Novo Ano pleno de momentos felizes.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  53. Olá Mariazita!
    Obrigada pelo gentil comentário deixado em meu blogue Lusofonia Poética!
    Agradeço e retribuo com carinho os votos de um Feliz e Santo Natal.
    Eu gostei do que encontrei por aqui e passarei a seguí-la.
    Beijo,
    Mara

    ResponderEliminar
  54. Amiga Maraizita!

    Voltei para te deixar este presente lindo.

    Boas Festas.
    Beijinho

    "Sou uma árvore de Natal diferente

    Um dia senti,
    Que a terra ardia.
    Pensei, ser eu
    Que estava febril,
    Delirante,
    Ou tinha mesmo acordado
    Atordoada,
    De uma noite mal dormida.
    O tempo era de Verão,
    O vento que soprava
    E a gente que passava.
    Grande era o alarido
    Que num instante
    Virou clamor e fundiu o espanto
    Em pranto de dor.
    Não estava febril, afinal,
    Nem mesmo mal acordada.
    Tudo ardia em meu redor
    Ao som de gemidos e estalidos
    Em tom de sinfonia gritada,
    E logo em cinzas eu via
    A minha terra,
    A minha gente,
    O meu adro
    E o meu terreiro…
    Holocausto em nome de nada.
    A dor foi passando
    Como a água do ribeiro
    Ao encontro da outra margem.
    Do meu chão,
    Erva verde, frágil e mansa
    Foi crescendo,
    Relembrando a cada instante
    A minha solidão,
    A negrura,
    Que em tom de amargura
    Se havia instalado
    Em todo o canto de mim.
    Sem ramos, nem folhas,
    Sem filhos, nem amigos
    Desistia da vida,
    Mesmo,
    Que o vento me açoitasse
    E as lágrimas teimassem
    Em saltar porta fora.
    O tempo foi passando
    Estirada naquele chão,
    Espreitava o dia acontecer,
    No desejo de me arrastar
    Para além do mar.

    Um dia,
    Um outro dia…
    O chão estremeceu.
    Do céu, uma fresta de luz
    Incandesceu,
    E não sei mesmo
    O que me aconteceu.
    Senti mãos,
    Escutei vozes,
    E fiz viagem até esta paragem.
    E aqui estou eu!
    Nesta sala iluminada,
    Neste sítio ajeitado no abraço,
    Neste canto todo feito de ternura.
    Continuo feia e queimada,
    Ressequida e enquistada,
    Não mo lembrem, …sei bem.
    Mesmo sem ramos, nem folhas,
    Mesmo tendo perdido o vigor
    E a robustez doutros tempos,
    Neste espaço tão mimado
    E com laços brancos enfeitada,
    Sinto-me noiva, amante
    Deste tempo de Natal.
    Saibam de mim!
    Escutem a voz do meu coração,
    Olhem bem em meu redor…
    E mesmo que a noite seja fria
    Não há maior alegria
    Do que aquela
    Que a minha alma canta.
    De braços queimados,
    E toda vestida de branco,
    Oh gente de Campos,
    Oh gente desta terra
    Bem-haja!
    Obrigada.

    Natal de 2011
    Poema de Maria José Areal"

    ResponderEliminar
  55. Minha querida Mariazita,

    Linda história...parecia-me voltar aos tempos da infância,quando me encantavam histórias de países distantes,contadas docemente por minha vózinha...todas as noites.

    Um Natal muito feliz e abençoado pelo Menino Jesus e que o Ano Novo te traga o brilho das estrelas,a luminosidade da lua e a Paz dos entardeceres.

    Bjssssssss amiga,
    Leninha

    ResponderEliminar
  56. Querida Maninha do coração,

    Venho desejar-te um feliz Natal junto da tua familia e um 2012 repleto de alegrias.
    Já cá tenho o netinho e este ano somos muiiiiitos....
    Talvez o 2012 me traga mais tempo
    para voltar e ler-te.....já tenho saudades.
    Beijinhos para todos.

    O meu abraço cheio de carinho e luz

    canduxa

    ResponderEliminar
  57. Olá Mariazita!
    Venho desejar-lhe um feliz Natal e que o novo ano lhe proporcione tudo o que desejar.
    BOAS-FESTAS
    Bjo. (de respeito e admiração)

    ResponderEliminar
  58. Desejo-te um Santo e Feliz Natal rodeada daqueles que mais amas. Que o amor, a saúde, a amizade sejam uma constante desse dia e de todos os que se lhe seguirem.

    Feliz Ano Novo!

    Beijinhos

    Bem-hajas!

    ResponderEliminar
  59. O Natal é o calor que volta ao coração das pessoas,
    a generosidade de compartilhá-la com outros e a esperança de seguir adiante.
    Que a paz e a compreensão reinem em nossos corações neste Natal
    Com todo carinho te deixando meus votos de Um Feliz Natal para você familia e amigos.
    Beijos no coração .

    ResponderEliminar
  60. Olá Mariazita,

    Mais um lindo conto! A tempos não passeava por aqui, o tempo me anda escasso...vim aqui também para agradecer as suas visitas a meu blog com seus comentarios carinhosos e... DESEJAR A VOCÊ BOAS FESTAS E UM NOVO ANO DE MUITAS ALEGRIAS!!!

    beijinhos muita paz e amor...

    ResponderEliminar
  61. Ó, nem de propósito, o Natal será mesmo na loja do chinês, este ano, para a ano, nem aí haverá dinheiro para entrar.

    BOM NATAL

    ResponderEliminar
  62. Olá!

    Só passei para deixar um abraço e para lhe desejar um Feliz Natal na companhia de quem a Mariazita mais ama.
    Estes são também os votos dos meus amigos do Farol, Tétis e Poseidón)

    ResponderEliminar
  63. Mariazitaaaaaaaaaaaaaa


    Feliz Natal!!! Beijos com carinho e abraço de gratidão amiga querida.

    ResponderEliminar
  64. "E que a nossa historia seja tão bela e tão bem escrita como essa, pois se passarmos algo de bom e verdadeiro para nossas crianças, se tornarão, futuros cidadãos de bem, sensiveis e amorosos com o proximo...Lutemos para que o AMOR sobreviva a tudo, que renasça no dia de hoje, até nos corações mais duros, sofridos!"
    Feliz Natal e Prospero Ano Novo, repleto de Paz, Saúde e Amor!
    Obrigada pelo carinho, pela amizade...Rosa Azul

    ResponderEliminar
  65. "E que a nossa historia seja tão bela e tão bem escrita como essa, pois se passarmos algo de bom e verdadeiro para nossas crianças, se tornarão, futuros cidadãos de bem, sensiveis e amorosos com o proximo...Lutemos para que o AMOR sobreviva a tudo, que renasça no dia de hoje, até nos corações mais duros, sofridos!"
    Feliz Natal e Prospero Ano Novo, repleto de Paz, Saúde e Amor!
    Obrigada pelo carinho, pela amizade...Rosa Azul

    ResponderEliminar
  66. Minha querida amiga vim agradecer a sua gentil mensagem de parabéns, todo o seu carinho e a sua Amizade.
    Feliz Natal e um Bom Ano Ano.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  67. ♫♫♫ Feliz Natal!!!


    …………(¯`O´¯)
    …………*./ | \ .*
    …………..*♫*.
    ………, • '*♥* ' • ,
    ……. '*• ♫♫♫•*'
    ….. ' *, • '♫ ' • ,* '
    ….' * • ♫*♥*♫• * '
    … * , • Feliz' • , * '
    …* ' •♫♫*♥*♫♫ • ' * '
    ' ' • . Navidad . • ' ' '
    ' ' • ♫♫♫*♥*♫♫♫• * ' '
    …………..x♥x
    …………….♥
    Que o Natal não seja apenas uma data, mas um estado de espírito a nos orientar a vida.

    FELIZ NATAL!!!
    Beijinhos.
    Brasil

    ResponderEliminar
  68. Sempre que duas pessoas se perdoam mutuamente, É Natal. Sempre que você mostra compreenção para com seus filhos, É Natal. Sempre que você ajuda a alguem, É Natal. Sempre que alguém se decide a viver honestamente, É Natal. Sempre que nasce uma criança, É Natal. Sempre que você experimentar dar a tua vida um novo sentido, É Natal. Sempre que você se olha com os olhos do "coração", com um sorriso nos lábios É Natal, pois nasceu o Amor, pois nasceu a Paz, pois nasceu a Justiça pois nasceu a Esperança, pois nasceu a Alegria, Pois nasceu Cristo, Nosso Senhor!

    Feliz Natal Mariazita.

    beijooo.

    ResponderEliminar
  69. Amiga Mariazita, votos de um Santo Natal para si e todos os seus e de um magnifico 2012 com muita saúde e paz... E permita-me ainda um desejo um pouco egoísta, que 2012 seja o ano em que teremos uma nova obra literária sua...
    Um beijinho com sincera amizade!

    ResponderEliminar
  70. Olá

    Amizade é um privilégio, um dom, uma graça recebida. Merece nosso respeito e nossa consideração, pois se assim não for , nada poderá representar, ainda que nem todos compreendam isso, infelizmente.
    Embora 2011 não tenha sido fácil para mim, também devo admitir que, justamente por isso, revelou-se um ano de grandes descobertas, quando criaturas maravilhosas surgiram nesta telinha mágica, enriquecendo-me com seu precioso apoio e atenção.

    Que Deus retribua cada sorriso que plantamos no coração do próximo, pois há várias maneiras de amar e de compartilhar momentos, quando estamos alegres ou quando está difícil conseguir sorrir.
    Agradeço cada palavra dedicada a mim, inestimável ajuda para me fazer chegar até aqui.
    Deixo meu carinho.
    - Feliz 2012!

    Fátima Guerra.

    ResponderEliminar
  71. Querida amiga,
    Ter asas é viver intensamente as coisas simples e belas do dia a dia.
    Ter asas é ficar em silêncio e ouvir dentro da gente, o Deus que habita cada coração.
    É isso que lhe desejo para o Ano Novo que está chegando...
    Que você tenha asas como as águias.
    Que a lua e as estrelas emprestem um pouco do seu brilho, para iluminar o Novo Ano,
    e que Deus nos dê "Asas de Águia" para voarmos bem alto na construção de um mundo melhor.
    Tenha um Feliz e abençoado Ano Novo ao lado daqueles que você mais ama. Beijocas.
    Marilú

    ResponderEliminar
  72. ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨°º
    ¨¨¨¨¨¨¨¨° ·.°ºº
    ¨¨¨¨¨¨¨¨000000000
    ¨¨¨¨¨¨¨0000oo00o0
    ¨¨¨¨¨¨0o00o0o00o0
    ¨¨¨¨¨¨0o0o00o00o0
    ¨¨¨¨¨¨0o0o00o0o0
    ¨¨¨¨¨¨¨00000000
    ¨¨¨¨¨¨¨¨000000.☆¸.¤ª“˜¨
    ¨¨¨¨¨¨¨¨¨00/¸.¤ª“˜¨˜“¨
    ¨¨¨¨¨¨¨00¸.¤ª“˜¨¨˜“¨
    ¨¨¨¨¨¨00¤ª“˜¨¨ª“˜¨
    ¨¨¨000000¸.•°`
    ¸.•°`♥✿⊱╮FELIZ 2012!!!

    ResponderEliminar
  73. Mariazita

    Como amiga que és passa aqui: em primeiro lugar deseja o melhor para ti e para os teus; segundo venho a mando do rapaz OLAVO, QUE apreciaria a tua visita, no seu novo capitulo, so TOP SECRET.
    Beijos

    ResponderEliminar
  74. Linda do meu coração!Hoje venho agradecer a sua presença no meu blog que fez irradiar os comentários de calor humano...sentido pela alma que transporta amor e carinho sempre.Te quero em 2012 com o mesmo sabor que me dedicastes esse ano,para que eu possa continuar a sorrir...
    Bjsssssssssssssssssss

    ResponderEliminar
  75. Mariazita, no corre corre do dia a dia eu não podia deixar de passar aqui para desejar-lhe um 2012 próspero com muita saúde e paz.

    São esses os meus mais sinceros votos.

    Bjs

    ResponderEliminar
  76. Querida Mariazita:
    Voltei para saber se está tudo bem contigo e se continuas a escrever o teu tão esperado livro de memórias de África.
    Desejo-te o melhor.
    Bom ano.
    Um abraço do tamanho de África.

    ResponderEliminar
  77. Oi flor tudo bem com você? espero que sim... vim visitar seu cantinho de novo pois acho um mimo aqui! muito lindo oque escreve parabéns.... bjoss linda e boa noite espero que tenhas melhorado bem... bjossss

    ResponderEliminar
  78. Que conto lindo, amiga! Gostei demais!!

    Estou de volta, após um mês afastada da blogosfera.
    Espero que você esteja bem, e que seu livro esteja indo "de vento em popa"...rs

    Te desejo um lindo e feliz final de semana.

    Abraço fraterno,

    Cid@

    ResponderEliminar
  79. Minha querida Mariazita,

    Retornando estou de minhas férias e com saudades de ti,amiga!!!
    Espero que estejas bem e saibas que a distãncia não me impediu de lembrar-me de ti.

    Muito carinho e bjssssss,
    Leninha

    ResponderEliminar
  80. Sempre sinto vontade de dizer o quanto é importante contar
    com minhas lindas amizades. Hoje você já faz parte da minha vida,
    agradeço a Deus por ter encontrado e
    descoberto com todos a verdadeira amizade.
    O modo que todos amigos e (as)chegaram
    em minha vida foi
    num momento em que mais precisava.
    Foi então que senti em cada um uma irmã e um irmão
    me sinto forte com o carinho de cada um de vocês.
    Deus abençoe você sempre.
    Uma linda tarde beijos.
    Com carinho..Evanir..

    ResponderEliminar
  81. Mariazita ,

    venho deixar um beijinho , fazendo votos que tudo esteja a correr bem .

    Maria

    ResponderEliminar
  82. OI AMIGA É COM PRAZER QUE VOU TE SEGUIR TAMBEM, ENQUANTO AO SELINHO É EU QUE TENHO QUE AGRADECER UM ABRAÇ FRATERNO CELINA.

    ResponderEliminar

A SI, QUE VEIO VISITAR-ME, UM GRANDE
BEM HAJA!

BEIJINHOS
MARIAZITA