sexta-feira, 1 de junho de 2018

NA NOITE ESCURA

NA NOITE ESCURA




NA NOITE ESCURA

Noite escura, hora misteriosa,
No tempo impreciso,
Entre este mundo e o dos espíritos,
Desvanece-se o véu,
E chega, por fim,
O visitante tão esperado.

Entra sem ruído,
E assim permanece,
Calado, em adoração.
E no meio do silêncio ensurdecedor
Ouço a sua voz murmurar baixinho:
Amo-te!

Fito-o, em silêncio,
Como se o visse pela primeira vez.
De súbito,
Numa atracção descontrolada,
Abraçamo-nos,
Como se fosse a última vez.
Sem uma só palavra,
Olhamo-nos, em êxtase,
Temendo que não haja uma próxima vez.

Depois da sua partida
O ar continua
Imbuído da sua presença.
Por companhia tenho apenas o luar.
Acordo, deixo de ouvir o silêncio,
E a sua voz esvai-se na distância,
Lembrando o choro repentino da saudade,
Que em meu peito fez lugar.

Mariazita
Maio, 2018

PRÓXIMA POSTAGEM DE HOMENAGEM - DIA 6/6

35 comentários:

Lucia Silva disse...

Um poema sensível, pleno de poesia, romantismo e muito muito amor, amei!
Beijos no coração!

Pedro Coimbra disse...

Um poema muito belo que, pelo que percebo, comemora uma data muito especial.
Bjs, bfds

Daniel Costa disse...

Querida Mariazita
Que maravilha de poema, que sensibilidade!... Seja de que modo se faça a sua leitura, só poderá haver esta reacção: uma pérola de poesia!...
Beijos de amizade

Mary - Strawberrycandy disse...

Um poema lindo!
Beijinhos,
Espero por ti em:
strawberrycandymoreira.blogspot.pt
http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

Rejane Tazza disse...

Sensibilidade e beleza juntas na tua poesia! Adorei! Lindo fds! beijos, chica

BETONICOU disse...

Oi Mariazita! Bem pela manhã, com cafe´e boa leitura. Poema soberbo! Sensibilidade que nos deixa à flor da pele! Lindo dia pra você. Beijos.

Lúcia disse...

"Noite Escura", para tornar ainda mais romântico, tão breve e adorável encontro!O imaginário, não tem limites em sonhos tão poéticos!Vez ou outra, sonhos assim se "realizam"...em mim..mas silencio!...!Um beijo, minha amiga poeta,plena de sensibilidade!A gente se encontra!

Bell disse...

Saudade é eterna....

bjokas =)

Elvira Carvalho disse...

Um poema maravilhoso. Quando o amor é tão intenso, a saudade o faz presente.

Abraço e bom fim de semana

Portugalredecouvertes disse...


Que bonito poema Mariazita de um encontro que deixa uma imensa saudade !
que injusto que exista a partida :)
beijinho, bom fim de semana que se aproxima !
Angela

Olinda Melo disse...


Querida Mariazita

Até onde nos levaria esse sonho?
Tanto poderá ser o desejo expresso
enquanto dormia, como a vontade de
entrever o ser amado ainda que num
momento fugaz. É isso que a saudade
faz em nós, um mar de vontades e
desejos que, muitas vezes, poderá
traduzir-se numa grande impotência.

Como superar isso?
Minha querida, fico a aguardar a
"Homenagem" que levantará um pouco
o véu que ainda envolve o poema.

Beijinhos

Olinda

Majo Dutra disse...

Um poema tocante, amoroso, expressivo, sensual e muito belo...
com uma idealização perfeita.
Parabéns, estimada Amiga.
Abraço carinhoso.
~~~~

Evanir disse...

Amiga Mariazita.
È um imenso prazer estar aqui vendo e lendo
seu magnifico poema.
Nossa amizade vem de longe fico muito
feliz quando recebo seu email...
È com alegria que venho o mais rápido possível
obrigada pelo carinho.
Um abençoado final de semana.
Beijos sua amiga sempre.
Evanir.

Minhas Pinturas disse...

Lindo e emocionante o seu poema que fala de uma saudade eterna.
Beijinhos e bom final de semana.

Mari-Pi-R disse...

Me ha gustado especialmente la última parte, feliz fin de semana.

Larissa Santos disse...

Que esmero de poema. Adorei demais :))

Hoje:- Sou o bago adocicado que tu beijas.

Bjos
Votos de um óptimo Sábado.

Emília Pinto disse...

Aqui está um belo poema de amor pleno de saudade uma saudade que chega sempre muito mais doída na noite escura e silenciosa. Se alguém um dia disse que " saudade é o amor que fica " aqui estão as tuas palavras que reflectem isso na perfeição. Um amor vivido que permanecerá eterno na saudade. Mariazita, será sempre assim, querida amiga, muita, muita saudade de alguém que preencheu os teus dias e que agora está presente num cantinho especial do teu coração. Um beijinho, querida amiga, e votos de que estejam todos bem aí em casa, apesar da saudade na " noite escura "
Emilia

Diná Fernandes O.Souza disse...

Bom dia Mariazita.

Versos notálgicos de grande sensibilidade,saudade que traz para suas noites memórias de quem lhe foi muito especial. O silêncio da noite é ótimo compaheiro para compor.
Mariazita duplo agradeciemnto; pelo meu dia e por apreciar meus versos. Valew a lembrança querida, não há de que se desculpar, qq hora um carinho é bem vindo!
Feliz final semana.

Bjs e um bom final semana!

Manuel disse...

Minha querida amiga
O teu poema é PERTURBADOR.
Para além da enorme beleza que encerra, há nele um tão grande misticismo que fascina e ao mesmo tempo... perturba.
A saudade está aí latente. A tal que nunca morre, especialmente se o amor vivido foi tão grande como o teu.

Deixo-te com um enorme beijo.
Teu,
Manuel

Tais Luso disse...

Querida amiga, noto nesse belo poema uma amor enorme e uma saudade infinita!
Sensível, amoroso, terno. As grandes almas é que são capazes de externar tanta sensibilidade.
Grande beijo, meu carinho, querida.

Ana Tapadas disse...

De grande sensibilidade, embora deixe antever uma nesga de solidão.
Beijinho

Beatriz Bragança disse...

Querida Mariazita
Quando muito amámos e perdemos o nosso Amor, vem uma tal saudade, que, por vezes,mesmo que seja em sonhos, temos o privilégio de viver um belo momento!
Sublime poema, muito bem dito! Gostei muito de o ouvir.
Um domingo muito feliz.
Muitos beijinhos
Beatriz

AMBAR disse...

Hola Maríazita.
Ese sentimiento de saber cercano el desenlance de una pérdida, es triste, el corazón lo siente antes de que suceda y el alma siente el frío de la ausencia antes de que llegue.
Gracias por estas profundas letras.
Un abrazo.
Ambar

Ana Freire disse...

Uma linda e sentida homenagem... a um amor... sempre presente... que se traz no peito e na saudade...
Adorei cada palavra, Mariazita!
Deixo um beijinho, e os meus votos de um óptimo domingo!
Ana

Amélia disse...

Maravilhosa homenagem a uma pessoa muito especial. Adorei ler.
A Mariazita presenteia nos sempre com excelentes postagens.
Beijinhos, uma óptima semana.

Maria Rodrigues disse...

Um amor profundo e belo que irá prevalecer até ao final dos tempos.
Maravilhoso poema.
Beijinhos
Maria
Divagar Sobre Tudo um Pouco

Gracita disse...

A saudade de um grande amor povoa os sonhos para amenizar a dor que corroi o coração
Um poema pleno de amor em versos esculpidos com emoção. Belíssimo, querida amiga
Beijos e uma semana de paz e luz

Graça Pires disse...

Um poema de amor e saudade, muito bem dito por si. Gostei imenso.
Uma boa semana.
Um beijo.

Carla Ceres disse...

Que lindo, Mariazita! Gostei muito da atmosfera docemente fantástica. A interpretação ficou perfeita, comovente. Foi tão fácil entender que até parei de acompanhar pelo texto. Da próxima vez, vou ignorar o escrito desde o começo. Vai ter uma próxima vez, né? Espero que sim. Beijinhos!

Fá menor disse...

Há sempre saudades que nos marcam.

Beijinhos.

Berço do Mundo disse...

Que lindo momento, tão sentido, tão terno que termino a leitura com lágrimas nos olhos, de empatia por essa saudade imensa, que consigo apenas imaginar.
Beijinho querida.
Ruthia

Kasioles disse...

He escuchado tu voz en el vídeo al mismo tiempo que iba leyendo tu precioso poema.
Entiendo perfectamente esos sentimientos, son tan reales y vivos, que mismo parecen que pudieran ser los míos.
En las noches oscuras y a veces largas, creo o deseo que llegue de nuevo, que llene mi casa y repita mil veces: Te quiero. Amiga mía, en el amor y el cariño, en cantidad de ocasiones nos sobran las palabras, son suficientes una mirada, un abrazo o un beso.
Nuestros sueños son quimeras, pero también es bello poder soñar con aquellos que queremos y añoramos.
Me alegro de que hayas visitado a Ambar, como te he dicho, es para imitarla, nos está dejando un ejemplo de vida, una bonita forma de saber afrontar situaciones muy difíciles sin faltarle una sonrisa y aceptando la voluntad de Dios.
Te dejo cariños en abrazos.
kasioles

Zizi Santos disse...

Mariazita, tão sensível e doce poema que também chego a sentir saudades do meu amado. Ele está aqui. Os que partiram, deixaram as saudades imbuídas nesse poema que é muito bonito !
beijinhos

O Árabe disse...

Verdeiro e lindo, Mariazita! Às vezes, também na noite escura da saudade, uma lembrança vem e nos traz lampejos de amor e alegria... mesmo sabendo que talvez não haja um amanhã! Belo post, boa semana!

Maria Glória disse...

O amor atravessa barreiras, portais, mundos! E a saudades fica mais leve com um abraço, um olhar, o som da voz.
Lindo poema minha querida amiga. A nossa mente aproxima, ela é poderosa, nem imaginamos o quanto e o coração agradece.
Beijocas bela mia!