sábado, 31 de maio de 2014

MOMENTO DE POESIA - Pede-me


PEDE-ME
   
  
Pede-me tudo o que quiseres ter.
Queres a lua?
Num céu profundamente azul
Rodeada de estrelas mil,
 Brilhantes,
A lua será tua, meu amor,
A lua dos amantes

 
Queres o sol?
Envolto em neblina
Para teus olhos proteger,
Sobre um glorioso mar,
De brancas ondas de espuma,
Para o teu corpo dourar
O sol será teu, meu amor.
O sol te vou ofertar
Queres a floresta?
Os rios?
O mar?
O céu azul em festa?
 Um corcel alado montarei
Por entre as nuvens voarei,
Numa bandeja de prata
O céu azul colocarei
E a teus pés o deporei.

Tudo o que quiseres ter
Meu amor
Eu te darei

 Pede-me tudo o que quiseres ter.
Só não me peças para te esquecer.
Mariazita

64 comentários:

  1. Nina minha
    De longe (tão longe!) envio-te um beijo.
    Voltarei com mais tempo para ver e ler em pormenor, e comentar.
    Teu
    Miguel

    ResponderEliminar
  2. Querida amiga

    É esta sem dúvida,
    a benção
    ou a fatalidade do amor:
    - ser inesquecível
    para quem o vive...

    Que por onde passarmos,
    deixemos o desejo do reencontro...

    ResponderEliminar
  3. Esquecer... é o mais dificil quando se ama.
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar

  4. Querida Mariazinha

    Um poema que exprime este belo sentimento que é o Amor em que tudo se dá e por ele se sofre. Um sentimento incondicional capaz dos maiores sacrifícios.

    Parabéns por essa sensibilidade imensa que nos transmites.

    Desejo-te um bom fim de semana.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
  5. É aasim o amor, ofertamos tudo que temos...

    Beijos...

    ResponderEliminar
  6. Um poema carregado de amor.
    Que ninguém se esqueça de amar
    Que ninguém se esconda para não se dar
    Que ninguém se esqueça de se olhar.

    «É dando que se recebe»

    ResponderEliminar
  7. Maravilhosa poesia,Mariazita.Mas esquecer um amor grande assim é dificil! bjs, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  8. Neninha minha,o teu texto -tão sentido - é comovente e tem umas belissimas fotos !


    Minha querida num grande abraço te desejo - e aos teus - um excelente fim de semana

    ResponderEliminar
  9. Bem...adorei o poema...com um final incrível!
    Bj amigo

    ResponderEliminar
  10. Tudo muito lindo, Mariazita.
    E o amor é uma experiência tremenda.

    Bjs.

    ResponderEliminar
  11. Olá, Mariazita!

    Escreveste um belíssimo poema.Muito bem construído verso após verso, em crescendo,para no final e em duas linhas nos dares a tua dimensão dum amor imenso que se não consegue esquecer.Um prazer ler - parabéns!

    Beijinhos amigos e bom fim de semana - com o solzinho à espreita…

    Vitor

    ResponderEliminar
  12. Engraçado que ando a escrever um poema intitulado "Se o meu amor me pedisse"...:-)
    Um poema simples e muito bonito, no qual o que se oferece são elementos da natureza; a floresta, os rios, o mar, o sol e a lua.
    Gostei muito do fim, um pouco triste, mas tantas vezes alguém quer "dar tudo", e o outro não está interessado em receber todo o amor e dedicação. São os grandes desencontros.
    Gostei muito, Mariazita.
    xx

    ResponderEliminar
  13. Minha Querida Manita,

    Lindo o teu poema, tão cheio de amor e saudade.
    Para alegrar os teus dias, ofereço-te um arco-íris e não te livras de mim, porque não te vou esquecer.... nunca!:))))
    Já estou quase a partir para uns dias de descanso...depois ligo-te.
    Mil beijinhos coloridos e cheiiinhos de saudades.

    Canduxa

    ResponderEliminar
  14. O amor é um sentimento de doação. Quem é amado, será sempre lembrado,não importa o tempo passado.
    Beijos e bom domingo.

    ResponderEliminar
  15. El sentimiento impregna tus letras.

    un saludo

    fus

    ResponderEliminar
  16. Um poema de amor muito bem estruturado.
    Gostei muito, é magnífico.
    E as fotos também.
    Tem um bom resto de domingo e uma boa semana.
    Beijo, querida amiga Mariazita.

    ResponderEliminar
  17. Mariazita: lindo de mais, mas desculpa não te posso pdir nada a não ser para escreveres belos poemas.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderEliminar
  18. Boa noite.
    Que esse més seja de profundas alegrias.
    linda poesia
    Beijos

    ResponderEliminar
  19. Encontros e desencontros nesta encruzilhada da vida. Não te posso pedir nada sem primeiro o conquistar.
    Saúde

    ResponderEliminar
  20. Sensível e muito belo seu poema. Oferece-se tudo a quem se ama, verdadeiramente. E enquanto perdura o sentir, impossível se torna o esquecimento. Bjs.

    ResponderEliminar
  21. Todos nós guardamos na lembrança
    um momento bom com um amigo.
    Na memória as lembranças daqueles
    que souberam nos conquistar.
    Não se trocam as amizades, conservam-se os amigos
    para compartilhar as alegrias e possível tristezas .
    Meu carinho e agradecimento .
    uma abençoada semana beijos no coração.
    Carinhosamente..Evanir..
    A vida é de encontro e despedidas!!

    ResponderEliminar
  22. Adoro quando tem poema novo no seu blog, Mariazita. Claro que seus textos em prosa são excelentes, mas os poemas são raros. Quando aparece um, pra mim, é uma festa. Beijos!

    ResponderEliminar
  23. UAU! Lindo, lindo, Mariazita! Você está cada dia melhor, minha amiga poetisa.
    Um grande abraço e até breve.

    ResponderEliminar
  24. Lúdica e bela, Mariazita! Quando amamos, somos realmente capazes e tudo, para satisfazer os desejos do ser amado. Boa semana!

    ResponderEliminar
  25. Que dizer?
    Quem se dá por inteiro só pode escrever belos poemas de amor.
    E sentidos.

    Bjo.

    ResponderEliminar
  26. Hola Mariazita,
    buenas noches,
    me has dejado "sin palabras"

    Es un hermoso poema,
    con la emoción de aquel que "ama" con el corazón y que está dispuesto a todo.

    "Melodioso y armónico"

    Cuando un poema se lee y se disfruta al mismo tiempo, no hay mucho que mas que decir,
    BELLISIMO!

    Te deseo un excelente inicio de semana
    un beso y un cálido abrazo

    ResponderEliminar
  27. Lindo e romantico seu poema! Quando amamos queremos que a pessoa tenha tudo, mas nunca podemos esquece-la! bjs,

    ResponderEliminar
  28. O amor tem o direito de pedir seja o que for e nós, se o tivermos no coração, devemos dá-lo sem reservas.
    Faz muita falta o amor a nós, aos outros e ao mais pequenino ser da natureza. Faz sofrer, o amor, dói muito por vezes e provoca uma saudade difícil de suportar também, mas para compensar, há sempre outros amores à nossa volta que nos animam e nos fazem ver que a vida não tem sentido se o amor se perder. Vale a pena dar tudo por esse belo sentimento, Mariazita e o teu poema é a prova disso; nele há muita ternura, saudade e uma imensa vontade de continuar a amar com a mesma intensidade. Parabéns, amiga e obrigada pela partilha. Um beijinho e fica bem...sempre com muito amor à tua volta.
    Emília

    ResponderEliminar
  29. Oi Mariazita!
    Lindo poema, um amor assim, assumidamente imenso, capaz de tudo, mas nunca de esquecer...
    Adorei!
    Beijos!

    ResponderEliminar
  30. Mariazita, lindo e tremendamente romântico, adorei!!!
    Beijinhos, bom dia!

    ResponderEliminar
  31. Maravilhoso poema de amor que amei demais. Com tal pedido é impossível ser negado. Beijos com carinho

    ResponderEliminar

  32. Olá Mariazita,

    Lindo! Lindo!
    Amei esse poema enfeitado pela ternura e pelo amor.
    Belas imagens.
    Você está brilhando com seus versos. Parabéns!

    Beijo.

    ResponderEliminar
  33. Mariazita, querida amiga poeta!
    Muito belos os teus versos!

    Pois, sim... esquecer é praticamente impossível, não? Quando para a pessoa amada daríamos tudo de mais belo e divino neste mundo, para ter apenas um único e pequeno pedaço de partilha, o "eu" desse amado que faz-se nosso.
    Lindas fotografias também! Tens o dom, minha cara, do encantamento e sensibilidade.

    Grande beijo e ótimos dias!

    ResponderEliminar
  34. Nina minha
    Como me deito muito tarde, ontem estive aqui já passava da meia-noite e meia hora. Tive o impulso de comentar logo, mas “acalmei-me” e decidi esperar.

    Sabes que não sou analista, nem sequer especialista, em poesia. Gosto, MUITO, quando gosto, e é só.
    Nesta minha, não muito longa, vivência na blogosfera tenho- me deparado com MUITO BONS poetas. Não vou nomeá-los, como é lógico, mas apenas dizer que tu estás entre eles.

    Este teu poema é, talvez, um dos mais bonitos que li até hoje – ainda publicaste poucos, é certo, mas deste gostei particularmente.
    “Cantas” o Amor incondicional com tanta elevação e desprendimento que levas quem te lê a desejar ser alvo dum Amor assim.

    Não vou acrescentar mais nada, não porque não tivesse muito a dizer, mas porque há “campos”, que tu conheces bem, onde é preferível não entrar.

    Fica com todo o meu Amor Amizade, e muitas saudades.
    Teu
    Miguel

    ResponderEliminar
  35. Impossível não sentir saudade e algum arrepio ao ler algo tão sentido, com uma carga de sentimentos excepcional: é certo que o ambiente o propicia!
    Beleza em cada estrofa... qualidade nas fotografias.
    Abraços de vida, querida amiga

    ResponderEliminar
  36. Querida Mariazita

    Para já, como tive uns dias assoberbado, tinha-me passado despercebida esta postagem. Pelo facto apresento desculpas.
    Ainda a tempo, embora não esteja bem explicito, o poema me parece da tua autoria. Acho-o estupendo na forma e na intenção, que tenho a veleidade de conhecer.
    É uma grande homenagem, de caráter de grande saudade. Sobretudo desvenda uma boa poeta e alma de mérito.
    Beijos de amizade

    ResponderEliminar
  37. Minha Querida
    O meu poema é nostálgico sim... talvez porque quando escrevo poemas, a nostalgia tome conta de mim, sabes bem que sou uma sonhadora, mas os sonhos são difíceis de realizar...:-))
    Esta pequena introdução, é só para agradecer as tuas sempre carinhosas palavras que me deixas..:-)))
    Já o teu maravilhoso poema, é um hino ao Amor!
    E não seria necessário pedir-te nada, porque quando Amas, tu dás-te por inteiro, O Sol está dentro de ti...
    E para finalizar, deixo-te um imenso beijinho cheio de ternura e uma certeza... NUNCA me esquecerei de TI!!
    A tua Tareca..:-)))))

    ResponderEliminar


  38. Mariazita,

    Que bonito, parece um louvor!
    Gostei muito. As imagens casaram muito bem com as sequencias.

    Bjs

    ResponderEliminar
  39. Mariazita hoje li seu belíssimo poema que fala de amor ..Amor e saudades .
    Tens no coração sublime e amoroso
    uma forma linda e mágica de poetar.
    Amada.
    Hoje venho agradecer seu carinho diante do ocorrido comigo nunca imaginei passar por tanta humilhação.
    Agora ficou tudo pior minha amiga continuo com a mesma dor e pior
    é o resultado de tudo.
    Agora estou numa depressão muito maior infelizmente as coisas acontece aos mais fracos e oprimidos.
    A Graçita estava comigo amada amiga .
    Ela e minha família que estava comigo ficaram revoltados com a médica.
    Antes dela voltar para o Estado dela ela me acompanhou no advogado será aberto um processo
    contra o hospital onde essa médica vende seu serviço.
    Obrigada pela sua amizade deixo beijos a si caso possa diga ao Miguel que agradeço pela amizade e carinho.
    Evanir.

    ResponderEliminar
  40. Que amor tão bonito servido numa bandeja de prata cheia de sol!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  41. Um amor disposto a dar tudo, incondicionalmente... Bonita forma de o dizer.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  42. Que doce amor este, comovente e eterno, ainda que os seus versos denunciem uma nostalgia, ou quem sabe é apenas saudade.
    A vida nem sempre é conivente com os grandes amores.
    Beijinho, querida Mariazita
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderEliminar

  43. Por aqui para te desejar um belo fim de semana e deixar beijinhos.

    :)

    Olinda

    ResponderEliminar
  44. Oi, Mariazita.
    Muito obrigada por sua atenção e carinho.:)

    Bjs.

    ResponderEliminar
  45. Boa noite Mariazinha!
    Também tenho andado distante. Hoje acertei em cheio, pois a publicação desta poesia éuma maravilha.
    O amor faz milagres...e é bom quando dos dois lados existe o mesmo sentir. Ou então amar, dar tudo e não ser correspondido é um suplício. Muita saúde e êxito para o novo livro.

    ResponderEliminar
  46. Olá, Mariazita!

    Por aqui, sopra um ventinho bom para andar de barco à vela...e com o sol a brincar às escondidas.

    Que tenhas um bom fim de semana!
    Beijinhos amigos
    Vitor

    ResponderEliminar
  47. Olá Mariazita! Passando para agradecer a tua honrosa visita e amável comentário, assim como me deliciar com a leitura deste teu belo poema.

    Beijos e um ótimo domingo para ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderEliminar
  48. Querida amiga,
    fiquei encantada com seu poema!
    Muito show!!!!!
    Bravo!!!!
    Sou fã de Fernando Pessoa e apaixonada pela nossa língua, gostei muito de conhecê-la , é um enorme prazer!
    Parabéns, pois você escreve muiiiiitttttoooooo!
    bjus coração
    http://www.elianedelacerda.com
    Estou lhe seguindo também!

    ResponderEliminar
  49. Vim à procura de mais, mas gostei imenso de reler o teu brilhante poema.
    Um bom domingo e uma boa semana.
    Beijo, querida amiga Mariazita.

    ResponderEliminar
  50. Olá minha querida, passei para ler mais uma bela poesia como já nos habituou a ver e a ler.
    Um resto de bom domingo, prepare-se
    para uma semana cheia de sol e os meus beijinhos de luz e muita paz.

    ResponderEliminar
  51. Não necessitas pedir ou doar.
    A vida está transbordante de Amores e os Amores, não se acabam.
    Há quem diga que o Amor e o ódio se toca como se foram um círculo; não creio. O Amor existe para partilhar. O ódio é o resultado da solidão.
    Um belíssimo Poema.
    Pede o que quiseres!...


    Beijos


    SOL

    ResponderEliminar
  52. Um Poema muito bonito !
    Uma boa semana que desejamos que seja uma semana com muito Sol!

    ResponderEliminar
  53. Boa semana, Mariazita. Aguardo o próximo post!

    ResponderEliminar
  54. Demorei muito a vir, para este momento de poesia...mas, aqui estou e já me deliciei com a leitura de tão belo poema.
    Nem pensar, em esquecimento...Dá-se tudo, a um grande amor, que está sempre presente...Sei bem!

    Boa semana, Mariazita.
    Beijos,
    da Lúcia

    ResponderEliminar
  55. O amor tudo dá.

    Que lindo e generoso!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  56. O amor minha amiga é a nossa chama, a nossa inspiração.
    Um poema que é uma dádiva de vida! Lindo!

    beijinho

    ResponderEliminar
  57. Olá prezada amiga Mariazita, e que tudo esteja bem contigo!

    Passe o tempo que for, aquietá-lo sim, porém jamais esquecemos um grande amor!

    Belo e intenso sentir nestes teus versos, e demonstra o quanto um ser pode ser deveras importante na vida de outro, e também toda a teu carinho pelo companheiro de tantos anos!
    Obrigado por compartilhar teus belos sentimentos, e também por tuas sempre tão gentis visitas e comentários deixados por lá, e assim grato eu desejo que seja sempre tão intenso e feliz o teu viver, um grande abraço e, até mais!

    ResponderEliminar
  58. Querida amiga Mariazita, que lindo e delicado pedido de amor e comunhão de sentimentos...Esquecer esse tão profundo amor é mesmo impossível. Quando amamos tudo se torna realizável em nossos sonhos...Parabéns por tão doce poetar.
    Beijos com muito carinho e desejos de uma semana feliz e de muita paz para ti.
    Marilene

    ResponderEliminar
  59. Querida amiga, é dificil esquecer...
    Um abraço bem apertado.
    Bjs

    ResponderEliminar
  60. Querida Mariazita
    O que não fazemos por amor!
    Um poema muito belo,apaixonado e cheio de sentimento.
    Quem muito ama,nunca esquece.
    Parabéns, minha amiga, e muito obrigada por este momento poético.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar
  61. Minha querida amiga,

    É o AMOR! E quem não crê, não pode sentir todas estas verdades lindas que você descreve nos seus versos. Viver sem romantismo não é viver plena e intensamente e só uma pessoa cujo o amor preenche e transborda pode escrever sobre Ele com tanta propriedade como você.

    Beijos, muitos!!! Abraçãooooooo

    ResponderEliminar

A SI, QUE VEIO VISITAR-ME, UM GRANDE
BEM HAJA!

BEIJINHOS
MARIAZITA