sábado, 14 de setembro de 2013

REGRESSO DE FÉRIAS

Ao contrário do que habitualmente fazemos – deslocar-nos para mais de mil quilómetros de distância para passar férias (locais já nossos conhecidos) - este ano apenas nos distanciámos cerca de 500 Kms do local onde residimos. Ao fim de cerca de 4 horas de viagem chegámos à zona balnear onde iríamos permanecer por duas semanas.
Fartos que estamos de hotéis e seus horários, decidimos alugar uma moradia.
O local combinado para a entrega das chaves foi este
 
donde seguimos para a casa que nos aguardava.
Depois de instalados e feitas as compras indispensáveis, encaminhamo-nos para a praia.
Aguardavam-nos uns larguíssimos quilómetros de areia fina e branca, e um mar de águas cálidas, nas quais mergulhámos, eram já 7 horas da tarde.

 
A moradia fica relativamente perto da praia, e não estando sujeitos a horários, podemos ficar aqui até mais tarde.
Fazemos uma alimentação saudável, à base de grelhados

 
 e legumes diversos.

 
E, como estamos de férias e ninguém veio para trabalhar, a não ser o estritamente necessário, utilizamos “louça” de plástico que, no fim da refeição, rapidamente se “lava”,  colocando-a num saco de lixo.
 A caminho da praia verifico que, anteriormente, passou por cá alguém que me quis homenagear, gravando a primeira letra do meu nome, “M”, no tronco desta árvore

 
  Encontra-se por aqui uma enorme profusão de estátuas, ao estilo “Gaudi”

 
 
e não só…

 
 
E, entre praia,

 
passeios de bicicleta,

 

jogos,


e brincadeiras, após o jantar

contando com a presença simpática desta osga bebé
que sempre nos acompanhava durante as refeições nocturnas, chegámos ao fim dumas férias maravilhosas, passadas com a família (possível…)

 

 No próximo ano haverá mais (espero!!!)