domingo, 13 de novembro de 2011

BALADA DAS MÃOS


Ligue o som e acompanhe Moacyr Franco neste belo poema de sua autoria

BALADA DAS MÃOS


Se os teus olhos faltarem um instante da vida
Se o coração vacilar, retardando a batida,
Se o teu corpo cansado, curvasse vencido
Na estrada comprida,
Na batalha perdida.
Tuas mãos,
Só, tuas mãos,
Gêmeas no riso e na dor,
Manterão, sempre acesa a luz,
Votiva do amor.
Mãos que se juntam na prece,
Num momento supremo,
Quando no altar duas vidas se juntam também,
Mãos que abençoam o filho
Que parte talvez, para sempre,
E depois vão tecer um casaco de lã,
Para o neto que vem,

Mãos que dão lenitivo,
Aos que foram vencidos na vida,
Mãos que nunca recusam,
Num gesto o perdão.
Mãos que arrancam das cordas,
De um violino nervoso e agitado,
A música divina
Que torna todos os homens irmãos.
Mãos que após o silêncio que cai
Sobre a vida que cai
Juntam o silêncio àquelas que um dia também foram mãos.
Também foram mãos.
Também foram mãos.

Moacyr Franco



Moacyr de Oliveira Franco (Ituiutaba, 5 de outubro de 1936) é um actor, cantor, compositor e humorista brasileiro.
Começou sua carreira nos anos 60. Sofreu um sério acidente automobilístico na década de 70, o que lhe prejudicou a carreira. Depois do sucesso que vivera na primeira metade da década de 70, nunca recuperou a imensa popularidade que tinha.

Desde então lançou vários discos, além de trabalhar nas principais emissoras do país apresentando, produzindo, escrevendo e actuando em diversos programas. Continua a seguir paralelamente a carreira de cantor, apresentando-se por todo o Brasil.


53 comentários:

Vieira Calado disse...

Sim, sim!

Gostei!

Bjsss

Vieira Calado disse...

Sim, sim!

Gostei!

Bjsss

Néia Lambert disse...

Mariazita, essa música tem uma letra muito bonita, aliás, Moacyr tem umas composições incríveis onde há sempre um conteúdo altamente poético. Amei ouvir!

Beijos

Olinda Melo disse...

Lindo! Gostei muito, da letra, da música e desta tão voz emocionante.

Belo post!

Beijo

Olinda

Magia da Inês disse...

♡°
º✿
º° ♥✿
Moacir Franco eu já conheço...a balada das mãos também.
Bom fim de semana!
Beijinhos.
Brasil
♥♡

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Olá, Mariazita!
Depois de um "vendaval" estou retornado à "normalidade"...nas visitas aos amigos.

Essa sua postagem me tocou bem de perto. Não só pelo meu estado d'alma nos últimos dias, mas porque fui, e sou, "fanzoca" de Moacyr Franco.
Essa balada, é lindíssima!

Beijinhos,
da Lúcia

✿ chica disse...

Lindo demais ele é pura emoção! beijos,tudo de bom,chica

nacasadorau disse...

Música é alimento para a alma, querida amiga Mariazita.

Adorei.
Deu mais luz e calor e este dia horrível que se abateu sobre nós, pelo menos por aqui no Minho.

Beijinhos

Antonio Pereira (Apon) disse...

Olá Mariazita!

Gostei muito. Bela postagem.

Um abração e uma boa semana.

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Mariazita!

Mãos, são o mais perfeito instrumento de trabalho, e aqui inspiração para para um bonito e merecido hino repassado de poesia.
Bonito!

Bom resto de domingo.
Beijinhos.
Vitor

Sonhadora disse...

Minha querida Mariazita

Um poema e música maravilhosa que adorei ouvir neste fim de tarde de Domingo...repousante-

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

tecas disse...

Minha querida amiga Mariazinha, talvez pelo estado de espírito em que me encontro hoje, o poema do Moacir Franco e a composição do Moacyr,tocou profundamente a minha alma. Lindo. Sublime.
Bjito amigo e uma flor.

CF disse...

Mariazita
as mãos entoam muitas músicas e
muitas vidas...quanto vale um toque de mãos?
Tanto! ai se vale!!!
Por vezes t~em a capacidade de nos despertar de marasmos e tristezas...umas "meras" mãos!!!
Bjs querida

Maria disse...

Excelente escolha minha amiga, adorei.
Um bom restinho de domingo e uma excelente semana.
Beijinhos
Maria

Lilá(s) disse...

Letra linda! Foi bom ler e ouvir numa tarde chuvosa...
Bjs

Cacá - José Cláudio disse...

"Fica sempre um gosto de perfume nas mãos que oferecem rosas. Nas mãos que sabem ser generosas."

Obrigado, Mariazita, por dividir esta maravilha conosco. Um abraço e ótima semana.

Bergilde disse...

Oi Mariazita,abraço carinhoso e boa semana pra você!
Uma verdadeira poesia a letra dessa música.Bela mesmo!Em casa de meus pais eles têm lps desse cantor.Dizem que faz parte da história de amor deles.

Carla Ceres disse...

Oi, Mariazita! Que bom que você gostou da minha "Encomenda Bélica"! Fiquei contente. :) Aposto que você consegue escrever poesia, sim. Tem muita poesia nos seus textos. Sua maneira de ver o mundo é poética.
Estive num show do Moacyr Franco, no início dos anos 70. Além de talentoso, ele é uma ótima pessoa. Você escolheu bem essa música. Beijos!

Lourdes disse...

Boa escolha Mariazita. O poema é lindo e a música acompanha na perfeição.
Lembro-me bem de Moacir Franco nos seus tempos áureos. Foi bom recordar.
Beijinhos com votos de boa semana.
Lourdes

lili Rebuá disse...

Parabéns pela linda homenagem ao nosso querido Moacir Franco! Ele merece sempre ser lembrado com carinho! Adorei!
Beijos e abraços carinhosos!

Maria João disse...

As mãos!

É tempo de acreditar que serão elas, sempre, o maior recurso de cada um. Na dádiva e na partilha, na construção dos gestos, actos e afectos que constroem a verdadeira riqueza. Que revelam de nós o que, realmente, somos capazes.

Um beijinho amiga

Silenciosamente ouvindo... disse...

Muito bom. Gostei muito.
Amiga desejo "que tenha tido
boas notícias".
Um beijinho
Irene

Daniel Costa disse...

Marizinha

A bela composição, BLADA DAS MÃOS, de Maacyr Franco, interpretada pelo próprio tem mais sabor.
Dpois um pouco da biografia do homem multifacetado.
Tudo amei.
Danil Costa

。♥ Smareis ♥。 disse...

Mariazita, vale apenas ouvir e acompanhar essa música, é muito linda. Moacir Franco atualmente participa de um programa humorístico num programa de TV , "A Praça é Nossa", e faz bastante sucesso fazendo papel de um mendigo. Ótimo post amiga! Beijos e ótima semana.

Sônia Silvino disse...

Oi, querida!!!!
Saudades de ti!
Adorei o post sobre o Moacyr!!!
Beijos meus!!!!

Regina Magnabosco disse...

Linda voz, a de Moacyr Franco. Ele me faz lembrar a infância, mas eu não conhecia esta música, que tem uma letra muito bonita também. Obrigada por este momento, Mariazita, que fez aumentar meu carinho por Moacyr Franco. Um grande abraço e beijinhos também :)!

Sotnas disse...

Olá Mariazita, desejo que tudo permaneça sempre bem contigo!

Ainda que diga que não consegue escrever poesias, coisa que não estou de todo convencido, pois como pode alguém fazer tão belas escolhas em suas postagens, assim como este belo poema e música deste grande ator e cantor Moacir Franco. É sempre deveras encantador estar por cá nesta tua Casa com Histórias e Lírios, onde sempre deixa expressa a tua sensibilidade nas postagens escolhidas para compartilhar com os amigos, parabéns por mais esta bela escolha!
Sobre seu comentário no blog da Carla Ceres, de que não sabe fazer poesia, me fez lembrar um filme que assisti no mês passado, é um filme coreano se não estou enganado, que narra momentos de uma avó que adorava poesia e dizia não saber escrever, e assim começou a freqüentar um curso para aprender a escrever poesia. Eu gostei muito do filme, da mensagem que o autor tenta passar, se você já viu o filme, sabe o que digo, e se não assistiu ainda, eu creio que vai gostar, eu recomendo e depois veremos se é verdade o que diz!
E como sempre que por cá venho, agradecido e encantado me vou e deixando sempre meu desejo que você e todos ao teu redor tenham intenso e feliz viver, grande abraço e até mais!

Magia da Inês disse...

°º♫
°º✿
º° ✿♥♫°

Passei para deixar um abraço.
Bom restinho de semana!
Beijinhos.
Brasil
°º✿
º° ✿✿

ju rigoni disse...

Ah, quão poderosas podem ser as mãos!... E pelas suas mãos vêm-nos um pouco da história e da poesia desse artista que é muito mais talentoso do que se imagina. Muito bonito, Mariazita! Meu pai, já falecido, era um grande fã do Moacyr.

Querida amiga, quero primeiramente agradecer sua presença por lá nesse tempo em que estive longe da rede.

Fico muito feliz por saber que tenho uma amiga como você. Deixo por aqui o meu beijo, um grande
abraço e, de novo, meu muito obrigada. Inté, querida!

Livinha disse...

Olá minha querida...

Fizeste-me voltar a velha guarda.
lembro-me bem desta canção, quando o Moacir cantava... tempo bom...

passando para deixar-te um abraço e dizer que aquela postagem a respeito dos sígnos que falei a você que ainda viria, est´lá postado em meu jardim... espero que gostes, algo diferente mas que fez parte da vida da gente...

Linda semana minha amiga

Bjs

Livinha

Ana Martins disse...

Mariazita, Boa tarde!
E as mãos sem falarem dizem tanto de nós!

Beijinho,
Ana Martins

✿ chica disse...

Mariazita, vim te desejar melhoras completas, fica bem,tá???
Te cuida!!! beijos,chica

Olinda Melo disse...

Querida Mariazita

Li agora o seu comentário lá no Xaile e vim a correr desejar-lhe melhoras e que fique bem depressa.

Agradeço o ter lá ido mesmo como está, deixar-me a mensagem.

Tudo de bom, minha querida.

Beijinhos.

Olinda

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Antes de mais quero desejar-te as melhoras e espero que brevemente recuperes totalmente. Vivi muitos anos no Brasil, como sabes e foi muito bom recordar este cantor e esta bela música. As mãos sabem bailar como ninguém, se as deixarmos; falam com gestos harmoniosos para aqueles que não podem ouvir as palavras e o seu bailado às vezes consegue dizer mais do que as palavras para aqueles que as conseguem ouvir; dançam uma bela balada quando acariciam alguém, quando se estendem para ajudar, quando se erguem para orar, quando se apertam para saudar. Com as mãos,se quisermos, fazemos verdadeiros milagres se as soubermos entrelaçar numa rede feita de afetos, de preces, de abraços. Benditas sejam essas mãos! Um beijinho, amiga e muita saúde aí para todos.
Emília

Fernanda disse...

Amiga Mariazita!

Volto para ler o texto. Já é tarde e estou cansada.
Não podia contudo, fechar o dia sem te dizer que fiquei preocupada contigo.
Já não te basta o outro problema!
Por favor cuida-te e mal possas dá-me notícias, por favor.

Beijinhos

MARILENE disse...

São maravilhosas as composições dele. Está um pouco esquecido, mas suas músicas nunca perderão o merecido lugar.

Li em um blog que você não estava bem e espero já tenha se recuperado.

Bjs.

Néia Lambert disse...

Espero que já estejas bem Mariazita, melhoras para você.

Beijos

Leninha disse...

Mãos que se unem em prece sempre me comovem,fazendo vir a lembrança de minha mãe que,quando não estava trabalhando,estava de mãos postas,rezando.
Bela escolha,Mariazita.Bem haja!!!

Bjsssss,amiga,
Leninha

Daniel Costa disse...

MAriazita

A Raimnunda, consentui que usasse a foto. Achei piada ao tema tablado e verde, que junto seria uma piscina, enquanto o post esteve oculto, enviei cópia a pedir visse se estava correcto, aí ilucidou-me. Agradeceu mais, talvez, por ser militante Social nº. da cidade.
Que tudo melhore de acordo com o teu óptimismo.
Beijo de grande apreço

lis disse...

Oi Mariazita
Como vou ficar um tempo mais demorado aqui dos blogs,nao podia deixa de vir te deixar um abraço e agradecer seu carinho e atenção durante esse nosso tempo juntas.
Que seus dias sejam muito felizes, tudo de bom e quando voltar certamente venho ve-la,ok?
Bonita edição como sempre ,Mariazita.
Parabens.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Precioso este poema,
e a lembrança
do grande Moacir Franco,
autor de lindas canções,
esquecidas
em um oceano de tantas
coisas sem sentido
que fazem sucesso
em nosso País.

Viver é se fazer eterno
para o coração de alguém.

Carla Ceres disse...

Oi, Mariazita! Estou preocupada com você. Espero que não seja nada grave. No máximo, uma gripe difícil. Fiquei pensando no que fazer para ajudar. A distância atrapalha um pouquinho, mas, se quiser, posso lhe enviar umas pílulas do Frei Galvão. Por enquanto, envio o link http://www.saofreigalvao.com/w3c_novena.asp
Melhoras, querida! E não se preocupe com visitas a blogs, leituras de textos e comentários. A saúde é o que importa.
Beijos!

Maria disse...

Querida amiga passei para agradecer a sua visita e desejar-lhe rápidas melhoras.
Um abraço bem apertadinho e um grande beijinho
Maria

Fernanda disse...

Porque será que chego aqui sempre tão tarde, amiga Mariazita?
Desculpa, mas amanhã tenho mais tempo disponível e virei mais cedo para ler o texto, sabes que gosto muito do que escreves.

Lamento imenso, dói mesmo saber o que me dizes.
Não te deixes abater.
Por favor trata de ti, sê forte e corajosa. Sei que nem preciso pedir, porque o és por natureza, mas lembro-to apenas no sentido de te dar algum alento.

Beijinho

Eu volto.

Fátima disse...

Mariazita
Sua postagem me leva
às mãos de pessoas tão santas...
Mãos que abençoam e
me ensinaram a abençoar.
Foram mãos tão firmes, tão suaves...
Hoje vejo-as minguar!

Com carinho,beijo suas mãos.
Parabéns pela postagem!
Fátima

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia minha querida e amada amiga!
Primeiro do que tudo desejo melhoras...nós brasileiros somos hospitaleiros e preoculpados com o nosso irmão,e vc nos inspira preoculpação sim.Mas desejo que estejas melhorzinha e com forças para a vida.
Minha linda vc trazer para nós Moacir Franco,um talento fabuloso que merecia sempre lugar de destaque...vejo que vcs tenhe mais sensibilidade do que nós.
Linda música querida!
Aplausos e aplausos para vc que me fez recordar um tempo não muito distante,kkkkkkkkkkkkk
Bjs recheados de desejos de saúde prá ti!

Cida disse...

"Balada das mãos", é realmente belíssimo!

Foi bom demais recordar!
:)

Beijão pra você, amiga.

Saúde e Paz!

Cid@

ju rigoni disse...

Desta vez passo para deixar mais um beijo e desejar um pronto restabelecimento à minha amiga.

Fico aqui torcendo por você. Abraço apertado. Inté, querida!

Daniel Costa disse...

Mariazita

Apenas para te dizer que há mais um capitulo TOP SECRET OLAVO.
Do mesmo modo. poema HOMENAGEM, Está agora postado a duo com Ma Socorro no: POEMAS LUSOFONIA POTUGAL - BRASIL.
Beijos

Fernanda disse...

Lindo, Mariazita!

Não conhecia nem a actor nem a composição e muito menos o belíssimo poema.

Esta escolha, reflecte, de algum modo ,o que te vai na alma, e só por isso me entristece, mas amanhã é outro dia e há sempre um outro melhor do que o de hoje.

Espero que estejas melhor, amiga.

Beijinhos

Sonhadora disse...

Minha querida Mariazita

Passando para te desejar as melhoras e fazendo votos para que fiques bem logo.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Desnuda disse...

Minha querida,

Quando criança não perdia um programa de Moacyr Franco! E , confesso que era apaixonada pelo filho dele chamado Guto hahahahha. Belíssima homenagem a este artista que sempre passou muito emoção em tudo o que produziu artisticamente, especialmente nas suas belas canções. Bravo Mariazita! Feliz de ver o reconhecimento deste grande artista nesta casa portuguesa. Obrigada!

Beijos, muitos! Com muito carinho.

Táxi Pluvioso disse...

Ah, bom, então era por isto que as ciganas no Campo Grande estavam sempre a pedir as mãos.