domingo, 6 de fevereiro de 2011

NO DIA EM QUE NASCESTE

NO DIA EM QUE NASCESTE
(Dedicado à minha neta pouco depois do seu nascimento)

No dia em que nasceste,
Meu amor,
Eu renasci!

O sol brilhou
com nova intensidade.
Nas árvores, cobertas de verdes folhas,
os pássaros entoaram canções,
duma outra felicidade.

Houve alegria no céu.
Todos os anjos, reunidos,
desejaram boa viagem
ao companheiro que partia
para habitar teu corpinho,
que na terra aparecia.

Vieste bem de mansinho
para o lar que te acolheu.
Trouxeste alegria infinda.
Só podias vir do céu.

Ao ver-te, meu amor, eu murmurei
mil promessas de carinho,
que vou cumprir uma a uma.

Enfeitarei o teu caminho
com belas flores perfumadas.

Colocarei estrelas mil,
coloridas,
em todas as estradas
por onde irás passar.

E uma fonte de água cristalina
se ouvirá cantar
quando passares.

O ar vais perfumar.
Com as mais lindas cores o vais pintar.
E o céu vai-se alegrar
com teu cantar.

E quando forças mais já não tiver
meu amor continuarás a ver
através do meu olhar cansado
que apenas para ti estará voltado.

Maispa Luz

36 comentários:

  1. Quanta ternura e emoção no seu poema!
    Que a sua netinha veja na Avó um
    coração que a ama e protege.
    Beijo.
    isa.

    ResponderEliminar
  2. Mariazita deve ser mesmo uma emoção forte se tornar avó, eu também quero sentir um dia. E a sua inspiração foi bárbara, criastes essa linda poesia que veio do fundo da alma. Parabéns pela neta e pelas belas palavras de dirigistes a ela.
    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Antes de qualquer outro comentário desejo-lhe os parabéns pela neta... Nasceu hoje, ontem? Deve ter sido uma grande emoção...a minha mãe diz que é indiscritível a sensação de se ser avó. Espero um dia (ainda algo distante) vir a comprovar esta emoção...
    Agora peço desculpa pela minha ignorância mas não conheço Maispa Luz... gostei do poema pois parece ter sido escrito "à sua medida" daí outra questão: é da sua autoria?
    Peço desculpa mais uma vez pelas questões, mas fiquei com curiosidade.
    Um bom fim de semana muito feliz com a netinha
    (já tenho saudades do perfume a bebé cá em casa)

    ResponderEliminar
  4. Mariazita
    És uma mulher feliz. Fizeste um poema à tua neta quando ela nasceu.
    Não posso fazer o mesmo, os meus filhos não me dão esse prazer.
    Um já teve não sei quantas mulheres e o outro vai pelo mesmo caminho.

    Beijokitas

    ResponderEliminar
  5. Amiguita, de tanta emoção meus olhos choram, que coisa mais linda, terna e doce pra se brindar um ser que chega nos trazendo uma nova luz, uma esperança de vida plena. Que Deus abençoe e ilumine a tua vida e dos teus queridos.
    Que as Bençãos divinas inundem este lar com as mais lindas cores do amor.
    Felicidades e meu carinho sempre
    'amigamada'
    Feliz semana pra você.
    Meu terno abraço,
    Jady

    ResponderEliminar
  6. Que lindo presente pra tua neta.Felicidades, parabéns e que ela seja feliz sempre!beijos,chica

    ResponderEliminar
  7. Que ternura, quanto amor.
    Descreveste exatamente a travessia
    do lado de lá para cá...
    Anjos a postos com suas harpas a cantar,
    ensejando a essa alma toda a luz do sol brilhar.
    Qto sentimento...
    Penso e como penso no desejo de estar um dia em teu lugar minha amiga,
    recebendo em meus braços netos que enriqueçam mais ainda a minha vida.
    Cjorarei tanto neste dia, quando a graça alcançar, a dita felicidade, chegando pro lado de cá...

    Lindo teus versos, feitos de sonhos, onde cantam as cotovias, sobre um céu serenando...

    Um beijo minha amiga
    Saudades que tava de tu.
    obrigada pelos teus dizeres tão prontos e bem discernidos...
    Você é um encanto de pessoa.
    Que seja a tua neta, tua filha, e todos daí simplesmente sempre felizes...
    Feliz domingo pra ti

    Bjs

    Livinha

    ResponderEliminar
  8. Mariazita

    Bonito poema da tua poetisa de serviço, Marispa Luz. Segundo creio temos no aniversário da tua neta. Como amiga desejo a ela, à mãe e aos avós um dia de felicidade. Felicidade é tudo os os netos são para nós.
    Beijos

    ResponderEliminar
  9. Olá Mariazita, desejo que tudo esteja bem contigo
    Somente os seres dotados de extrema sensibilidade conseguem escrever um poema feito este, transbordando sentimentos deveras, e você é um destes seres minha cara Mariazita, parabéns pelo belo e sensível poema e pela netinha que certamente aprenderá a amar ao próximo com você!Obrigado pelas visitas e comentários sempre carinhosos e gentis. Desejo a você e todos ao redor iluminada felicidade, abraços e até mais!

    ResponderEliminar
  10. Ai amiga Mariazita..Nãom páro de chorar.... Uma emoção tão profunda e especial descrita em versos tão lindos... Muita emoção, Mariazita!


    "Enfeitarei o teu caminho
    com belas flores perfumadas.

    Colocarei estrelas mil,
    coloridas,
    em todas as estradas
    por onde irás passar."


    Que seja sempre assim e todos os anjos digam AMÉM!

    Beijos com carinho querida amiga. Beijos tamanho FAMÍLIA!

    ResponderEliminar
  11. Querida Mariazita, que lindo poema para a netinha, materializa o amor de avó, que também é mãe mais uma vez, e toda a ternura que encerra a alma de mulher que faz com que todas as mães sejam de facto as heroínas de seus filhos.
    Parabéns, pela linda poesia aqui expressa e que demonstra atributos de excelente escritora e poeta.

    Deixo aqui os votos de uma boa e feliz semana.

    Bjs com carinho e amizade, desta filhota do coração.

    Sãozita

    ResponderEliminar
  12. Minha querida

    Quanto amor e ternura neste poema...adorei ler e sentir e teu amor pela netinha.

    Deixo beijinhos com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  13. Oh, Mariazita, que lindeza de poema, este que escreveste em homenagem à tua netinha...
    Fico aqui, a imaginar a tua emoção, eu, que aos 66anos , ainda não tenho nenhum neto, embora tenha três filhos...rs...
    Felicidade imensa para todos vocês, é o que desejo, minha querida!
    Beijos

    ResponderEliminar
  14. Lindo demais Mariazita seu poema,sua declaração de amor pra neta querida.Muito comoventes suas palavras que parecem vir de dentro da sua alma cheia de ternura e tanto amor.
    Abraço,carinho e admiração por ti,
    Bergilde

    ResponderEliminar
  15. Muito querido! Que sorte tem a tua neta por ter uma avó poeta! Parabéns para ambas.
    Também estou à espera de um (3º) neto a cada momento, mas ele não vai ter a sorte de ser recebido com versos...

    ResponderEliminar
  16. Mariazita
    Tão lindo e ternurento o poema que dedicou à sua neta. Como eu gostaria de escrever assim para a minha...
    Parabéns.
    Beijinhos
    Lourdes

    ResponderEliminar
  17. Olá minha querida Mariazita!!!
    Que palavras mais lindas!!!
    Quero um dia poder escrever algo tão belo...

    bjs no coração

    ResponderEliminar
  18. Oi Mariazita
    Que delícia de poema à netinha.
    Parabéns pelo seu dom de escrita, Deus te abençoe ricamente pra que a inspiração e as palavras sejam sempre pro deleite de quem a lê.
    Terminei a leitura do livro e amei a história. Achei tristinho no final.
    Estou em viagem ainda e novamente perdi o acesso, quando voltar falao melhor sobe isso,ok?
    fiquei encantada, muito muito bom
    beijinhos

    ResponderEliminar
  19. Olá minha querida amiga

    Faz tempo que não passava por aqui, espero que o seu livro esteja a corresponder às expectativas, quanto à sua netinha votos de muitas felicidades a avaliar pela poesia inspirada será com certeza. Parabens

    Beijinho até breve

    ResponderEliminar
  20. Mariazita

    O olhar de uma avó tem duplicada a ternura de uma mãe. É esse o olhar que recordo das minhas e não sabendo ainda como é, nos meus olhos, sei-o no meu coração.
    Foi esse amor que encontrei neste texto em que o carinho é flor em cada palavra.

    Um enorme beijinho
    Abençoadas netas que te têm como avó!

    ResponderEliminar
  21. Mariazitaaaaaaaaa,

    Acho que somos " Espíritos Simpáticos! Hahahahaha

    Uma linda noite minha querida. Te amo! Beijos com carinho.

    ResponderEliminar
  22. Foi justamente assim que me senti quando minha neta nasceu!
    Só que você soube colocar em palavras, amiga. E que belas palavras!
    Você me perguntou se a Bruna se parece com o meu filho, e eu lhe digo: se parece tanto fisicamente, como em gênio. Todos os dois são super bem humorados, e contagiam a todos à sua volta com a sua alegria.
    Sinto-me tão abençoada! :)

    Peguei alguns dos selinhos que você me ofereceu, e já coloquei lá no meu cantinho. Obrigada!

    Desejo tudo de ótimo pra você e a sua linda família.
    Paz e Bem!
    Beijo enorme
    Cid@

    ResponderEliminar
  23. Nena querida, sem grandes discursos te deixo um abraço comovido pela ternura do texto.

    Bem hajas, minha amiga .

    ResponderEliminar
  24. Tão lindo poema.
    O nascimento é um milagre,só viemos ao mundo para ser amados e nada mais.
    Parabéns minha flor.
    Beijokas milllllllllllllllll.

    ResponderEliminar
  25. A netinha deve ser muito feliz, com uma avó que lhe faz poesias transbordantes de ternura! LINDO
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  26. Querida Manita,

    Parabéns pelo lindo poema.
    Tanta ternura e amor....adorei!
    Espero ter inspiração e sabedoria para fazer um à netinha que não tarda a chegar.

    beijinhos com muito carinho

    canduxa

    ResponderEliminar
  27. Querida Mariazita!

    Parabéns pelo belíssimo poema mas muito especialmente pela netinha :)
    Sei que cumprirás todas estas lindas promessas e que ela será a mais amada neta do Mundo.

    Também quero :(((((
    :))))))

    Beijo

    ResponderEliminar
  28. Querida Mariazita!

    Parabéns pelo belíssimo poema mas muito especialmente pela netinha :)
    Sei que cumprirás todas estas lindas promessas e que ela será a mais amada neta do Mundo.

    Também quero :(((((
    :))))))

    Beijo

    ResponderEliminar
  29. Querida amiga quanta ternura e amor no seu lindo poema.
    Desejo toda a felicidade do mundo para si, para a sua netinha e para toda a família.
    Tenha um maravilhoso fim de semana, pleno de alegria, paz e harmonia.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  30. Minha querida amiga portuguesa, que linda surpresa encontrei voltando a visitar o seu blog!

    Que lindo poema, só podia ser da Mariazita, da vovó Mariazita.

    Quanta ternura, quanto sentimento e quanta felicidade de avó estão espressos nesses versos!

    É muito bom estar de volta e encontrar um poema tão bonito.

    Beijos brasileiros, Teresa

    ResponderEliminar
  31. simplesmente maravilhoso, é delicioso a espera e o nascimento de um neto
    que os anjos protejam sempre esse teu anjo
    Bj

    ResponderEliminar
  32. Mariazita,apenas pra deixar meu sólito abraço e desejos de boa semana pra ti,
    Bergilde

    ResponderEliminar
  33. Querida amiga, parabéns por mais um ano de vida, desse maravilhoso blog, você merece todo o carinho do mundo. Levo o selinho com muito amor. Beijocas

    ResponderEliminar
  34. Dizem que "netos sao filhos com acucar"
    ;)

    Vc foi a autora do poema? Muito lindo!

    E que avó carinhosa ;)

    ResponderEliminar
  35. Olá,
    tudo bem?
    Vim conhecer teu cantinho e adorei, já estou seguindo e curtindo!!!
    Passa lá no meu qndo quiser será muito bem vindo
    Beijinhos
    Estou Crescendo

    ResponderEliminar

A SI, QUE VEIO VISITAR-ME, UM GRANDE
BEM HAJA!

BEIJINHOS
MARIAZITA