domingo, 21 de março de 2010

DESISTA VOCÊ TAMBÉM

Para tudo, na vida, há um tempo certo: nem antes, nem depois.

Do mesmo modo que há um tempo certo para lutar e outro para recuar, também existem coisas pelas quais é imperioso lutar e outras que mais vale ignorar e delas desistir.
Veja o que, a este respeito, pensa Thais Cadorim

EU DESISTO...
por Thais Cadorim

“É isso mesmo, entreguei os pontos, não dá mais, acabou.”
Essa frase soa com tanta força, não é?
Mas é verdade, eu desisti mesmo.
De um monte de coisas.

Desisti de reclamar de quem não quer aprender. Decidi me concentrar em quem quer...
E se você olhar bem direitinho, perto de você tem um monte de gente sedenta de conhecimento.


Desisti de tentar emagrecer para ser igual a todo mundo.
Resolvi ter o peso que eu devo ter, por uma questão de saúde, por uma questão de bem estar.
Só isso

Desisti de tentar fazer com que as pessoas pensem do jeito que eu gostaria que elas pensassem.
Achei melhor buscar respeitar o outro do jeito que ele é.
Imagina se o mundo fosse feito de milhões de pessoas iguais a mim...
Ah, isso ia ser um tormento.

Desisti de procurar um emprego perfeito e apaixonante.
Achei que estava na hora de me apaixonar pelo meu trabalho e fazer dele o acontecimento mais incrível da minha vida, enquanto ele durar.

Desisti de procurar defeito nas pessoas.
Achei que estava na hora de colocar um filtro e só ver o que as pessoas têm de melhor.
Defeito todo mundo acha, quero ver achar qualidades em quem parece não tê-las…

Desisti de ter o celular mais “psico-tecno-cibernético” do mercado. Agora eu só quero um telefone pra falar.
É muito frustrante comprar o mais novo modelo e dias depois ver que ele já foi superado. É pra isso que a indústria trabalha.
Aproveitei o gancho e apliquei o conceito também a outros produtos: relógio, computador, máquina fotográfica, carro.

Desisti de impor minha opinião sobre tudo.
Decidi que de agora em diante vou ouvir todas as opiniões, mesmo as contrárias, e vou tentar tirar proveito de cada uma delas.
É mais barato compartilhar as opiniões do que brigar pra manter só uma.

Desisti de ter tanta pressa. Tudo na vida tem seu tempo, e se não acontecer, não era pra acontecer.
Não quer dizer que eu vou “deixar a vida me levar” e parar de correr atrás do que eu acredito, mas não vou me desesperar se eu perder o vôo.
Sei lá o que vai acontecer com o avião...

Desisti de correr da chuva.
Tem coisa mais bacana que tomar banho de chuva?
Há quanto tempo você não sente aquele cheiro de terra molhada?
E se o resfriado chegar, qual o problema? Não vai ser o primeiro nem o último.

Image and video hosting by TinyPic

Desisti de estudar por obrigação. Agora eu faço da leitura um momento de prazer...
Cadeira confortável, pezão pra cima, um chocolate quente, minha gata ronronando do lado.
Os livros agora ficaram menores e mais fáceis, mesmo que seja a CLT ou a NBR 9004.

Desisti de buscar uma planilha de indicadores toda verdinha.
Os índices são assim mesmo, às vezes melhoram, às vezes pioram. Isso é o mundo real.
Eu não vou deixar de fazer a gestão sobre eles, mas decidi que não vou mais sofrer por isso.
Bons ou ruins eles devem gerar aprendizado e isso é o mais importante.

Desisti de trabalhar para fazer o meu sistema da qualidade ser perfeito.
Eu prefiro mantê-lo sob controle, funcionando, ajudando as pessoas, ajudando os processos, dando resultados, mesmo que aos poucos.
Com essa filosofia eu ganhei um monte de parceiros, ao invés de cultivar inimigos.
Se eu fosse você, desistia também...

Tem um monte de coisas que você faz, carrega e sente, que não precisa.

Pense nisso!!!

Thais Cadorim


44 comentários:

Valvesta disse...

De fato a coisas que melhor é desistir mesmo; mas a outras que devemos perseverar em persegui-las até conseguir, será um gostinho todo especial esse vitoria.
Banho de chuva é delicioso, principalmente aqui neste calorão(nordeste do brasil). A vida é linda e todas as coisas vem sempre pra nosso bem, é só procurar o angulo positivo. beijão.

Pelos caminhos da vida. disse...

Tem coisas na vida que o melhor é desitir mesmo, mas outras é lutar para consegui-las e, sempre com pensamentos positivos que só atraem boas energias.

Bom domingo amiga.

beijooo.

Sonia Schmorantz disse...

Quando a ternura
parece já do seu ofício fatigada,
e o sono, a mais incerta barca,
inda demora,
quando azuis irrompem
os teus olhos
e procuram
nos meus navegação segura,
é que eu te falo das palavras
desamparadas e desertas,
pelo silêncio fascinadas.

Eugénio de Andrade

Um lindo domingo e uma semana de paz e sucesso em tudo que fizer.
Um abraço

Sônia

direitinho disse...

Obrigado pela publicação.
Os meus objectivos eram todos os dias fazer mais e fazer melhor, mas agora tenho mais este:
É preciso desistir de muitas coisas que nos impedem de caminhar e de sermos nós próprios.
Bom Domingo

EDUARDO POISL disse...

Recomeçar é renascer para a vida
Reconstruir é reparar os danos
Siga em frente sem olhar p'ra trás
Não te censures, pois somos Humanos!
(Pequenina)

Te desejo um domingo com carinho
Abraços Eduardo

Zé do Cão disse...

Minha Amiga
Até hoje não desisti de nada. Ás vezes dou é outro rumo.
Estudar, estudar muito. Ter conhecimentos é necessário no futuro, diz o 1º. Mas que futuro, se os lugares são ocupados por aqueles que não estudam e arranjam os cursos tirados aos Domingos. Não é só o 1º não. Há mais, muito mais. Não desisto, desiludo-me.
jinhos

Vitor Chuva disse...

Olá Mariazita!

Para mim, esta colecção de sugestões e interrogações, é, no fundo, uma introspecção por parte de alguém que se interroga a si mesmo sobre qual a atitude a tomar perante a vida - tal como muitos de nós fazemos - aqui apresentada de forma inteligente. As aparentes certezas aqui apresentadas, serão em muitos casos dúvidas e interrogações, de alguém que fala consigo próprio.Na vida ninguém tem tantas convicões ou certezas; ninguém consegue tanta racionalidade - ser tão objectivo.Esse alguém está ainda por criar - e acho que não seria um ser humano!

Bom domingo; finalmente há um cheirinho de Primavera no ar!

Beijinhos.
Vitor

Desnuda disse...

Mariazita é isso aí! Um texto racional e proveitoso. E acho, um exercício diário e cada a um a seu tempo. Mas se cumprindo todas estas desistências, simplificando a vida, com certeza tornaremos a vida muito prazerosa!


Beijãoooooooo, amiga!

São disse...

Esperemos que seja desta que te consigo dizer que acho o texto delicioso.

Seria bom que desistissimos daquilo que não vale a pena, realmente.

Uma feliz semana, nena.

Canduxa disse...

Minha Querida Mariazita,

Ora aí esta um belíssimo texto.
Quando me apercebi que podia desistir de muitas das coisas que aqui li, há já uns bons anos atrás, reencontrei o meu equilíbrio e a minha felicidade.
Para quê insistir em coisas que nunca vamos conseguir e que só nos tiram a paz de espírito?
A vida é demasiado preciosa e curta para ser vivida com sofrimento.

Que todos que por aqui passarem possam desistir daquilo que mais o faz sofrer.

Muitos sorrisos neste dia de Priamavera...em que o sol se envergonhou e cheio de brilho veio mostrarem também o seu sorriso.

beijinhos de luz

JADY*ALVES disse...

Linda, querida e amada amiga!

Desistir do que não vale a pena e insistir no que merecemos, como as pequenas coisas que nos fazem tanto bem e esquecemos...
Como a chuva molhando, e o beijo estalado no rosto que esquecemos de retribuir.
Como os amigos dos quais gostamos e a vontade de de nunca vê-los partir...
Estou pensando amiga em tanta coisa aqui...
Beijos e feliz domingo.
Não te esqueço nunca!!!
Carinhos da Jady pra tí.

Su disse...

Desistir, abrir mão de algo, tb é um ato de coragem. Precisamos saber do que realmente precisamos, o que tentar e o que desistir...

Bjos!

Bergilde Croce disse...

Mariazita, por este prisma de colocação do texto o melhor mesmo é desistir,mas a contradição é que na vida somos feitos pra competir e lutar sem jamais nos arrender.Apenas os evoluídos atingem esse grau de reflexão.Ótima mensagem por você aqui registrada.Abraços e boa semana,Bergilde Croce

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Nunca desisto! Lindo de Vi.ver!
++++++++++++++

*Um amigo sincero pode fazer brotar um sorriso
quando não suportamos mais e estamos abatidos.
Um amigo sincero pode compreender nossa provação
e nos pôr de volta no caminho certo com um aperto de mãos.
Um amigo sincero divide conosco os sonhos mais secretos
Ao mesmo tempo que permanece discreto.
Um amigo sincero vale mais do que o ouro,
pois de coração só quer a nossa felicidade, o nosso maior tesouro.
Poema da Renata*

Bisous*
Bons Dias, sempre Mariazita*

Hana disse...

Tudo tem um tempo certo, o mundo a vida as vezes é como guerras e lutas travadas, chega uma hora que temos que recuar, deisitir, para pensar, dar o tempo certo e então recomeçar sobre uma nova óptica, recomeçar com nova verssão, mudar o figurino, mudar recomeçar de outra forma, agora mais madura, e de outro jeito!
com carinho
Hana

Vicktor disse...

Querida Mariazita

Este "desistir" é optar... optar por realizar obra, construir, ser solidário...

Desenvolver as nossas memórias... não ter saudade mas ter memória...

O futuro está já aí e o presente rapidamente é passado...

Beijinhos.

In Cucina disse...

Querida amiga Mariazita, na nossa idade devemos sim desistir de tudo que não nos dá mais prazer, de tudo que nos aborrece e fazermos o que nos faz feliz! Claro que na medida do possível!

Desculpe se ando um pouco ausente, mas estou com pouco tempo, mal consigo organizar o meu blog.

Beijos brasileiros, teresa

Alvaro Oliveira disse...

Olá Mariazita

hoje, como sinto os olhos mais aliviados, menos nublados, deu para ler a maior parte de seu post.
E acho mesmo acertado desistir mesmo de tanta coisa que gostaria de enumerar e que não faço, pois iria deixar seu blog extremamente sobrecarregado.
Melhor, é desistir mesmo.

Adorei seu post

Beijos

Alvaro

Fernanda disse...

Querida amiga Mariazita,

Sinceramente...faz muito bem!!!!!!!
Sobretudo saber o que nos faz felizes, sem sacrificar a nossa auto-estima é um acto de inteligência que só merece aplausos.

Adorei o seu texto por todas as reflexões que nos são impostas.
Foi muito bom reflectir conjuntamente consigo.

Beijinhos neste Domingo com aromas vários a Primavera.
Dia de sol...dia de mais alegria, comigo funciona assim.

Fernanda disse...

Querida amiga Mariazita!

Já jantou???!!! ;)))))

Volte por favor ao Rau porque o 3º. Selo é para todos que eu convide a levar.
Ainda não tinha chegado lá...
O selo de Comentarista é seu se o quiser aceitar.
Eu gostaria muito que o fizesse.

Beijinhoa

Maria João disse...

Mariazita

Acredita minha amiga, que procuro "desistir" diáriamente. Sob esta perspectiva, não é fácil... mas há muito, me fui apercebendo, que este é o melhor caminho para me cumprir verdadeiramente.

Um, beijinho grande

Irene Moreira disse...

Mariazita

Sernsacional esse texto, maravilhoso- é isso mesmo que todos deistam, enmtreguem os pkjtos por todos os motivos aqui ressaltados e outros mais que venham a engrandecer o ser humano.

Beijos e boa semana

xistosa - (josé torres) disse...

Eu não desiti nem desisto.
Tenho ali no fumeiro, meio salpicão com "olhos" de morte, a olhar para mim.
Há também um naco de presunto e uma morcela de arroz.
Mesmo ao lado, duas "lanternas" de "Regional Alentejano" (não sou exigente!) que me vão iluminar, a mim e aos enchidos, o caminho da perdição ...
É por isso que não desisto e talvez melhor ainda, que não resisto.

Desculpe revolver o post, mas ... o corpo e a mente só me conduzem para maus caminhos.

Um boa semana.

Daniel Costa disse...

Mariazita

Um artigo estupendo com que estou completamene de acordo. Se andamos despertos devemos sempre ler bem o que nos dizem texto destes, como o de Thais Cadorim, que muito bem apresentas.
Nunca te disse mas adoro a tua prespicácia.
Beijos
Daniel

poetaeusou . . . disse...

*
parabens
pelo teu post,
fantástico,
,
comento com as palavras
de Thais Cadorim.
porquê ?
foi uma constante
da minha vida !
>
(Com essa filosofia eu ganhei um monte de parceiros, ao invés de cultivar inimigos.
Se eu fosse você, desistia também...)
,
conchinhas, ficam,
,
*

lis disse...

Desistir exige coragem também , quando implica em mais gente envolvida. Mas desistir de muitas coisitas que nos atrapalham a caminhar é bom demais
Que alívio quando desistimos!! rs
meus abraços ,Mariazita

Pelos caminhos da vida. disse...

Quando vejo que alguma coisa não vai dar certo para mim desisto e parto para outras metas, não sou daquela que fico insistindo em algo que no fundo sei que não vai dar certo.

beijooo.

Francisco Sobreira disse...

Querida Maria,
À medida que os anos vão passando, as pessoas deixam de dar importância a muitas coisas que fazem parte da sua existência. Elas se dão conta de que não vale mais a pena continuar a cultivá-las. E essa renúncia, geralmente, torna-lhes a vida melhor. Um beijo.

Angela Ladeiro disse...

A vida é feita disso também...desistir. A coragem de o fazer, por vezes falta. Ou será somente comodismo?
Mas nunca desista de ser feliz, pois a vida é bem curta e não espera. Uma santa e feliz Páscoa

Luis disse...

Querida Amiga Mariazita,
Adorei este seu post! No fundo não há desistência alguma o que há é um melhor entendimento da Vida! Aparta o essencial do supérfluo e só dá valor ao primeiro. É um acto de perfeita inteligência.
Como lhe disse logo de inicio apreciei-o e por isso, se não me levar a mal, irei levá-lo para a Tulha enriquecendo-a deste modo!
Um beijinho muito amigo.

São disse...

Nena, correndo, correndo para te "isplicar": é que o comentário só entrou à terceira tentativa!

E achas mesmo que não gosto do aqui colocas?!

Um grande abraço.

Hana disse...

Vim dar um beijino em vc, sobre o post eu ja comentei, já li. obrigada peloafeto em meu blo.
com carinho
Hana

Pérola disse...

Nossa amiga.
Eu já desisti de tanta coisa.
Já ñ tenho mais idade para insistir rs.
Um beijo enorme.
Uma linda noite.
beijokas.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

É fechar os olhos e ver-te,

é pensar em ti e poder ouvir-te,

é poder tocar-te, é abraçar-te,

sentir teu cheiro mesmo sem estares aqui...

É ouvir um eco suave o som das tuas palavras,

é olhar para o infinito e ver teus olhos fixos olhando para mim...

Sentir-te, é não precisar pedir para fazer o que quero sentir,

é não precisar pedir pra dizer o que quero ouvir

mesmo sem encontrar palavras...

Sentir-te é um sentimento que não dá para tirar conclusões

ou inventar palavras para expressar ...

Entre todas as coisas,

é poder explicar o que não tem explicação,

é um sentimento bom e ruim ao mesmo tempo...

Sofro por não te ter pra te dar tudo que sinto...

Sofro o medo e a insegurança de perder-te...

Será??

Amorrr
Poema da Renata

***

Beijos, minha querida amiga Mariazita******************
Boa Noite!
Renata

Ana Martins disse...

Adorei Mariazita!
De facto há coisas que só servem para nos deprimir e dificultar a vida, o melhor é desistir mesmo e só nos preocuparmos com o que é mesmo importante.

Beijinhos,
Ana Martins

Desnuda disse...

Mariazitaaaaaaaaaaaaaaaa!

na na ni na nãoooooooooooo! Você chegou a tempo, sim! É hoje, dia 26 hhaahahahaahah.


E deixa de graça...Que beijo tristinho?...Vou chamar Botinhas que você vai rir tanto e aí sim até esquecer de me mandar beijos kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Aí eu brigo! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Beijos, queridonaaaaaaaaaaaaaa!

Multiolhares disse...

Há muito tempo que também desisti" eu não chamaria de desistir, mas de deixar que moldem a minha forma de ser de estar e de sentir, infelizmente hoje vimos as pessoas a correrem para o mesmo lado a vestir da mesma forma a sofrer por não ter os tais topo de gama, e no fim são pessoas infelizes que não se encontram com elas proprias que na verdade se desconhecem, temos de saber quem somos o que queremos de verdade e fazermos a felicidade de dentro para fora pois o superficial deixa sempre um vazio
beijinhos

São disse...

Tudo bem?

Bom fim de semana, linda.

DE-PROPOSITO disse...

Desisti
---------
É claro que não devemos desistir. A perseverança acima de tudo. Será uma forma de alguns sonhos se tornarem em realidades.
--------
Felicidades.
Manuel

Sandra disse...

BOA TARDE!!!!

SÓ vc é capaz de preenceher todo o meu coração Virtual.
Muito obrigada pela visita.
Retribuir é um ato de Amor.
Por isso venho te dizer que que sou muito feliz Com os seus comentários E CARINHOS POR LÁ REGISTRADOS.
Curiosa e demais blogs, só tem é agradecer pela sua imensa amizade. Construimos juntos este laço de Amizades, de Carinho e Afeto E SINCERIDADE.MUITO VERDADEIRA.
Sou feliz com a sua companhia e afeto. As vezes demoramos, PARA VISITAR, mas contra a nossa vontade. Porque a vida Real. é intensa. Não podemos fugir dela.
Deixo um grande carinho e um forte abraço, cheio de Luz e Paz.
Quando vim na curiosa, passe pela interação de amigos e tome o seu cafezinho..
Agradeço imensamente o seu Amor..
Tenha um lindo Final de Semana.
Carinhosamente,
Sandra

Não esqueço..Posso demorar..mas venho..VOCÊ MORA DENTRO DO MEU CORAÇÃO.NÃO NO LADO..MAS SIM BEM NO MEIO DELE.

Desnuda disse...

Amiga,


miminhos de vó são sempre em demasia! Que delícia! Então quando estiver fazendo alguns na netinha, faça um por mim também, por favor! Graças a Deus tudo correu bem, amiga. Fico feliz.

Beijão, querida! Te adoro, visse?

Tite disse...

É verdade tudo isso.
Eu só não quero desistir da qualidade de vida que me propus para esta fase de reformada.
Levámos tanto tempo a conquistar conhecimento que o melhor que agora podemos fazer é espalhá-lo.
Se alguém quiser aproveitar... melhor. Caso contrário... quem somos nós para impormos nossas ideias!!!!

Beijos amiga

Táxi Pluvioso disse...

No fundo desistir de desistir.

Sra. disse...

Olá Mariazita,

Fico muito feliz que meu texto esteja rodando o mundo... Outro dia alguém me pediu para usá-lo no reencontro de uma turma de faculdade que se formou há 25 anos, achei o máximo!

Lindos e carinhosos os comentários de seus amigos.

Só tenho uma ressalva a fazer, a moça da foto é muito bonita, mas não sou eu... rsrsrs

Um grande abraço.

Thais Cadorim
[Serra - Espírito Santo - Brasil]