domingo, 19 de abril de 2009

Faxina na Alma

Aproveitando os últimos perfumes da Páscoa que ainda se sentem no ar, convido-vos a apreciar este belo texto de Carlos Drummond de Andrade, que nos fala de Recomeço, Renovação, Reinício…

Faxina na Alma

Não importa onde você parou, em que momento da vida você cansou. Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo, é renovar as esperanças na vida e o mais importante, acreditar em você de novo.
Sofreu muito nesse período? Foi aprendizado.
Chorou muito? Foi limpeza da alma.
Ficou com raiva das pessoas? Foi para perdoá-las um dia.
Sentiu-se só por diversas vezes? É porque fechou a porta até para os anjos.
Acreditou que tudo estava perdido? Era o início de sua melhora.
Pois é... agora é hora de reiniciar, de pensar na luz, de encontrar prazer nas coisas simples de novo.

Um corte de cabelo arrojado, diferente?
Um novo curso, ou aquele velho desejo de aprender:
pintar, desenhar, dominar o computador, ou qualquer outra coisa.
Olha quanto desafio, quanta coisa nova, nesse mundão de meu Deus te esperando.

Está se sentindo sozinho? Besteira...
Tem tanta gente que você afastou com o seu "período de isolamento".
Tem tanta gente esperando, apenas um sorriso teu, para "chegar" perto de você.

Quando nos trancamos na tristeza, nem nós mesmos nos suportamos; ficamos horríveis, o mal humor vai comendo nosso fígado, até a boca fica amarga.
Recomeçar...
Hoje é um bom dia para começar novos desafios. Onde você quer chegar? Ir alto, sonhe alto. Queira o melhor do melhor. Queira coisas boas para a vida.
Pensando assim trazemos para nós, aquilo que desejamos...

Se pensamos pequeno, coisas pequenas teremos.
Já se desejarmos fortemente o melhor e principalmente lutarmos pelo melhor, o melhor vai se instalar na nossa vida.

E é hoje o dia da faxina mental. Joga fora tudo que te prende ao assado, ao mundinho de coisas tristes: fotos, peças de roupa, papel de bala, ingressos de cinema, bilhetes de viagens, e toda aquela tranqueira que guardamos quando nos julgamos apaixonados... Jogue tudo fora.
Mas principalmente, esvazie seu coração, fique pronto para a vida, para um novo amor!
Lembre-se somos apaixonáveis, somos sempre capazes de amar muitas e muitas vezes. Afinal de contas, nós somos o "Amor"...

Porque sou do tamanho daquilo que vejo, e não do tamanho da minha altura.

Carlos Drummond de Andrade

Itabira do Mato Dentro [Itabira] MG
1902/10/31 - 1987/08/17

24 comentários:

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Lindo, Mariazita. E cabe como uma luva na minha atual situação. Vou ser transplantada na quarta. O António Pais tinha feito um poema para mim que agora republiquei no Feminina. Eu ficaria muito feliz se vc fosse apreciá-lo, pois estará dando-me muita força.
Um beijo, amiga,
Renata

Ana Martins disse...

Querida amiga,
hoje venho dizer-te que há no Ave Sem Asas, um presente para ti.

Amanhã virei ler o teu post, já é muito tarde para o fazer.

Beijinhos,
Ana Martins

Desnuda disse...

Que B E L E Z AAAAAAAAAA! Salve Salve Drummond e tantos poetas mineiros maravilhosos! E o estado que amo de paixão. Pura sabedoria e uma linda reflexão, porque fomos feitos a semelhança do Pai e portanto, somos feitos de AMOR e para AMAR.


Beijos, amiga

Zé do Cão disse...

Amor e Amar as palavras mágicas que movem tudo.

beijocas

Giselle disse...

Querida Má,
já publiquei esse texto maravilhoso em meu blog, a sabedoria é incrível, nunca é tarde para recomeçar ...
Desistir jamais, levantemos a cabeça e seguiremos em frente ...
Lindo domingo para vc minha querida ...
um beijo enorme em seu coração,
Gi

Desnuda disse...

AMIGAAAAAAAAAAAAAAA! DESCOBRI O PROBLEMA!!!


Olha só...uma besteira que estava paralizando meu blog. Eu tinha desde sempre o widgets do compteurcc...Isto de contador de visitas que ficava abaixo do blog. Retirei e pronto! O Sam é outro contador, não teve problemas. Este que estava no Desnuda estava bloqueando o blog! Eita!!! Depois verifique quando tiver um tempinho! Beijos e obrigada amiga!

In Cucina disse...

QUE BELEZA DE POEMA "FAXINA ANA ALMA" DO ESPAETACULAR POETA CARLOS DRUMMOND!
PARABÉNS POR MAIS ESSA BRILHANTE ESCOLHA! COMBINA MUITO BEM COM O PÓS PASCOA.
BEIJOS BRASILEIROS PARA MINHA AMIGA PORTUGUESA, TERESA

Desnuda disse...

Oi amiga!


Agora ve! Pura sorte! Sempre tive este contador..Procurei no ajuda do google e vi relatos sobre este contador. Não levei a serio, mas não custava tentar...Retirei e deu certo! Ora ...Ora!


* To rindo de me escangalhar com esta frase tua, Mariazita "na variedade é que está o prazer!!!!

Ah, se Botinhas lê isso! kkkkkkkkkkkkkkkkk


Te adoro. Beijo

Francisco Sobreira disse...

Grande Drummond. Grande na poesia, grande também na crônica, embora um pouco menos do que na primeira. Muito bom, querida amiga, você nos presentear com esse bela prosa de um dos maiores poetas da língua portuguesa. Um beijo carinhoso.

com senso disse...

Amiga Mariazita

Tenho uma imensa admiração pela beleza dos texto de Drummond de Andrade. E este é sem dúvida um belo texto.
Não resisto a colar aqui um poema dele que considero o mais provocatóriamente sobre a vida, é o "QUADRILHA":

"João amava Teresa que amava Raimundo
que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili
que não amava ninguém.
João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento,
Raimundo morreu de desastre, Maria ficou pra tia,
Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes
que não tinha entrado na história"

Acho-o uma verdaeira delícia.
Bem-haja pela escolha.
Um beijinho.

JADY*ALVES disse...

Boa Noite minha Querida Amiga!

Somos sim do tamanho que pensamos ser!

Se a vida não para... Porque havemos de parar?

É preciso continuar nossa travetória e seus percalços seja ele, árduo ou não, e a escolha é somente nossa, se teremos muito mais motivos pra chorar que sorrir...

A vida é um eterno aprendizado, viemos aqui pra extrairmos nesse plano o melhor de suas lições, porque nossa alma é Eterna, resta-nos fazermos com carinho nossas lições até que tenhamos aprendido e vivenciado todas elas.

Abraços e carinhos da jady

Darwin disse...

“Recomeça…se puderes, sem angústia e sem pressa. E os passos que deres, nesse caminho duro do futuro, dá-os em liberdade.” (Miguel Torga)

Na vida há uma altura em que a vontade de recomeçar fala mais alto. Uma altura em que queremos nascer de novo, apagar um passado e começar tudo de novo. A vida ensina-nos que nada tem um carácter definitivo e que não é feita de pontos finais, apenas virgulas e também algumas reticências.

Bonito o texto de Carlos Drummond. Parece-me que a última frase é de Fernando Pessoa.

Meg disse...

Mariazita,

Gosto muito do Drummond de Andrade e este texto é tão claro, minha amiga!

Hoje é um bom dia para começar novos desafios. Onde você quer chegar? Ir alto, sonhe alto. Queira o melhor do melhor. Queira coisas boas para a vida.
Pensando assim trazemos para nós, aquilo que desejamos...
Mais palavras para quê?

Recomecemos.

Um beijo

Francisco Sobreira disse...

Querida Maria,
Volto aqui somente para dizer que, EXCEPCIONALMENTE, por causa de uma data muito especial na minha vida, atualizei o Luzes da Cidade nesta segunda-feira. Se puder passar lá ainda hoje, ficaria muito agradecido. Um beijo grandoso.

Maria João disse...

Querida amiga

Cada momento na nossa vida é uma lição, uma oportunidade de nos descobrirmos e de melhorar o que somos. Tanto nas rosas como nos espinhos existe sempre algo para guardar dentro de nós, ficaremos assim mais fortes, mas também mais serenos. Descobrindo o que somos e do que somos capazes, saberemos a verdade sobre nós. Filhos do Criador, somos a sua imagem e semelhança. Somos força, coragem e fé, somos perdão, humildade e dádiva...
Sejamos então o que a vida nos pede em cada segundo de cada dia!

Gosto muito de Drummond de Andrade... e de ti também Mariazita!

Um beijinho

Sonia Schmorantz disse...

“Nada há de mais poderoso que uma idéia
Que chegou no tempo certo.”
Victor Hugo

Tenha uma semana maravilhosa.
Abraço

Sônia

Canduxa disse...

Querida Mariazita,

Adorei este texto. Adoro tudo que escreve Carlos Drummond!
Como sabes, estou em permanente faxina da alma… Faz-me bem!
Todos os dia aprendemos e evoluímos e isso altera para melhor o que sentimos.
Renovação, alegria, mente limpa e muito amor à mistura com cortes de cabelo, vontade de aprender coisas novas (agora no computador!!!!) e sorriso de orelha a orelha torna a vida mais colorida.
Assim vale a pena viver!
Ontem senti a tua falta…é assim quando temos “manita” linda.
Espero que estejas melhorzinha!
Beijinhos de luz
canduxa

Justine disse...

Todos os dias são bons para recomeçar. E é preciso recomeçar todos os dias...
[Obrigada pela visita:))]

Mariazita disse...

Caro Darwin
Miguel Torga, um dos meus poetas preferidos!
Concordo que é muito importante que os passos sejam dados em liberdade. É condição indispensável.

Tudo tem o seu tempo e o seu momento certo.
E se um “recomeço” ou um “começo” não for feito no momento certo está condenado ao fracasso.
Por isso é tão importante saber quando pôr em prática uma decisão.
Quantas vezes decidimos mudar o nosso procedimento em relação a um determinado assunto, e em breve “esquecemos” o que tínhamos decidido?!...
Tem-me acontecido a mim, tal como, acredito, à maioria das pessoas.

Muito obrigada por ter partilhado connosco a sua opinião.
Beijinhos
Mariazita

Pena disse...

Oh, Gigante e Admirável Amiga:
Sim! Um renovar onde só a felicidade tem lugar e cabimento. Esquecer as incertezas da dor de Alma que por vezes assola as pessoas.
Um perpétuo sorriso simpático. Uma lição de vida linda nos dá.
Um texto soberbo de encantar.
Tem génio. Tem talento. Tem o dom na escrita de maravilhar e deslumbrar quem aqui passa.
As suas palavras são ricas, intensas, profundas e originais de um fabuloso sentir.
NOTÁVEL!

Beijinhos de grandioso respeito, estima e consideração.
OBRIGADO pela simpatia no meu blog.
Bem-Haja, fabulosa e gigante amiga!
Adorei.

elvira carvalho disse...

Um texto muito bonito que eu já conhecia, mas que é sempre muito bom recordar.
Um abraço

Ana Martins disse...

Querida amiga Mariazita,
já vi o teu comentário à algum tempo. Estive até agora a tentar descobrir e não sei como isso se faz.
Sei coloca-los com link na barra lateral do blogue, mas no post não.

Lamento Mariazita, mas não te consigo ajudar, mas talvez a Fenix o consiga fazer.

Beijinhos,
Ana Martins

Oliver Pickwick disse...

Já o conhecia, no entanto, nunca me canso de lê-lo outra vez. É um dos melhores estímulos ao otimismo que conheço.
Continuo freguês das suas escolhas, querida Mariazita.
Um beijo!

Sting RMF disse...

Aconselho a visitar este endereço.
http://colunistas.ig.com.br/mauriciostycer/2009/02/13/o-falso-poema-de-drummond-que-circula-na-internet/comment-page-2/
O txt não é de Drummond e me estranha q de tds os comentários ninguém tenha-se dado acordo disso. Acho legal atribuir a autoria a quem de direito.