quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

MENSAGENS NATALÍCIAS

Com o post de hoje encerro o ciclo de mensagens natalícias de 2008.
O ano está a terminar, falta apenas uma semana para aparecer o Ano Novo – precisamente de hoje a uma semana.
Falaremos sobre isso ao longo destes dias que restam de 2008.
Entretanto, para despedida do Natal, partilho convosco um conto de Natal, da autoria de Isar Maria Silveira..
E para terminar em verdadeira beleza, aprecie, no final, a belíssima canção de Natal “ O Holy Night”

UM CONTO DE NATAL

Texto de Isar Maria Silveira

Há muitos anos Neimar de Barros (*) visitou minha terra natal, Sant’Ana do Livramento.
Fez uma palestra na Igreja Nossa Senhora do Rosário, a qual minha família frequentava.
Na fria noite, um sábado de Agosto, os bancos todos estavam lotados, e ainda havia gente em pé no fundo do vasto templo.
Todos queriam ouvir o homem que escrevera o livro “Deus Negro”.
E lá estávamos nós: meu pai, minha mãe e eu.

Ao entrar, sob acalorados aplausos, Neimar pediu silêncio, e, antes de iniciar o que iria falar naquela noite, disse:
- Senhores, ao chegar aqui, encontrei um casal muito humilde.
Eles são do interior, não têm parentes na cidade, e vieram em busca de um emprego que foi prometido ao marido.
Ela está grávida e eles não têm dinheiro para pagar um hotel. Precisam ficar na casa de alguém até segunda-feira. Qualquer espaço serve.
Quem de vocês poderia recebê-los?

Fez-se um silêncio profundo.

Lembro do olhar trocado entre meus pais.
Meu pai ergueu a mão e disse que poderiam ficar em nossa casa.

Neimar olhava ao redor como se não tivesse visto o gesto, e ainda esperasse pela manifestação de outra família.

Ninguém mais levantou a mão.

Então o palestrante virou-se para onde estávamos sentados e disse:
- Após a conversa que terei hoje aqui, por favor venham falar comigo.

Neimar discorreu sobre solidariedade, fé, amor ao próximo, e muitos outros assuntos que aqueciam nosso coração e nos faziam pensar em como podíamos ser melhores.
Sensibilizou com suas palavras até os corações mais duros.

Antes do final da palestra chamou-nos até onde estava, abraçou-nos longamente e colocou-se entre nós.
Por fim falou a todos os presentes:
- O casal de que lhes falei são Maria e José.
Apenas esta família, entre tantas aqui presentes, acolheria o Menino Jesus.


Nunca esqueci desse fato.

Hoje me pergunto se eu seria capaz do gesto de meus pais.



*Neimar de Barros era um conhecido produtor de televisão que, na década de 1970, após ter participado num encontro religioso, se tornou pregador e escritor de livros religiosos.
Deixou o trabalho na televisão e, junto com outras pessoas do meio artístico, criou um instituto de missionários leigos católicos que faziam palestras em todo o país.
Os seus livros tiveram grande aceitação, especialmente o beste-seller “Deus Negro”.


Isair Maria Siveira diz, de si própria
- Meu nome: Isar Maria da Fontoura Silveira , gaúcha, mora em Canoas, no RS.
Sou: mãe, profissional, estudante, amante, amiga…são tantas!
Na verdade sou artista, sempre representando um papel.
Visto máscaras conforme a situação e faço da vida um grande palco.
De todos os meus papéis o que me dá mais satisfação é escrever…



Luciano Pavarotti & Placido Domingo - O Holy Night

12 comentários:

daniel milagre disse...

Mariazita

Com o belíssimo Conto de Natal de Isar Maria Silveira, das tua notas e da música "O Holy Night", cantado por Luciano Pavaroti e Plácido Domingo. Creio que devo ainda desejar Boas Festas, porque ainda há oito dias de graça, até que chegue o Novo Ano.
Beijinhos,
Daniel

elvira carvalho disse...

E eu me pergunto igualmente, qual seria a nossa resposta, hoje.
Um abraço e obrigada por este conto que nos obriga a refletir.
Um abraço

Ana Martins disse...

Querida amiga,
uma grande lição de vida, tal como a nossa amiga Elvira, eu também me pergunto qual seria a minha decisão.
Sim, porque nos tempos que correm, vive-se desconfiado e pensa-se muito na segurança, o que nos pode obrigar a agir com a cabeça tentando calar o que nos diz o coração.

Continuação de Boas Festas e Próspero Ano Novo.

Beijinhos,
Ana Martins

Paula Raposo disse...

Um post perfeito!! Muitos beijos.

Rafeiro Perfumado disse...

E encerras com chave de ouro... que comecem as postagens sobre 2009!

Beijo!

as-nunes disse...

Mariazita
Há muito que não passava por este sítio, vagabundando por aí, entretido e emocionado com a família, com a magia do Natal.
E quase que perdia estas sentidas mensagens Natalícias.
Qual delas a mais interrogativa para as nossas consciências e apelativas aos nossos sentimentos.
Que venha agora um ANO NOVO verdadeiramente renovado e reformador.
Beijinhos
António

o que me vier à real gana disse...

Mariazita, continuação de boas-festas!

Gostava de te oferecer um pedacito de musgo!... Pois, agora não vai a tempo eheheh!... ou vai, pois "Natal é em Dezembro/ mas em Maio pode ser/ Natal é em Setembro/ é quando um homem quiser/ Natal é todo o fruto/ que há no ventre da mulher"...então vai!

Bj

Meg disse...

Mariazita,
Um conto muito bonito mas que levanta muitas dúvidas em quem o lê!
Para reflectir.

Um beijo

o que me vier à real gana disse...

Mariazitalinda, bjs doces tb para ti!

Fenix disse...

Bonito conto!
Muito apropriado aos dias que vivemos..., tanto aos da quadra natalícia, como aos da actualidade...
Que faria eu?
Claro que o meu primeiro impulso seria erguer a mão e oferecer o meu lar!
Mas..., e o pior é mesmo o "mas", o pensar, usar mais a razão e fechar o coração...
Talvez eu erguesse a mão tão repentinamente que não chegasse a ter tempo de pensar e chegar ao "mas".
Vou acreditar que sim!
Continuação e BOAS FESTAS
Muitos beijinhos
Fenix

Mariazita disse...

AMIGAS, AMIGOS, COMENTADORES EM GERAL,
MEUS QUERIDOS,

A TODOS O MEU MELHOR AGRADECIMENTO PELA VOSSA VISITA E COMENTÁRIO.

ESPERAVA PODER RESPONDER A CADA UM SEPARADAMENTE, COMO É HABITUAL, MAS CHEGUEI À CONCLUSÃO DE QUE TAL NÃO É POSSÍVEL (PELO MENOS EM TEMPO ÚTIL...)

ASSIM SENDO, EM TODOS OS MEUS POSTS DE "MENSAGENS NATALÍCIAS" A MINHA RESPOSTA SERÁ ESTA:

UM "MUITO OBRIGADA",DE CORAÇÃO, A TODOS!

Beijinhos
Mariazita

Beatriz Bragança disse...

Querida Mariazita
Vim ver o início do seu blog e deparo-me com uma belíssima história,aliás considero mais do que uma: a contada e a da vida deste homem.
Também para mim é o final de um ciclo, dado que um novo ano lectivo se aproxima e já estou a preparar tudo para as minhas netas.
É a vida, sempre com recomeços.
Gostei muito do que li.
Uma boa semana.
Um beijinho
Beatriz