quinta-feira, 18 de setembro de 2008

SE EU MORRER ANTES DE VOCÊ

Se quiséssemos ordenar os sentimentos por categorias, e considerássemos o Amor em primeiro lugar, como sendo o mais belo sentimento que existe – Solidariedade, Fraternidade….até mesmo Humildade, têm por base o Amor – poderíamos situar a Amizade em segundo lugar.

Ser preterida em favor do vencedor em nada a desprestigia.
Na realidade, quando é sincera, a amizade tem nuances que, muitas vezes leva a que se confunda com Amor.
Em muitos casos, um Amor muito profundo, ao longo dos anos pode transformar-se em Amizade, um sentimento tanto ou mais forte do que aquele que o originou.

Pensar em Amizade faz-nos lembrar que:

- Há amigos muito diferentes de nós, que nos entendem na perfeição;
- Nos ajudam nos momentos difíceis;
- Nos cobrem de paz;
- Nos mimam, quando eles mesmos necessitam de mimos;
E também:
- Os que parece que não, mas “estão sempre aí”
- Os que são capazes de tudo para nos evitar um mau momento
- Os que nos fazem rir quando estamos tristes
- Os que nos aguardam sempre
- Os que estão sempre atentos ao que necessitamos.

E há os que fazem a nossa vida mais simples, iluminando cada momento:

Se eu morrer antes de você,
faça-me um favor:

Chore o quanto quiser, mas não brigue com Deus por
Ele haver me levado.

Se não quiser chorar, não chore.
Se não conseguir chorar, não se preocupe.

Se tiver vontade de rir, ria.
Se alguns amigos contarem algum fato a meu respeito, ouça e acrescente sua versão.
Se me elogiarem demais, corrija o exagero.
Se me criticarem demais, defenda-me.

Se me quiserem fazer uma santa, só porque morri,
mostre que eu tinha um pouco de santa,
mas estava longe de ser a santa que me pintam.
Se me quiserem fazer um demónio, mostre que eu talvez tivesse um pouco de demónio,
mas que a vida inteira eu tentei ser boa e amiga.

Espero estar com Ele o suficiente para continuar
sendo útil a você, lá onde estiver.

E se tiver vontade de escrever alguma coisa sobre mim, diga apenas uma frase:
- "Foi minha amiga, acreditou em mim e me quis mais perto de Deus!"
Aí, então derrame uma lágrima.
Eu não estarei presente para enxugá-la, mas não faz mal.
Outros amigos farão isso no meu lugar.
E, vendo-me bem substituída, irei cuidar de minha nova tarefa no céu.

Mas, de vez em quando, dê uma espiadinha na direcção de Deus.
Você não me verá, mas eu ficaria muito feliz vendo você olhar para Ele.
E, quando chegar a sua vez de ir para o Pai,
aí, sem nenhum véu a separar a gente, vamos viver, em Deus,
a amizade que aqui nos preparou para Ele.

Você acredita nessas coisas?
Então ore para que nós vivamos como quem sabe
que vai morrer um dia, e que morramos
como quem soube viver direito.
Amizade só faz sentido se traz o céu para mais perto da gente, e se inaugura aqui mesmo o seu começo.
Mas, se eu morrer antes de você, acho que não vou estranhar o céu...

"Ser sua amiga... já é um pedaço dele..."

Um GRANDE e FORTE abraço de Amizade para todos.

Para despedida mesmo, deixo-vos este vídeo

Fado ' Rosas Brancas '

37 comentários:

daniel disse...

Mariazita

O poema, se lhe dedicarmos a devida atenção, contém uma lição de vida, que tem a ver com o amor e a amizade.
A amizade será assim como um amor sublimado, já que um verdadeiro amor parte da capacidade de se ser amigo.
Muitas ocasiões de uma vida em comum, a amizade, a solidariedade, a fraternidade, porque não a humanidade? São postas à prova!
Beijos,
Daniel

com senso disse...

Amiga Mariazita

Os seus texto têm o condão de me porem a caminhar pelas memórias e, neste caso concreto recordar alguns bons amigos que já partiram.

Creio que a amizade é sempre algo de muito raro e muitas vezes está ali mesmo à nossa beira e de tão evidente, não a percebemos a sua verdadeira dimensão.

Depois, Amigo e Amiga são palavras que se usam vezes demais, muitas vezes para destinatários errados, e esvaziadas do seu verdadeiro conteúdo.

Lembrar que este sentimento existe, desta forma tão bonita e com um poema tão intenso, é colocar no patamar onde deve estar.

Este post é mais um excelente alerta para o que de importante tem a vida!
Bem-haja por isso, Mariazita!
Um beijnho com amizade!

Giselle disse...

Mariazita,
vc já viu o filme "Antes de Partir"?
É lindo ...
Lindo como o seu poema ...
beijos

mundo azul disse...

...sim! A amizade verdadeira é uma jóia muito rara e deve ser polida sempre, para conservar o brilho...

Felizes os que podem dizer que tem, pelo menos um, verdadeiro amigo!


Lindas as suas palavras!

Beijos de luz e o meu carinho...

A. João Soares disse...

Cara Mariazita,
Parabéns pelos lindos posts que aqui tem trazido, dando ao blog um estilo muito adequado ao CVS, com lições de vida para os seniores de hoje ensinarem aos seniores de amanhã.
Bem haja pela qualidade dos temas e pela sua arte de os apresentar.
Beijos
João

Espaço do João disse...

Sinceramente, foi a primeira vêz que entrei neste seu espaço. Muito embora não pratique qualquer religião, não deixo de pensar que do nada aparecesse algo. Para mim é o chamado mistério.Quer lhe chamem Deus ou outra coisa qualquer, será sempre um mistério. Apareça sempre, pois não vou dizer que não gostei da forma como apresentou o seu texto. Desde que não nos ofendamos todos serão bem recebidos.A vida é para ser vivida por todos e, em dignidade.Eu por ex. gosto imnso de flores mas, quando morrer peço a todos encarecidamente que não cortemas flores para me acompanhar, até porque meu corpo será cremado e, as flores não merecem tal castigo.
Um abraço amigo. João

Carlos Rebola disse...

Mariazita

É lindo este hino à amizade.
Amiga(o) é realmente aquela(e) que mesmo depois de partir continua a nosso lado na memória e recordação de pensamentos bons e bonitos de se reviverem.
Beijos

Ana Diniz disse...

Querida,

tocante. Parece que esquecemos que somos mortais, que um dia vamos nos separar das pessoas que amamos. Parece que esquecemos e vivemos anestesiados. E esta "anestesia" acaba quando se perde alguém: dor. Mas a vida continua, para lá da existência... Mas me dá lincença pra falar que não quero que vc morra? Sinto-me já tão sua amiga e reconheço a sua alma, bem antes desta vida...

Mariazita disse...

Olá, Daniel
Penso que, entre amor e amizade, as fronteiras são, muitas vezes, indefinidas.
De qualquer modo, ambos são muito importantes na nossa vida.
É tão bom ter amigos!
Beijinhos
Mariazita

Mariazita disse...

Com senso, meu amigo
Penso que muitos, senão a maioria de nós, teve alguém muito amigo que já partiu.
Conservamo-lo na memória? É porque era amigo verdadeiro.
Geralmente não pensamos muito no "quanto" somos amigos - limitamo-nos a "ser". É tão natural como respirar.
É certo que se banalizou a palavra "amigo"; usa-se até para designar simples conhecidos.
Contudo, os verdadeiros sabem que o são. Mas é importante lembrar-lhes (e lembrarmo-nos) com gestos de carinho.
É com esse carinho que lhe deixo
beijinhos.
Mariazita

Mariazita disse...

Oi, Giselle
Não vi o filme, mas imagino do que trate...para o referir aqui.
Tentarei vê-lo, e depois falamos.
Obrigada.
Beijinhos
Mariazita

Mariazita disse...

Olá, Zéla
Amigos são como flores - precisam ser regados todos os dias!
Tenho a felicidade de ter alguns BONS amigos (e amigas, claro!)
Beijo carinhoso
Mariazita

Mariazita disse...

Meu caro João
Obrigada pelas suas palavras, sempre gentis e amigas.
Beijos de muita amizade
Mariazita

Mariazita disse...

Olá, João
Praticando ou não qualquer religião, será sempre um prazer recebê-lo aqui.
É-me indiferente o que as pessoas pensam desse tema. É assunto do foro íntimo de cada um. Respeito as pessoas pelo que são, não pela religião que professam.
Concordo que as flores são uma dádiva da natureza, não merecem ter um fim tão triste. Devem ser conservadas, tal como os bons amigos.
Beijinhos
Mariazita

Mariazita disse...

Olá, Carlos
Recordar os amigos verdadeiros é uma forma de os manter vivos para além da separação da partida.
É bom ter amigos que merecem ser lembrados para sempre.
Obrigada por ter vindo. Volte sempre.
Ao Domingo e Quinta-feira há novos posts.
Beijinhos
Mariazita

Mariazita disse...

Querida Ana
Por alguma razão se diz:
- Viva este dia como se fosse o último!
Muitas vezes, só quando perdemos alguém que amamos é que nos apercebemos de que esse alguém EXISTIA...
Felizmente as recordações não morrem, ficam para sempre.

Há mais mistérios na vida do que a nossa mente pode abranger...
Se eu morrer antes de você...continuarei a olhar cá para baixo!

Até Domingo, se não for antes.
Beijinhos muito amigos
Mariazita

maqira disse...

Olá Mariazita,
Veio de férias e não gritou: VIM DE FÉRIAS !!! Eu sei porquê! Vir de férias é muito desconsolador. Andei pelo seu blog e encontrei um texto que achei muito interessante "Sou uma velha gaiteira" e eu a pensar que era mais jovem do que eu (e se calhar até é) já que a conheço novinha com um bebé ao colo. Por isso fiquei espantada.
Tenho andado muito ocupada com as minhas pinturas. Muitos lugares a visitar mas, logo que possa vou deixar-lhe os meus comentários.
Beijos
Milai/Maqira (Adelaide)

Peter Pan disse...

Maravilhosa Amiga:
É claro que nunca irá morrer.
Há pessoas que se eternizam pelos actos, pelos gestos, pela sensibilidade doce, pura e linda.
Há pessoas que vivem em próle da Humanidade praticando a solidariedade, a ternura, o carinho e um manancional de emoções deslumbrantes, qualidades sublimes de encanto e preciosidade.
VOCÊ é assim. Não! Não tenho dúvidas ou hesitações.
A sua forma de ser delicia e enternece pelo que constrói ternamente aqui.
Um belíssimo Post. Sensacional. Muito doce e atento à vida.
Não! Não se aflija. Nunca morrerá.
Deus sabe que isso é impossível.
Ficaríamos desamparados.
"...Pensar em Amizade faz-nos lembrar que:
- Há amigos muito diferentes de nós, que nos entendem na perfeição;
- Nos ajudam nos momentos difíceis;
- Nos cobrem de paz;
- Nos mimam, quando eles mesmos necessitam de mimos;
E também:
- Os que parece que não, mas “estão sempre aí”
- Os que são capazes de tudo para nos evitar um mau momento
- Os que nos fazem rir quando estamos tristes
- Os que nos aguardam sempre
- Os que estão sempre atentos ao que necessitamos..."

Preferia "ir" eu primeiro.
VOCÊ faz imensa falta.
Beijinhos de imenso respeito, amizade e estima.
Sempre a adorar o que escreve maravilhosamente.

p.pan

(OBRIGADO pelo seu majistral encanto e doçura amiga expressas no meu blog que terminou).

Mariazita disse...

Querida Milai
De facto, aqui não gritei... mas no SEMPRE JOVENS anunciei o meu regresso com o post REGRESSO DE FÉRIAS, EM 2 de Setembro.
Embora não tenha estado no deserto...conto lá uma história de camelos! É gira! quando tiver tempo vá lá ver. Penso que vai gostar.
Pois, minha querida amiga, eu sou uma velhinha, sim, mas uma velhinha gaiteira, que é muito diferente...ahahahah!
Apareça quando puder. Terei sempre muito prazer em vê-la por cá.
Bom fim de semana.
Beijinhos
Mariazita

Mariazita disse...

Meu querido Peter Pan
Com esses collants verdes e peninha no chapéu...quase não o reconhecia!
Fico muito feliz por verificar que os meus sonhos se realizaram...
Todos nós, um dia, teremos que fazer "a grande viagem".
Eu espero não morrer! Para isso só preciso que os AMIGOS me conservem na memória, e me recordem com carinho.
De coração agradeço que tenho vindo.
Logo, logo, irei ver a sua nova casa que, tenho a certeza, me vai agradar muito.
Beijinhos de muita amizade
Mariazita

Zé Carlos disse...

Mariazita, foi um prazer enorme receber voc~e e conhecer seu Blog.
terá um freguês por aqui sempre...
Bjs do ZC

xistosa - (josé torres) disse...

Então os que nos infernizam a vida.
Que quando metemos a primeira colher de sopa à boca, telefonam e nunca mais desapegam.
Que quando quando necessitamos de ajuda nos deixam cair, como noutro dia, o meu maior amigo.
Fomos para os copos e a caminho de casa, deixou-me cair uma data de vezes.
Amigos assim, não ...
Ou então o que, depois duma noite de copos, para me demonstrar o quanto gostava de mim, me queria beijar.
Ou aquele, que quando estou "apertado", me conta a última anedota e eu não me contenho ... faço pelas pernas abaixo. Felizmente que têm sido só descargas líquidas!

Depois há os que sempre que temos o copo vazio, o enchem ... esses sim, os verdadeiros mãos largas.

Depois não li mais ...
Não gosto de chorar.
Gosto da bebida pura, sem água misturada!

peciscas disse...

Tenho para mim, há muito, que a amizade é uma das várias faces do amor. Por vezes, mesmo, a mais permanente e consistente.
Só que, quase sempre, distinguimos esses dois sentimentos, talvez por uma questão de pudor. Ou seja, temos muita dificuldade de dizer a um(a) amigo(a) que o(a) amamos.

O Profeta disse...

Frágil e palpitante luz
A beleza é feita de ternos murmúrios
A voz quebra a quietude do silêncio
A chuva leva a terra ao encontro dos rios

Não há fracassos no sonho
Caminhei nas nuvens para te ver do alto
Abri os braços ao relâmpago
Desci à terra, senti nos pés o frio basalto


Vem comigo escolher o caminho

Bom domingo


Mágico beijo

Gasolina disse...

É em pequeninos gestos, tudo tão simples que se encontra o amor da amizade.
Os que sabem deles não morrem, tornam-se aromas das nossa memórias.

Um beijo

o escriba disse...

Mariazita

Obrigada pela visita que fez ao meu espaço.

Gostei muito deste poema. É um recado de amizade, profunda, abrangente, partilhada.
Dei também uma voltinha pelos posts anteriores e agradou-me muito o que li. Fala de valores que eu gosto, fala de caminhos que eu procuro seguir.
Vou linkar este espaço, pois quero vir aqui mais vezes.

bjs
Esperança

Mariazita disse...

Olá, Zé Carlos.
Obrigada por ter vindo.
Vamo-mos vendo por aí...
Beijinhos
Mariazita

Mariazita disse...

Olá, Zé Torres
Quem tem amigos assim não precisa de inimigos!
Procure, meu amigo, mas não nos copos. Esses...só mesmo p'ros copos.
Quando passa o efeito, desparecem os amigos (esses!!!)
Bom Domingo
Um abraço
Mariazita

Mariazita disse...

Olá, Peciscas
Concordo que, às vezes, é fácil confundir os dois sentimentos, do mesmo modo que é difícil distingui-los.
Bem fazem os brasileiros, que resumem tudo quando dizem" Amo você", quer se trate de filho, amigo, amiga, companheiro...seja quem for.
Bom Domingo
Beijinhos
Mariazita

Mariazita disse...

Olá, Profeta
Também no amor, como na amizade, pode e deve haver "ternos murmúrios" de carinho.
Um bom Domingo
Beijinhos
Mariazita

Mariazita disse...

Olá, Gasolina
Que lindas palavras:
"o amor da amizade" e
"tornam-se aromas das nossa memórias" !
Agradeço-te tê-las deixado aqui.
Um grande beijinho
Mariazita

Mariazita disse...

Olá, Esperança
Fico feliz por teres gostado da minha "casota".
Considero um dever cultivar os bons sentimentos.
E, se os interiorizarmos, podemos sempre melhorar qualquer coisita...
Visitar-te-ei tão breve quanto possível.
Beijinhos
Mariazita

JADY*ALVES disse...

A primavera chegou!
E a casa da Mariazita está repleta de flores!
Os AMIGOS são na verdade antigos AMORES.
AMIZADE, FRATERNIDADE, SOLIDARIEDADE... São SINÔNIMOS DO AMOR!

Abraços e carinhos!

Mariazita disse...

Querida Jady
É um prazer enorme ver-te aqui!
Já tinha saudades...mas entendo.
Aqui não começou a primavera, mas sim o outono.
Também tem a sua beleza, mas...é prenúncio do inverno que está para chegar, e de que eu não gosto nada!
É quando precisamos mais do calor dos amigos, como tu!
Beijinho carinhoso
Mariazita

o que me vier à real gana disse...

A qualidade continua! O sublime habita aqui.

Mariazita disse...

Olá, Carlos Gil
Muito gentis, as tuas palavras.
Obrigada!
Beijocas
Mariazita

renatinha disse...

ola muito bom esse blog mariazita foi um prazer enorme bjsssss