segunda-feira, 28 de abril de 2008

RAFAELA – A FORÇA DE ACREDITAR

A Voz do Povo está a apoiar a campanha da Rafaela.
É um blogue solidário, que merece a sua visita e divulgação.
Faça uma visita, leia os posts referentes a este assunto, e outros, de muito interesse.

Publicado pelo Blogue "A Voz do Povo"

20 Abril 2008
RAFAELA – A FORÇA DE ACREDITAR





A Rafaela sofre de uma lesão estática a nível do sistema nervoso central que lhe afectou a parte psicomotora.

Mais do que nunca, eu e a Rafaela precisamos de todo o vosso apoio e amizade, pois eu encontro-me a viver sozinha com a minha princesa.

Ela é um amor, um doce de criança, é a razão do meu viver e da minha luta.

Faço imensos trabalhos e vendo em lugares como Continente e por diversos estabelecimentos e através de amigos.

Mais do que nunca, eu e a Rafaela precisamos de todo o vosso apoio e amizade, pois eu encontro-me a viver sozinha com a minha princesa.

E é assim que eu vou conseguindo dinheiro, lutando, lutando... pedindo ajuda a todos os amigos e anónimos e graças a Deus tenho conseguido, até à data.

Nos dias 9 e 10 de Maio vou estar a vender algumas coisas, no Shopping 8ª Avenida em São João da Madeira.

Quem puder deslocar-se e adquirir algum desses objectos, ficarei muito grata pela contribuição para a ajuda nos tratamentos da Rafaela.

A todos desde já o meu muito obrigado.

Estou ao dispor para qualquer esclarecimento: 912433738

e-mail pessoal: taniaraq@gmail.com


A conta disponibilizada para donativos é a seguinte:

Caixa Geral de Depósitos NIB: 003507350005352890063

Tânia Cordeiro

Dep. Técnico de Qualidade_ Laboratório

Sinflex - Ind. Molas Técnicas, Lda

Telf. 256 880 370

Fax 256 880 379

E-mail: tania.cordeiro@sinflex.pt

Etiquetas: solidariedade;amizade;humanismo


posted by victor simoes at 8:53 PM 5 comments links to this post

Rafaela trouxe de Cuba a esperança de caminhar

Caros amigos e leitores de " A VOZ DO POVO ", aqui continuamos com o apelo de ajuda solidária para com a Rafaela. Este é mais um caso que nos chegou e que estamos a tentar colaborar na ajuda preciosa a esta criança! Com a ajuda de todos, iremos atingir o objectivo de permitir à Rafaela, voltar aos tratamentos a Cuba. As contas para onde poderá canalizar o seu donativo:

Caixa Geral de Depósitos cujo NIB é: 003507350005352890063

NOME : RAFAELA FILIPA CORDEIRO AGUIAR (conta CUBA)

NIB: 0038 0074 01400311771 20

IBAN: PT50 0038 0074 01400311771 20

BIC: BNIFPTPL

Nos dias 9 e 10 de Maio a Tânia Cordeiro ( mãe da Rafaela ) irá estar a vender trabalhos que faz, para ajudar a angariar a verba que necessita para a continuidade dos tratamentos. No Shoping 8ª Avenida em São João da Madeira. Quem puder por lá passar, poderá contribuir nesta campanha, adquirindo algum desses trabalhos.

Entretanto aqui deixo, em retrospectiva a notícia publicada no

Jornal de Notícias de Sábado, 29 de Dezembro de 2007!


Victor Simões

9 comentários:

Pastora Guiomar disse...

Obrigada pela visita ao nosso blog. Estou aqui, parabéns pela riqueza do seu blog. Quero ler com mais vagar.
Desde o Brasil, abraços.
www.davidguiomar.blogspot.com

A. João Soares disse...

Cara Amiga Mariazita,
Este apelo, como muitos outros do mesmo género, têm-me levado a pensar mais a fundo no sistema.
De uma forma geral, criticamos os políticos de darem emprego aos seus familiares e amigos, em funções desnecessárias, como se fossem generosas agências de emprego. Todos achamos que, se a função é realmente necessária para bem do cidadão, deve haver concurso público abrindo possibilidades iguais para todos os cidadãos com capacidade para o cargo.
Ora o mesmo povo que faz esses reparos aos políticos, acaba por criar discriminações para apoiar uma pessoa conhecida ou amiga, alguém que atrai os apoios da comunicação social. Gerou-se grande apoio a favor da menina inglesas desaparecida do Algarve, mas nada se fez a favor de muitos outros desaparecidos. Gastaram-se milhões com a PJ nesse caso mas nada se gastou em muitos outros. Poucas vozes se levantaram a favor da menina espanhola que desapareceu e depois foi encontrada morta, etc.
Deve haver procedimentos semelhantes para todos os casos que sejam semelhantes. Para isso, é conveniente que sejam os órgãos públicos competentes a tratar de fornecer os apoios adequados. É nesse sentido que devem ser feitas petições e abaixo-assinados, para que os serviços públicos se tornem úteis aos portugueses.

Beijos
A. João Soares

a casa da mariquinhas disse...

Olá, Guiomar.
Obrigada por ter vindo.
Volte sempre.
Beijos portugueses...
Mariazita

a casa da mariquinhas disse...

Meu caro João
Concordo inteiramente consigo.
Não há uma maneira uniforme de tratar todos os casos.
Lembro-me, a propósito da Maddie McCann, que moveu mundos e fundos, do caso do "nosso" Pedro, de Lousada (acompanhei de perto por se tratar de aluno duma minha sobrinha), que quase não se mexeu uma palha para o encontrar.
Este apenas um exemplo que confirma as suas palavras.
Beijinhos
Mariazita

Sérgio Figueiredo disse...

Mariazita,

Tens o dom de ensinar a muitos o que quer dizer SOLIDARIEDADE.

Tu estás a ajudar a RAFAELA.

Parabéns e um

Beijo muito Grande

a casa da mariquinhas disse...

Querido Sérigo
Tratando-se de Solidariedade, todos nós temos o dever de colaborar.
Apenas fiz a minha parte...
Beijos e abraço solidário
Mariazita

canduxa disse...

Querida Mariazita,
É triste que casos como o da Rafaela não possam ser resolvidos pelas entidades competentes.
Infelizmente sabemos que assim é por isso, foi muito generoso da tua parte teres divulgado este apelo. Não podemos esquecer que a nossa Solidariedade poderá ajudar uma mãe na luta pela cura da filha. Um sonho que deixará de o ser quando a Rafaela puder andar.
Beijo grande
Canduxa

a casa da mariquinhas disse...

Querida Canduxa
Tens toda a razão!
Os "corações moles" têm sempre tendência para estender o braço da solidariedade.
Mas, perante situações destas, o meu pensamento é sempre o mesmo: porque é que estas pessoas têm que depender da caridade pública?
Há organismos que são (ou antes, deveriam ser...) competentes para tratar destes assuntos.
Porquê não o fazem???
É o país miserável que temos. Uma vergonha!
Beijinhos
Mariazita

Anónimo disse...

olá ,sou a mãe da Rafaela
Obrigado, por todas estas palavras de conforto, é uma ajuda preciosa, pois tenho momentos tristes e ao lêr estes comentários dá-me muito força.
A emoção é imensa,não consigo ficar indiferente a toda esta solidariedade e apoio para com a minha filha. A todos um obrigado coração. Tânia Cordeiro